19 de outubro de 2014

ROBINSON DEFENDE O POVO. HENRIQUE, OS CACIQUES

O programa eleitoral do candidato do acordão, Henrique Alves, depois que as pesquisas passaram a apontar a vitória de Robinson no segundo turno, numa clara demonstração de desespero, apela agora para dizer que Robinson é rico, como que tentando dizer que ele não pensa no povo.

comerciante

Ao contrário do que o programa do acordão afirma Robinson sempre esteve ao lado do povo, visitando as cidades, as delegacias, os hospitais e seu governo tem como foco a melhoria na qualidade de vida da população. “Quero ser governador para os últimos, com justiça social. Quero fazer um governo para os últimos. Quero ser governador de um governo que tenha essência na solidariedade”.

Na sua trajetória política, Robinson sempre se preocupou com os mais humildes. Como deputado estadual, Robinson criou o programa Cidadão Sem Fome que levava cestas básicas a população. Outro programa que beneficiou a população foi o Gás Social, criado por Robinson para garantir ao consumidor de baixa renda o fornecimento de gás natural canalizado por um custo simbólico. O projeto Assembleia Cidadã, criado por Robinson leva até hoje serviços gratuitos de cidadania como emissão de documentos, cursos técnicos e consultas médicas para o interior do Estado.

Robinson sempre esteve ao lado do povo, ouvindo os desafios das regiões, diferente do candidato do acordão que sempre valorizou a “experiência” dos caciques da política do Rio Grande do Norte e encheu o seu palanque de adversários históricos com peso eleitoral.

A postura de Robinson durante a campanha sempre foi de colocar as pessoas em destaque, tantos nos projetos quanto nas atividades da campanha. Robinson entregou a bandeira da liberdade durante a Caravana da Liberdade que percorreu 120 municípios em 10 dias. Nos meses de campanha, Robinson dialogou com os segmentos da juventude, os trabalhadores informais, os policiais, as mulheres, os menos favorecidos e caminhou bairro a bairro em Natal, levando propostas do saneamento, segurança, educação e saúde. Nas feiras livres, Robinson ouviu os feirantes, os comerciantes e defendeu os menos favorecidos.

A condição financeira de Robinson é resultado do trabalho empresarial que a família dele desenvolveu e que nunca foi alvo de escândalos. Já o candidato do PMDB foi denunciado nacionalmente por ter dinheiro em paraísos fiscais fora do Brasil. Robinson, ao contrário do candidato do acordão não pertence a nenhum clã político que há mais de 40 anos se mantém no poder.

Robinson também nunca teve o seu nome envolvido em escândalos com suspeita de ganhar propina, caso agora da Operação Lava-Jato, onde o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, em delação premiada ao Ministério Público, citou o nome do candidato do acordão como supostamente envolvido no Petrolão.

Sobre isso, a Veja deste fim de semana fala que o doleiro Alberto Youssef, o principal operador do esquema de corrupção investigado pela Operação Lava a Jato, listou o nome de 28 congressistas que, segundo ele, receberam propinas pagas por empreiteiras com contratos com a Petrobras. Os valores variavam de R$ 100 mil a R$ 150 mil mensais, a depender da importância dos políticos.

Então, quem tem muito dinheiro, quem é rico e quem não pensa nos mais humildes é Robinson ou o candidato do acordão? Essa é uma análise que deve ser feita de forma racional, sem paixão política, mas baseada na verdade dos fatos.

DILMA ADMITE DESVIO NA PETROBRAS E DIZ QUE BUSCA RESSARCIMENTO AO PAÍS

age20141018348A presidente Dilma Rousseff afirmou neste sábado (18) que houve desvio de recursos públicos da Petrobras. A candidata à reeleição pelo PT disse ainda que tomará "todas as medidas para ressarcir tudo e todos".

"Agora ninguém sabe hoje ainda o que deve ser ressarcido. A chamada delação premiada, onde tem todos os dados mais importantes, não foi entregue a nós. Eu até pedi, como vocês sabem. Pedi tanto para o Ministério Público quanto para o ministro do Supremo [Tribunal Federal], Teori Zavascki. Ambos disseram que ainda estava sob sigilo. Agora ressarcir, eu farei todo o meu possível para ressarcir o país. Se houve desvio de dinheiro publico, nós queremos ele de volta. Se houve [desvio], não. Houve, viu?", declarou Dilma Rousseff.

Questionada sobre a inclusão pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa do nome do ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra (morto neste ano) entre políticos que receberam dinheiro desviado da Petrobras, a presidente Dilma afirmou que não acha que ninguém no Brasil tenha "primazia da bandeira da ética".

