19 de abril de 2022

TIRO DE FUZIL ATINGE CELULAR E POLICIAL SE SALVA DURANTE TENTATIVA DE MEGA-ASSALTO

Um dos três policiais militares que estava em uma viatura alvejada durante a tentativa de assalto realizada em Guarapuava no último domingo (17) se salvou porque um dos tiros contra ele atingiram um celular, que estava no bolso do uniforme.

 

Imagens do aparelho atingido pelo disparo foram compartilhadas nas redes sociais por Anne Wendler, filha do cabo Wendler, único PM que estava na viatura e que não ficou ferido durante a ação dos criminosos.

 

“Meu pai levou um tiro de fuzil no peito ontem. Se estivesse só com o colete... Mas o celular amorteceu o impacto, e graças a Deus ele está bem! Obrigada a todos pelas orações”, publicou a filha.

 

Segundo a PM, a viatura em que o policial Wendler e outros dois PMs estavam foi fuzilada por criminosos por volta de 22h30, logo após eles saírem do 16º Batalhão da Polícia Militar (BPM) para início de uma ronda.

 

Ainda de acordo com a PM, Wendler foi o responsável por levar ao hospital o policial Ricieri Chagas, que estava na mesma viatura e foi atingido pelos criminosos com um disparo na cabeça. 

 

Até a noite desta segunda-feira (18), Chagas estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Vicente de Paulo, em Guarapuava. Nas redes sociais, familiares e amigos pedem orações e doação de sangue para o agente de segurança.

0 comentários:

Postar um comentário