6 de setembro de 2017

AGRICULTOR DESAPARECIDO É ENCONTRADO MORTO NO INTERIOR DO RN; BANDIDOS QUE EXPLODIRAM BANCO SÃO ACUSADOS DO CRIME

O corpo do trabalhador rural Henrique Garcia da Silva foi encontrado em uma região de mata entre as cidades de Janduís e Campo Grande, na região Oeste potiguar, na tarde desta quarta-feira (6). Ele tinha 47 anos e estava desaparecido desde o domingo (3), quando foi visto em uma fazenda na mesma região.
 
 
 
 
A suspeita é de que Henrique tenha sido morto pelos assaltantes que explodiram uma agência bancária na cidade de Brejo do Cruz, na Paraíba. Parte da quadrilha foi presa no Rio Grande do Norte.
 
 
 
 
O delegado regional de Patu, Sandro Régis, vai indiciar dois dos suspeitos pelo assassinato de Henrique da Silva. São eles Kleyton Alves da Silva e o taxista Diego Edicleilton Marcelino de Castro, presos na noite desta segunda (4) às margens da BR-226.
 
 
 
 
O primeiro é suspeito de participar da explosão ao banco na madrugada do domingo (3) na Paraíba, e o segundo de auxiliar na fuga.
 
 
 
 
Os dois tiveram prisão preventiva decretada nesta quarta (6). De acordo com Sandro Régis, o taxista foi autuado em flagrante por favorecimento e associação criminosa "já que foi ao local para dar fuga ao comparsa". Já Kleylton Alves da Silva foi autuado por associação criminosa, assalto e tentativa de homicídio, uma vez que também é suspeito de atirar contra os policiais durante a perseguição ao bando que explodiu o banco no estado paraibano.
 
 
 
 
Com o aparecimento do corpo de Henrique Garcia da Silva, será incluído ainda à lista de delitos o crime de homicídio.
 
 
 
 
O delegado Sandro Régis explica que Henrique da Silva estava em uma fazenda próxima ao local em que a quadrilha se escondeu depois de cometer o crime, antes de trocar tidos com a polícia na segunda-feira (4).

CIDADE SERIDOENSE PODERÁ GASTAR ATÉ R$ 60 MIL EM FESTA DE PADROEIRO

A Prefeitura de São Vicente, cidade da região Seridó potiguar, deverá limitar os gastos com a tradicional festa do padroeiro em até R$ 60 mil este ano, incluindo a contratação de artistas, serviços de buffet e montagens de estruturas para apresentações artísticas. É isso que prevê uma recomendação expedida pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (6).
 
 
 


Ao encaminhar a recomendação, a Promotoria levou em consideração a grave estiagem que assola os municípios do interior do Estado, resultando na crise do abastecimento hídrico e consequente queda da produção agrícola e morte dos animais. A situação de emergência de diversos municípios que enfrentam esses problemas foi reconhecida em decreto publicado pelo Governo do Estado em março deste ano.
 
 


O documento lembra que “despesas de alto valor dessa natureza em pleno estado de emergência consubstanciaria flagrante violação ao princípio constitucional da moralidade administrativa” e que “a violação dos princípios constitucionais da Administração Pública configura ato de improbidade administrativa”.
 
 
 


Por outro lado, o MPRN também levou em conta que a festa do padroeiro, realizada sempre no mês de setembro, representa uma tradicional e importante manifestação da cultura popular do Município de São Vicente e que compete ao Estado garantir a todos o pleno exercício dos direitos culturais e o acesso às fontes da cultura nacional, apoiando e incentivando a valorização e a difusão das manifestações culturais. O festejo também atrai considerável número de visitantes de outras regiões, gerando emprego (ainda que precário) e renda, servindo, dessa forma, para atenuar as perdas patrimoniais oriundas da seca.
 
 
 
 
Do Blog: Enquanto isso, o prefeito de Jardim do Seridó, Amazan Silva, sendo perseguido pelos vereadores da oposição, só pode gastar até R$ 18 mil, na festa do 'Coração de Jesus', mesmo Jardim do Seridó tendo o dobro da população de São Vicente. Parece até brincadeira!
 
 

PALOCCI DIZ A MORO QUE LULA RECEBEU DA ODEBRECHT R$ 4 MILHÕES EM ESPÉCIE

Os advogados de Antônio Palocci disseram nesta quarta-feira (6) que, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, o ex-ministro afirmou que o PT tinha uma espécie de "pacto de sangue" com a Odebrecht e que o combinado era o partido receber R$ 300 milhões. Segundo os advogados, Palocci disse ainda que R$ 4 milhões foram dados em dinheiro para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
 
 
 
 
Palocci também afirmou a Moro, segundo os defensores, que Lula sabia da compra de um terreno para o Instituto Lula e de um imóvel vizinho ao apartamento do ex-presidente, em São Bernardo do Campo.
 
