4 de dezembro de 2018

ADVOGADO É DETIDO EM VOO APÓS DIZER A LEWANDOWSKI QUE STF É 'UMA VERGONHA'


O advogado Cristiano Caiado de Acioli foi levado nesta terça-feira (4) para prestar esclarecimentos na Superintendência da Polícia Federal em Brasília depois de ter dito ao ministro Ricardo Lewandowski, no interior de um avião, que o Supremo Tribunal Federal é "uma vergonha". 





O caso ocorreu em um voo comercial que saiu do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com destino a Brasília. Em um vídeo que circulou nas redes sociais, o ministro aparece sentado na primeira fileira de um voo da Gol quando foi abordado pelo passageiro, antes da decolagem. 





Acioli, de 39 anos, foi detido ao chegar no aeroporto de Brasília e ouvido por um delegado da PF. Até as 15h ele ainda estava na superintendência. "Não me falaram por qual crime eu vou responder", disse. 




"Fui preso por um técnico judiciário que entrou na aeronave. A conduta dele foi ilegal e abusiva. A conduta do ministro foi ilegal e abusiva. Todas as opções legais eu vou tomar", afirmou o advogado. 




A assessoria do ministro confirmou a discussão. Segundo a equipe, "o passageiro começou a injuriar o STF como instituição, não pessoalmente ao ministro Lewandowski", e por isso o ministro solicitou a presença de um agente da PF.




O ministro, de acordo com a assessoria, entendeu que não seria o caso de retirar o passageiro do voo. 




Após o embarque, ainda no Aeroporto de Congonhas, por volta das 10h, Acioli afirmou: "Ministro Lewandowski, o Supremo é uma vergonha, viu? Eu tenho vergonha de ser brasileiro quando eu vejo vocês".




O ministro, então, respondeu: "Vem cá, você quer ser preso?". Em seguida, apontando para um comissário de bordo, completou: "Chamem a Polícia Federal, por favor". 




Acioli retrucou: "Eu não posso me expressar? Chamem a Polícia Federal, então. Por que eu falei que o Supremo é uma vergonha?". O vídeo se encerra com o ministro dizendo que o advogado terá de explicar à PF o que ele quis dizer. 




Agentes da Polícia Federal em São Paulo foram chamados, chegaram à aeronave e perguntaram se o advogado se acalmaria para o voo prosseguir "sem problemas". Acioli disse ter concordado.




Perto da aterrissagem, em outro vídeo que circulou nas redes sociais, o advogado se levantou e começou a gravação dizendo: "Senhoras e senhores, eu queria um minuto da atenção de vocês. Eu sou só um cidadão, mas temos aqui neste voo o ilustre ministro Ricardo Lewandowski, e eu, na minha liberdade constitucional de me manifestar, eu disse que tinha vergonha do Supremo Tribunal Federal, e este ministro me ameaçou de prisão, tão somente porque eu exerci minha liberdade constitucional". 





"Eu, enquanto cidadão, gostaria de deixar minha nota particular de desagravo, porque a gente ainda vive em uma democracia. Eu não sou um presidiário tentando dar uma entrevista. [...] Eu sou apenas um cidadão que me dirigi respeitosamente ao ministro Lewandowski para fazer uma crítica do que eu sinto, do que eu penso. Eu amo o Brasil, eu não admito o meu direito ser tolhido, independentemente da religião, do credo que cada um nesse avião tem, isso é inadmissível numa pessoa que deveria ser um guardião da Constituição", prosseguiu. 


Fonte: G1.

TSE CONFIRMA CASSAÇÃO DE PREFEITA, VICE-PREFEITO E VEREADORES DE CIDADE DO RN

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acompanhou o entendimento do Ministério Público Eleitoral e negou seguimento a um mandado de segurança, confirmando a eficácia imediata da decisão tomada pelo TRE/RN no último dia 27 e que resultou na cassação da prefeita e do vice de Santa Cruz, Fernanda da Costa Bezerra (Dra Fernanda) e Ivanildo Ferreira Lima Filho (Ivanildinho), bem como de seis vereadores do município, por prática de abuso político com repercussão econômica. Todos devem ser imediatamente afastados dos cargos.