"O retrospecto do PSDB não lhe dá essa condição. Quem cometeu crime, delito ou malfeito deve pagar por isso. Ninguém está acima de suspeita no Brasil. Quem não cumprir princípios éticos com dinheiro publico, devem pagar por isso. É interessante notar que os vazamentos seletivos acontecem para todos os lados. Isso não é bom. Não vou comemorar nada. O pau que bate em Chico também bate em Francisco. Essa é uma lei", afirmou a candidata do PT.

Durante debate na TV nesta semana, Dilma já havido feito uma pergunta a Aécio sobre a denúncia de que o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, em depoimento ao Ministério Público, havia afirmado que deu propina ao ex-presidente do PSDB para esvaziar uma Comissão Parlamentar de Inquérito destinada a investigar a Petrobras em 2009.

Na resposta, Aécio disse que, pela primeira vez, a presidente reconhecia denúncias de Paulo Roberto Costa, que fez acordo de delação premiada e, em troca de prisão domiciliar, passou a colaborar com a Justiça nas investigações sobre corrupção na Petrobras. "Se a senhora não tem receio, por que seu partido impediu que o senhor Vaccari fosse à CPI"?, disse Aécio, referindo-se ao tesoureiro do PT, que, segundo depoimentos de Costa, também se beneficiou de propinas de contratos.

Dilma Rousseff declarou que, daqui para frente, a não ser que seja informada pelo Ministério Público ou pelo juiz, não tem medida nenhuma a tomar. "Não sei se vocês sabem, mas não é o presidente quem processa. Quem processa são os órgãos, como o Ministério Público, e quem julga é o juiz", afirmou.

SERIDOENSE COMETE SUICÍDIO COM UM TIRO DE ESPINGARDA NA BOCA

esMais um suicídio foi registrado no Seridó, desta vez na cidade de Lagoa Nova, onde no início da noite deste sábado, (18), Sebastião Luis da Silva, vulgo “Tião Priquitinho”, de 48 anos de idade, deu fim a sua própria vida.

Segundo informações, o homem cometeu suicídio atirando em sua boca com uma espingarda. A família ouviu o barulho do tiro e ao chegar à sua residência o encontraram agonizando.

A polícia e o socorro foram acionados, mas o homem morreu ainda no local. O corpo foi removido para o ITEP/Caicó.

 

DESESPERO FAZ ADVERSÁRIO DO PMDB FORJAR NOTÍCIA FALSA E DIVULGAR CONTRA ROBINSON FARIA NAS REDES SOCIAIS

henO crescimento de Robinson nas pesquisas de opinião virando o jogo eleitoral no Rio Grande do Norte, a campanha do candidato do PMDB iniciou uma campanha suja nas redes sociais. O candidato que se dizia amadurecido e livre do radicalismo, mudou radicalmente a sua postura principalmente depois da divulgação da pesquisa Ibope no último dia 15 de outubro que mostrou uma vantagem de 8 pontos para Robinson nos votos válidos.

A assessoria jurídica da campanha da coligação Liderados pelo Povo encaminhou à Polícia Federal e ao Ministério Publico a calúnia que começou a circular na internet com uma montagem grosseira, apesar de deletéria, para atingir a honra e a imagem de Robinson.

A montagem acusa o candidato de participação em um processo de modo a tentar reverter a expressiva ascensão eleitoral por ele alcançada e divulgada pelo Ibope esta semana. Ao contrário do que é colocado na arte, o candidato Robinson Faria é testemunha de acusação arrolado pelo Ministério Público autor da ação penal.

BRASILEIROS JÁ PAGARAM R$ 1,3 TRILHÃO EM IMPOSTOS NO ANO

O valor pago pelos brasileiros em impostos federais, estaduais e municipais desde o início do ano alcançou R$ 1,3 trilhão neste sábado (18), segundo o “Impostômetro” da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Sem título

O painel eletrônico que calcula a arrecadação em tempo real está instalado na sede da associação, na Rua Boa Vista, região central da capital paulista.

O total de impostos pagos pelos brasileiros também pode ser acompanhado pela internet, na página do Impostômetro. Na ferramenta, criada em parceria com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), é possível acompanhar quanto o país, os estados e os municípios estão arrecadando em impostos.

Também se pode fazer comparações do que os governos poderiam fazer com o dinheiro arrecadado, como quantas cestas básicas se poderia fornecer e quantos postos de saúde poderiam ser construídos.

O Impostômetro encerrou o ano de 2013 com a marca recorde de R$ 1,7 trilhão.

BOMBA! JUSTIÇA RECONHECE LEGITIMIDADE DE INTERPELAÇÃO QUE COBRA DE IRON JÚNIOR E ANCHIETA JÚNIOR CELULARES SUMIDOS DA FECAM

A justiça do RN reconheceu a legitimidade da interpelação movida pela atual mesa diretora da FECAM   – Federação dos Municípios do RN - , em...