 
 
 
De acordo com os advogados de Palocci, uma das vantagens oferecidas pela Odebrecht para manter o bom relacionamento com o governo da presidente Dilma Rousseff, era a manutenção de uma conta no valor de R$ 300 milhões.
 
 
 
 
Segundo eles, esse dinheiro poderia ser usado tanto para gastos partidários, quanto para assuntos pessoais do grupo envolvido nas negociações. Conforme a defesa de Palocci, desse montante, pelo menos R$ 4 milhões foram sacados pelo ex-presidente Lula.
 
 
 
 
A destinação dos recursos era determinada a partir da cúpula do PT, seja pelo presidente Lula, Paulo Okamotto ou Antônio Palocci. Aí, foram destinados R$ 4 milhões do ex-presidente, questões pessoais de Antonio Palocci. Por exemplo, R$ 4 milhões em espécie que foram retirados para pagamento de gastos do Instituto Lula. Então, isso foi um favorecimento pessoal. Mas também, essa conta foi usada para o pagamento de campanha, seja por caixa dois, seja por caixa oficial”, disse o advogado André Pontarolli na saída da Justiça Federal, onde Palocci prestou depoimento a Moro.

MULHERES GRAVAM 'VÍDEO SELFIE' MOMENTOS ANTES DE MORRER EM ACIDENTE

Um vídeo selfie divulgado na internet mostra os últimos momentos antes de um acidente que matou três mulheres na BR-153, no último sábado (2). As imagens foram publicadas em um perfil nas redes sociais por Elisia Letícia Neves, filha de Lélia Neves, que dirigia o carro. Além dela, Ivanilda Neves e Karine Neves também estavam no veículo e não resistiram. Na gravação, as três aparecem sorrindo, cantando e aproveitando a viagem.
 
 

 
 
 
O acidente aconteceu em Gurupi, no sul do Tocantins. O carro em que as mulheres estavam se chocou com uma carreta. O motorista da carreta não teve ferimentos. Segundo o Corpo de Bombeiros, a condutora teria perdido o controle do carro e invadido a pista contrária.
 
 
 
 
 
 
 
A filha da motorista disse que o vídeo foi gravado durante a viagem e enviado para parentes. Ela informou ainda que o destino delas era a cidade de Barrolândia.

 
 
 
 


 
As três mulheres faziam parte da mesma família. Lélia era irmã de Ivanilda, que, no vídeo, aparece no banco de trás. Quem está no banco da frente é Karina, filha de Ivanilda.

VEREADOR RONALTTY NERI QUER PARCERIA ENTRE O MUNICÍPIO E PARQUES DE DIVERSÃO PARA CRIANÇAS CARENTES EM FESTAS JARDINENSE

O vereador Ronaltty Neri, solicitou durante a sessão ordinária ocorrida na noite desta terça-feira, (05), que o município de Jardim do Seridó firme uma parceria a partir das próximas festividades a serem realizadas no município, com os proprietários dos parques de diversões que se instalarem na cidade.
Segundo o edil, a parceria visa proporcionar a diversão das crianças de baixa renda de Jardim do Seridó com recreação nos parques de diversões instalados nas festividades do município. “Uma alegria poder possibilitar momentos de entretenimento para as crianças do município e perceber que se essa parceria for firmada, irá proporcionar momentos de diversão”, comentou Ronaltty.
Do Blog: Enquanto outros lutam pelo “quanto pior, melhor”, esse trabalha. Parabéns vereador!

TRAGÉDIA! ACIDENTE EM RODOVIA ESTADUAL DEIXA 5 MORTOS NA ZONA DA MATA DE PE

Um acidente deixou 05 pessoas mortas, na noite de terça-feira (5), na Zona da Mata Norte de Pernambuco. De acordo com informações da PM, um carro de passeio bateu em um caminhão na Rodovia PE-62, no distrito de Fleixeiras, em Goiana, distante 65 quilômetros do Recife.
 
 
 
 
 
 
 
 
A batida ocorreu por volta das 19h de terça. As vítimas são 03 homens e 02 mulheres. Todos estavam no carro de passeio. O motorista do caminhão não se feriu. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local.

POLÍCIA PRENDE 3º SUSPEITO DE INTEGRAR QUADRILHA DE EXPLOSÕES A BANCOS NO RN E PB

Foi preso nesta terça-feira (5) mais um suspeito de integrar a quadrilha responsável pelos ataque ao banco Bradesco do município Brejo do Cruz, na Paraíba, durante a madrugada do último domingo (3). Após o assalto, o bando fugiu para o Rio Grande do Norte e foi perseguido pela Polícia Militar dos dois estados. Houve pelo menos dois confrontos e cinco suspeitos morreram desde então. Agora, são três os suspeitos presos até o momento.
 
 
 
 
Francisco Jales da Silva estava dentro de uma casa em Janduís, na região Oeste potiguar, quando foi preso. A operação foi comandada pelo major da PM Inácio Brilhante, que chegou ao suspeito a partir de testemunhas.
 