As irregularidades – distribuição aos aliados da prefeita de “cotas” mensais para aquisição de medicamentos com recursos públicos - foram alvo de uma ação de investigação judicial do MP Eleitoral e ocorreram durante o primeiro mandato da prefeita, intensificando-se nas vésperas das eleições de 2016. Ela fazia uso do contrato firmado pelo município com uma farmácia para conceder vantagens a vereadores da base governista, aos quais se juntaram outros aliados políticos com a proximidade das eleições.






Dentre os beneficiários também condenados estão os vereadores Ana Fabrícia de Araújo Silva Rodrigues de Souza, a Aninha de Cleide; Jefferson Monik Gonçalo Lima de Melo; Mário Augusto Ferreira de Farias Guedes; Raimundo Fernandes Soares; Tarcísio Reinaldo da Silva; e Thiago Augusto Fonseca Gomes, o Dr Thiago.






De acordo com as investigações, cada um dos beneficiados tinha um limite mensal fixo de compras de medicamentos denominado “cotas”. A dos vereadores era de R$ 900, enquanto para os demais aliados foram fixados diferentes tetos de compra. O controle era feito pela drogaria em cadernos específicos para cada “cliente”, nos quais eram anotados à mão os respectivos consumos, com descrição de data/medicamente/valor. 






Se a cota não fosse usada dentro do mês, era repassada para o mês seguinte e o limite foi extrapolado nas proximidades das eleições. “Vê-se, à toda evidência, que o aumento significativo dos valores pagos à farmácia, tanto em nível global quanto individual (vereadores), justamente nos meses que antecedem a eleição revela que as condutas em apuração ostentam nítido desiderato de influenciar no pleito eleitoral que, à época, se avizinhava”, concluiu o juiz Wlademir Capistrano, relator do processo no TRE/RN.






A decisão do Tribunal Regional – que seguiu parecer do MP Eleitoral - decretou, além da cassação dos diplomas e do afastamento dos cargos, a inelegibilidade dos condenados por um período de oito anos. Outros seis envolvidos foram condenados à inelegibilidade por igual período, Francisca Frassinete Dantas Gomes e Marcos Antônio Gomes dos Santos (proprietários da farmácia); Myllena Sanneza de Lima Bulhões Ferreira (secretária de saúde); Sueli Gomes Crisanto Reinaldo (secretária de Finanças); Acrísio Gomes Júnior (ex-vereador e pai do atual vereador Thiago Fonseca); e Genaro Fernandes da Silva Filho.

PRODUTORES RURAIS SANTANENSES RECEBEM MILHO DA CONAB

A prefeitura de Santana do Seridó, através da secretária de agricultura e em parceria com a CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento) Currais Novos-RN, realizou a entrega de quase 200 sacas de milho nas comunidades rurais de nossa cidade.





O produtor rural paga apenas pelo o produto e a prefeitura municipal realiza a entrega de graça na porta do beneficiado, dando total apoio e o incentivando na produção familiar.

TRIBUNAL MANTÉM CONDENAÇÃO DE GAROTINHO POR FORMAÇÃO DE QUADRILHA


O ex-governador do Rio Anthony Garotinho, condenado em segunda instância a quatro anos e meio de prisão por formação de quadrilha, teve a condenação mantida nesta terça-feira (4) em decisão do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2). 





O julgamento dos embargos de declaração, a pedido da defesa, começou por volta das 14h15. Os desembargadores do Tribunal Regional Federal da 2ª Região já votavam 3 a 0 por volta das 15h05 , negando os embargos. 




Segundo os desembargadores Marcello Granado, Messod Azulay e a presidente da 2ª Turma, Simone Schreiber, não havia contradições ou omissões na decisão de setembro. 




