9 de fevereiro de 2024

BLOCO DA VAQUINHA E CORUJA RECEBERAM 20 MIL REAIS CADA PARA REALIZAR ARRASTÕES EM JARDIM DO SERIDÓ; DIZ PREFEITO AMAZAN EM VÍDEO

O prefeito de Jardim do Seridó, Amazan Silva, veio à público, através de pronunciamento gravado em vídeo, publicado nas redes sociais, explicar a dinâmica do carnaval 2024 de Jardim do Seridó, que há muito tempo tem como atrações principais os arrastões com trios elétricos dos blocos alternativos.

 

Para de uma vez por todas cessar com picuinhas, e coibir qualquer possível tipo de politicagem, haja vista estarmos em ano eleitoral, o prefeito explicou que os dois principais blocos alternativos, ‘A VAQUINHA’ e o ‘CORUJA’, na verdade estarão saindo ás ruas financiados pela prefeitura municipal, através do ‘Auxilio Cultural’, tendo cada um recebido R$ 20.000,00 (vinte mil reais), o que mostra que os arrastões estão dentro da programação do carnaval, exclusivamente para alegrar os foliões jardinenses e visitantes.

 


 

Do Blog: Parabéns prefeito!

NIKOLAS DEVE SER INVESTIGADO POR CHAMAR LULA DE ‘LADRÃO’

A Polícia Federal (PF), pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF), a abertura de um inquérito baseado em declaração do deputado Nikolas Ferreira (PL-MG) sobre o presidente Lula, durante discurso na Cúpula Transatlântica, evento da ONU, ao final do último ano. 

 

O próprio presidente da República teria enviado à PF vídeo com o registro da fala em que Nikolas o chamou de ‘ladrão que deveria estar preso’. O pedido de investigação será apreciado pelo ministro Luiz Fux. A PF alegou que a fala de Nikolas não está amparada pela imunidade parlamentar. 

 

Ricardo Cappelli, que atuou no Ministério da Justiça como homem de confiança do ex-ministro da Justiça, Flávio Dino, teria interferido para direcionar o pedido às mãos do diretor-geral da PF, Andrei Rodrigues. 

 

Do Blog: Vão ter que investigar ao menos uns 60 milhões de brasileiros (as).

 

OUROBRANQUENSE É ABSOLVIDO POR MORTE DE HOMEM QUE INVADIU SUA RESIDÊNCIA

 

O ourobranquense, “Cícero Romão”, que na noite de 13 de abril de 2022, matou com uma facada, João de Deus da Silva Santos, vulgo “Bolô”, após a “vítima” ter invadido sua casa e tentado lhe agrediu a facadas, foi absolvido ao submeter-se à Júri Popular realizado no fórum das comarcas, Jardim do Seridó/Ouro Branco, em Jardim do Seridó.

 

 

A absolvição já era esperada, haja vista as circunstâncias do fato, que indiscutivelmente caracterizava o evento como ‘legítima defesa’, sem contar o histórico de violência atribuído à “vítima”, que segundo consta, era de espalhar pânico em Ouro Branco, invadindo casas que possivelmente teriam mulheres sozinhas, além do fato de que o mesmo estava em condicional por ser preso por tráfico de drogas.

OPERAÇÃO DA PF É SÓ PRIMEIRO ATO PARA PRENDER BOLSONARO

As acusações contra Bolsonaro et caterva são tão graves que, julgados pelo acusador e vítima Alexandre de Moraes e demais ministros do Supremo Tribunal Federal, quase todos com sangue nos olhos, nada os livrará de uma longa condenação à prisão. A operação policial deflagrada ontem é só o primeiro passo no roteiro de final previsto: a prisão de Jair Bolsonaro. A preocupação nos setores mais responsáveis de Congresso e da Justiça é se esse desfecho terá a capacidade de incendiar o País.

 

São graves os indícios de que Bolsonaro e entorno cogitaram “golpe”. Logo ele, que conhece o “caminho das pedras” para o poder: o voto.

 

Longe da corrupção que levou Lula à cadeia, Bolsonaro não escapará da prisão. No Brasil de hoje, “golpe” é a única acusação imperdoável.

 

Janja e outros petistas afirmaram com convicção em várias ocasiões que Bolsonaro seria preso. Devem ter bola de cristal poderosa.

 

“Quem é vítima não tem condição nem equilíbrio de julgar ou conduzir o inquérito de investigação”, lembrou o senador Rogério Marinho (PL-RN).

 

Fonte: Diário do Poder.

DECRETO DE LULA DÁ GOLPE NO DIREITO DE PROPRIEDADE

O presidente Lula (PT) assinou decreto já considerado no campo um golpe contra o direito de propriedade, porque à margem da Constituição amp...