 
 
 
O homem foi levado para a Delegacia Regional de Patu, onde foi reconhecido por três pessoas ouvidas pela Polícia Civil. De acordo com o delegado Sandro Régis, Francisco Jales alega inocência, mas poderá ser indiciado por organização criminosa e tentativa de homicídio.
 
 
 
 
Ainda segundo o delegado, Francisco teria confirmado para algumas pessoas que tinha participado do assalto. Ele havia chegado à residência em que foi encontrado no domingo (3), pedindo para ficar escondido junto com outro homem que ainda está sendo procurado. Os dois seriam explosivistas -- os responsáveis por prepararem e detonarem os explosivos nos ataques aos caixas de banco.

GOVERNO DO RN ANUNCIA PAGAMENTO DE AGOSTO PARA SERVIDORES QUE GANHAM ATÉ R$ 3 MIL

Governo do Rio Grande do Norte anunciou que vai depositar no próximo sábado (9) os vencimentos dos servidores estaduais que ganham até R$ 3 mil. Com isso, um total de 75 mil funcionários terão recebido pagamento.
 
 
 
Entre os servidores que receberam os salários estão os servidores da Secretaria de Educação e órgãos da administração indireta, cujas fontes dos salários são diferentes.
 
 
 
Até o momento, de acordo com o governo, o montante injetado na economia do estado com o pagamento do mês de agosto foi de R$ 140 milhões.

PF CONTABILIZA MAIS DE R$ 51 MILHÕES QUE SERIA DE GEDDEL

Terminou no final da noite desta terça-feira (5) a contagem do dinheiro encontrado de manhã, pela Polícia Federal (PF), num apartamento em área nobre de Salvador, imóvel que seria usado pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima. O valor total do dinheiro é de pouco mais de R$ 51 milhões (R$ 51.030.866,40) - uma parte em dólares. A PF usou sete máquinas e levou o dia inteiro para finalizar a contagem.
 
 
 
 
A PF informou que a quantia localizada representa a maior apreensão de dinheiro vivo já feita pelo órgão. Um vídeo divulgado pela PF mostra a contagem das cédulas.
 
 
 
 
A ação de busca e apreensão, chamada de Tesouro Perdido, é um desdobramento das investigações sobre fraudes na liberação de créditos da Caixa Econômica Federal, a operação Cui Bono. Geddel foi vice-presidente de Pessoa Jurídica do banco entre 2011 e 2013, durante o governo de Dilma Rousseff. No governo Temer, ele foi ministro da Secretaria de Governo.

JANOT DENUNCIA LULA, DILMA, GLEISI, PALOCCI, EDINHO, MANTEGA, PAULO BERNARDO E VACCARI

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou ao Supremo Tribunal Federal por crime de organização criminosa os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff; os ex-ministros Antonio Palocci Filho, Guido Mantega, Edinho Silva e Paulo Bernardo; a senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT; e o ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto.
 
 
 
 
 
 
 
 
A denúncia, no âmbito da Operação Lava Jato, foi oferecida dentro de inquérito que apura se o PT formou uma organização criminosa para desviar dinheiro da Petrobras.
 
 
 
 
Todos os denunciados são suspeitos de “promover, constituir, financiar ou integrar, pessoalmente ou por interposta pessoa, organização criminosa”, cuja pena é de 3 a 8 anos de prisão, além de multa.
 
 
 
 
A PGR também cobra dos oito denunciados indenização de R$ 6,8 bilhões, valor que inclui devolução à Petrobras de suposto dinheiro desviado, além de danos morais e materiais.
 
 
 
 
Caberá ao ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, notificar os acusados a apresentarem resposta e levar o caso à Segunda Turma do STF, que decidirá se eles viram ou não réus pelo crime.
 
 
 
 
O caso está no Supremo Tribunal Federal porque um dos denunciados, Gleisi Hoffmann, tem foro privilegiado, devido à condição de senadora.
 
 
 
 
 
Janot pediu ao STF que sejam remetidos para a Justiça Federal do Paraná os casos dos ex-ministros Ricardo Berzoini, Jaques Wagner e Erenice Guerra; do ex-senador Delcídio do Amaral; do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli; além dos de Paulo Okamoto, ex-presidente do Sebrae; Giles Azevedo, ex-assessor de Dilma; e o do pecuarista José Carlos Bumlai.
 
 
 
 
Como os casos deles não têm relação direta com o de Gleisi, não devem ficar no Supremo e – se assim decidir o ministro Fachin – serão analisados pelo juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal, no Paraná.

VIVALDO COSTA VOLTA À AL/RN PARA SEU 14º MANDATO NA PRÓXIMA SEMANA

O Papa Jerimum, Vivaldo Costa (PV), assumirá sua cadeira na assembleia legislativa do RN pela 14ª vez.   Vivaldo Costa assumirá a vaga do en...