Garotinho e o ex-chefe de Polícia Civil Álvaro Lins foram condenados no processo que investigou esquema de corrupção envolvendo delegados acusados de receber propina para facilitar a exploração de jogos de azar no estado, em 2008. 




Apesar da decisão, não será expedido um mandado de prisão contra Garotinho para que cumpra imediatamente a sentença dada em setembro. Não há mais recursos disponíveis no TRF-2, restando à defesa esperar decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). 




Em outubro, o ministro do Ricardo Lewandowski determinou, por meio de liminar, que o ex-governador não pode ser preso até ter esgotadas todas as possibilidades de recurso na Justiça, ou então depois que a Corte analise ações sobre prisão após condenação em segunda instância.

PROFESSORA DO RN LEVA PRIMEIRO LUGAR DO NORDESTE NA 11ª EDIÇÃO DO PROFESSORES DO BRASIL

Concorrente nacional ao prêmio Professores do Brasil, por meio da Revista Geográfica GL, advinda do Projeto de Inovação Pedagógica (PIP), a E. E. Graciliano Lordão recebeu o primeiro lugar na categoria Nordeste durante a cerimônia de premiação que ocorreu no dia 29 de novembro, no Rio de Janeiro. Ana Beatriz Câmara Maciel, professora ganhadora, coordenou a produção da revista com os investimentos do PIP, uma ação do Governo Cidadão e Banco Mundial. 









 
O Prêmio Professores do Brasil, uma iniciativa do Ministério da Educação, é direcionado aos professores de todo o país que tenham propostas inovadoras de ensino-aprendizagem. Através dos novos equipamentos do PIP e da sua metodologia interdisciplinar, que abraça diversas matérias e áreas diferentes, a Revista Geográfica GL pode ser construída em conjunto com os vários professores da escola. 


 
Ana Beatriz, que recebeu o prêmio estadual e o regional, equivalente a uma premiação de R$ 7 mil reais, mais troféu e viagem paga pela Capes. Para Ana o concurso Professores do Brasil dá “reconhecimento a nossa profissão que é tão desvalorizada” e pontua a importância do PIP nessa caminhada.



O PIP também nos proporcionou aquisição de materiais para a execução do mesmo, não somente em geografia, mas também nas demais disciplinas, pois sem materiais fica inviável a aplicação de novas práticas em sala de aula. Acredito que o PIP deveria ser implementado em todas as escolas e de forma que proporcione o desenvolvimento de novas práticas com o apoio de material. Desta maneira, acredito que os diversos projetos desenvolvidos com base no PIP, podem concorrer a essa e outras premiações”, ressalta. 



Ao todo, 110 alunos dos 6ºs anos da Escola Graciliano Lordão participaram do PIP e da construção da revista. O processo metodológico se dividiu em duas partes, uma de levantamento bibliográfico e a outra de produção de conhecimento empírico, por meio da coleta de informações. A revista foi lançada no dia 6 de dezembro de 2017, na Mostra Cultura da escola.




Projetos como o PIP dão oportunidades ao alunos de escola pública a abrirem seus horizontes e arriscarem na criação de novos produtos e meio educacionais. Os primeiros resultados do PIP já mostram que os sextos anos do ensino fundamental se destacam no aumento da aprovação e dos níveis de aprendizagem”, destaque o secretário da Sethas e coordenador do Projeto Governo Cidadão Vagner Araújo. 




O Projeto de Inovação Pedagógica da E.E. Gracilaino Lordão foi direcionado à área de desenvolvimento da leitura e letramento, com principal meta o desenvolvimento da criatividade, leitura, escrita e interpretação de texto tanto na área de Língua Portuguesa como nas outras disciplinas. Através do PIP, os alunos puderam vivenciar atividades dinâmicas, lúdicas, além de aulas de campo. O trabalho tanto deles como da comunidade acadêmica culminou no resultado da premiação. 



