22 de dezembro de 2020

HOMEM QUE MATOU MECÂNICO À FACADAS EM CAICÓ SE APRESENTA À POLÍCIA

O eletricista Éliton Araújo dos Santos, acusado de ser autor das cutiladas que ceifaram a vida do mecânico José Américo, conhecido por Pachola, apresentou-se espontaneamente na tarde de hoje na delegacia de Caicó.

 

Ouvido pela autoridade policial, Éliton informou que convive atualmente com Maria Ericelma, que já teve um relacionamento no passado com a vítima Pachola.

 

Relatou o acusado que havia medida protetiva que impedia que Pachola se aproximasse de Ericelma, visto o histórico de agressões perpetradas por ele contra Ericelma. Mesmo assim, relatou o acusado, às investidas de Pachola não cessavam, e eram recorrentes.

 

 

Na noite de ontem, contou o acusado, Pachola perseguiu Ericelma pela BR 427, tendo essa fugido para o Bairro Castelo Branco. Pachola “fechou” Ericelma que chegou a cair. Em seguida Éliton chegou ao local e foi defender sua companheira. Iniciou-se uma discussão e o acusado terminou desferindo um golpe de faca na vítima que faleceu no local.

 

 

O delegado plantonista representou pela prisão do acusado.

 

 

Procurado, o advogado Ariolan Fernandes, que defende o acusado-informou que, acaso seja decretada a prisão de seu cliente, buscará a revogação de tal comando, visto entender ser desnecessária a segregação cautelar de alguém sem antecedentes, com endereço e emprego fixos e que já demonstrou querer colaborar com a elucidação dos fatos.

 

Fonte: Jair Sampaio.

PF PRENDE CONTRABANDISTA DE CIGARROS FORAGIDO DA JUSTIÇA NA ZONA RURAL DE CIDADE DO RN

A Polícia Federal prendeu na zona rural de Mossoró, um homem de 40 anos, acusado de contrabando de cigarros. Ele estava foragido desde a deflagração da segunda fase de Operação "Smoke Route", denominada "Entreposto", ocorrida em novembro.

 

 

Foram apreendidos cheques no valor de R$ 118 mil, dois veículos e documentos que, segundo a PF, comprovam a manutenção das atividades da organização criminosa voltada à prática de contrabando de cigarros.

 

 

Sete policiais federais participaram das diligências que resultaram na prisão do suspeito, que responderá por contrabando qualificado (art. 334-A, §1º, IV CP) e organização criminosa (art. 2º da Lei 12.850/2013), cujas penas, somadas, podem ultrapassar 13 anos de prisão.

 

 

Em novembro, durante a Operação Entreposto, a mulher e o irmão do preso também foram detidos acusados de envolvimento com o mesmo tipo de crime.

TRAGÉDIA! ACIDENTE ENTRE ÔNIBUS E CAMINHÃO DEIXA 7 MORTOS E DEZENAS DE FERIDOS NO INTERIOR DE SP

Um acidente de trânsito em Parapuã (SP) deixou 7 mortos e 32 feridos na noite desta segunda-feira (21), às 21h10. Um ônibus que saiu do Pará, com destino ao Rio Grande do Sul, colidiu com um caminhão na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), na altura do km 385.
 
 
 


 

Equipes do Corpo de Bombeiros da região trabalharam no resgate das vítimas.

 

Entre os feridos, 14 foram socorridos em estado grave.

  

Segundo a Polícia Rodoviária, o ônibus de linha regular com placas de Pelotas (RS) iniciou viagem em São Félix do Xingu, no Pará, e seguia para Carazinho, no Rio Grande do Sul. 

 

Fonte: G1 Presidente Prudente e TV Fronteira - Foto: Paula Sieplin/TV Fronteira. 

DEFESA DE MARCELO CRIVELLA PEDE QUE PREFEITO DO RIO SEJA SOLTO E RESPONDA EM LIBERDADE

Os advogados do prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), entraram com uma ação no Superior Tribunal de Justiça (STJ) pedindo que ele seja solto e responda em liberdade.

 

 

O pedido foi feito nesta terça-feira (22), horas após a prisão, enquanto Crivella ainda aguardava a audiência de custódia.

 

 

A investigação aponta a existência de um "QG da Propina" na Prefeitura do Rio. No esquema, de acordo com as apurações do MP, empresários pagavam para ter acesso a contratos e para receber valores que eram devidos pela gestão municipal.

 

 

De acordo com a investigação, Crivella seria o líder da quadrilha e o esquema teria direcionado ao menos R$ 50 milhões em propina.

HADDAD IMPÕE ‘LEI DA MORDAÇA’ À PRÓPRIA ASSESSORIA, NO MINISTÉRIO DA FAZENDA

Fernando Haddad baixou portaria estabelecendo uma “lei da mordaça” na própria assessoria da comunicação do Ministério da Fazenda, como se nã...