Prêmios como esse só provam a eficácia e importância do PIP nas escolas e na vida dos alunos. Além de melhorar a vida estudantil dos jovens, o PIP também abre portas para os educadores que se empenham em fazer do projeto um catalizador de mudanças na educação pública”, comenta Cláudia Santa Rosa, secretária da Educação.

GOVERNADOR ELEITO DO RJ E EQUIPE VÃO À ISRAEL CONHECER DRONES QUE ATIRAM

Governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel viaja, nesta terça-feira (4), para Israel. Na viagem, o ex-juiz terá acesso a drones que podem realizar disparos de armas de fogo e a câmeras capazes de reconhecer suspeitos de crimes. 




De acordo com a assessoria de Witzel, a agenda em Israel tem diversas atividades. Nenhuma, segundo a assessoria, prevê que seja estabelecido um acordo comercial. 




A Embaixada de Israel, ainda segundo a assessoria, está indicando e chancelando os encontros. 





A comitiva que acompanhará o governador eleito terá integrantes da equipe de transição, do seu partido, o PSC e da Federação Israelita do Rio de Janeiro. 





O número de pessoas que acompanharão o governador não foi divulgado. Apenas de uma equipe de apoio que terá um jornalista, um cinegrafista e um ajudante de ordens. Também não foi informado o tempo que o governador eleito permanecerá no país.




A assessoria de Witzel informou que "cada integrante da comitiva vai custear suas próprias despesas, com exceção da equipe de apoio".

CASEIRO É CONDENADO A 29 ANOS DE PRISÃO POR ESTUPRO E MORTE DE CRIANÇA NO RN


A Justiça do Rio Grande do Norte condenou o caseiro Carlos Alexandre de Andrade pelo estupro, assassinato e ocultação do cadáver de Maria Eduarda Lima da Silva, de 11 anos. Os crimes foram cometidos em 12 de julho de 2015, em Jenipabu, praia de Extremoz, na Grande Natal. Carlos Alexandre foi condenado a 29 anos de prisão em regime fechado. 









De acordo com a denúncia do Ministério Público, Carlos Alexandre de Andrade praticou atos libidinosos com a criança e a matou por asfixia mecânica. Em seguida, ele ocultou o cadáver de Maria Eduarda Lima da Silva próximo à granja onde trabalhava. No dia 14 de julho de 2015, foi registrado o boletim de ocorrência pelo desaparecimento da menina. O corpo dela foi encontrado no dia 16 de julho daquele ano, já em estado de putrefação. Maria Eduarda estava amordaçada e tinha marcas de agressão física.





Carlos Alexandre está preso desde a época dos crimes, que tiveram grande repercussão na imprensa potiguar. Na denúncia, que teve como base o inquérito policial, o MP defendeu que Carlos Alexandre estuprou, matou e ocultou o cadáver da menina Maria Eduarda. Os crimes foram cometidos por motivo torpe, de forma cruel e ainda com o objetivo de dificultar a investigação. O caseiro poderá recorrer da sentença, mas continuará preso. 





A Polícia Civil disse à época que Carlos Alexandre pode ter praticado crimes contra sete mulheres, entre estupros, homicídios e ocultações de cadáver. O delegado Raimundo Rolim classificou o caseiro como 'psicopata'.

 



O corpo de Maria Eduarda foi encontrado no dia 16 de julho enterrado em uma região de dunas, em Jenipabu, no município de Extremoz. A criança estava desaparecida desde o dia 12 de julho. O caseiro Carlos Alexandre trabalhava em um sítio próximo ao local onde o corpo da menina foi enterrado. 




Do Blog: Deveria cumprir todo o tempo em regime fechado, mas, infelizmente, por bom comportamento, sairá em menos de 10 anos.

CRIANÇA DE 6 ANOS E HOMEM SÃO MORTOS A TIROS NO RN; IDOSO E OUTRO HOMEM FORAM BALEADOS

Uma criança de 6 anos  e um homem de 29 morreram a tiros neste fim de semana no bairro Dix-Sept Rosado, em Natal.    Além dos mortos, Abne...