16 de dezembro de 2021

CIRO E CID GOMES SÃO ALVOS DE BUSCAS DA PF POR CORRUPÇÃO NO GOVERNO DO CE

O juiz federal Danilo Dias Vasconcelos de Almeida expediu mandados de busca e apreensão e determinou a quebra de sigilos  do presidenciável Ciro Gomes e do irmão senador Cid Gomes (PDT-CE). Ambos foram delatados por cúmplices do esquema. 

 

As determinações do magistrados incluem mais uma dúzia de alvos, que, como os irmãos Gomes, são investigados por corrupção em negócios envolvendo a gestão de Cid Gomes no governo do Ceará, atualmente chefiado por Camilo Santana (PT). 

 

Os irmãos Gomes e os demais alvos são acusados de montar um esquema de corrupção para favorecer uma empresa na licitação das obras do Estádio do Castelão, para a Copa do Mundo de 2014.


Os mandados são do juiz federal, mas Ciro Gomes, claro, atribui a ação da Polícia Federal ao presidente Jair Bolsonaro. Ele dissse que o chefe do governo “transformou o Brasil num Estado Policial que se oculta sob falsa capa de legalidade.” 

 

Foram quebrados os sigilos bancário, telefônico e telemático dos irmãos e de mais 12 alvos entre pessoas físicas e jurídicas investigadas por envolvimento num esquema de corrupção armado, segundo os investigadores, no governo de Cid Gomes. 

 

O magistrado foi enfático em sua determinação, autorizando “a apreensão de computadores, telefones celulares, tablets, pendrives e outros dispositivos de armazenamento de mídia, sejam eles funcionais e/ou particulares.”

488 JORNALISTAS ESTÃO PRESOS E 46 FORAM MORTOS EM 2021 NO MUNDO

Um total de 488 jornalistas estão detidos no mundo, um aumento de 20% em relação a 2020, de acordo com o relatório anual do “Repórteres Sem Fronteiras (RSF)”, publicado nesta quinta-feira (16). 
 

México e Afeganistão seguem no topo da lista dos países onde é mais perigoso exercer a profissão, informa o relatório. 

 

“Nunca, desde a criação do balanço anual da RSF, em 1995, o número de jornalistas presos foi tão alto”, diz o comunicado da organização, com sede em Paris. 

 

Dos 488 jornalistas detidos pelo mundo, 60 são mulheres, afirma a RSF, outro recorde. 

 

O número de jornalistas mortos caiu em 2021, para 46 casos (até 1º de dezembro), mas em grande parte graças ao fim parcial dos conflitos armados na Síria, Iraque, Afeganistão e Iêmen.

ALERTA! PASTOR ALEMÃO MATA CRIANÇA DA CASA VIZINHA EM MG

Uma criança de 11 anos morreu após ser atacada por um cachorro
, na noite desta quarta-feira (15), no bairro Boa Esperança, em São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. 
 

A vítima era um menino.

 

Segundo os bombeiros, o animal, da raça pastor alemão, pertencia a vizinha da criança. Ele estava solto na rua, no momento do ataque. 

 

O animal mordeu o pescoço do menino e arrancou suas partes íntimas. 

 

Três viaturas dos bombeiros estiveram no local e os militares conseguiram capturar o animal. 

 

Segundo eles, um outro cachorro foi encontrado morto em um lote, próximo onde aconteceu o acidente. 

 

Foto: Ilustração.

CPI DA COVID INDICIA SECRETÁRIO DE SAÚDE DO RN

O secretário de Saúde do Rio Grande do Norte, Cipriano Maia, foi incluído entre os indiciados pela CPI da Covid da Assembleia Legislativa. A decisão ocorreu durante a 35ª reunião da comissão, na tarde desta quarta-feira (15), quando parte do relatório do deputado Francisco do PT foi analisado e os parlamentares propuseram mudanças. Além de Cipriano Maia, empresários e uma servidora também foram indiciados.

Na reunião passada, o relatório foi lido pelo deputado Francisco do PT com o indiciamento de algumas pessoas, principalmente relacionadas ao Consórcio Nordeste. Nesta quarta, contudo, os parlamentares analisaram 10 dos 13 processos investigados pela CPI - o do Consórcio Nordeste ficou para a quinta-feira (16). Na análise, a maior parte dos deputados aprovaram mudanças no relatório.

No início da reunião, o presidente da CPI da Covid, deputado Kelps Lima (Solidariedade), explicou como seria a dinâmica para a votação. Ao todo, foram dados quatro votos complementares, que ampliavam sugestões ou diligências em contratos, além de outros seis votos divergentes, que tratavam sobre mudanças drásticas no entendimento do relator no documento apresentado anteriormente. Todos os votos divergentes e complementares foram de autoria conjunta dos deputados Kelps Lima, Gustavo Carvalho (PSDB) e Getúlio Rêgo (DEM). Na sessão, as propostas complementares foram aprovadas à unanimidade. Por outro lado, outros seis votos divergentes foram aprovados por 3 votos a 2, sempre com votos contrários do relator, Francisco do PT, e do deputado George Soares (PL).

Nos votos divergentes, os contratos analisados foram para compra de respiradores fora de especificações e nunca utilizados; compra de testes contra Covid; contratação de instituto para inquérito sorológico; contratação de Organização Social para gestão de leitos nos hospitais João Machado e Alfredo Mesquita; aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs); e contrato de serviço de transporte sanitário. Em todos os contratos, o secretário Cipriano Maia foi indiciado. Além dele, empresários envolvidos na contratação de gestão de leitos e na contratação de EPIs, enquanto uma servidora e Cipriano Maia foram indiciados pela contratação do transporte sanitário. 

Na justificativa para os indiciamentos, o deputado Kelps Lima, que fez a leitura dos votos divergentes, elencou elementos que supostamente apontavam para direcionamento de contratação de empresas e "omissões dolosas" por parte do secretário Cipriano Maia. Por outro lado, Francisco do PT criticou os indiciamentos por apontar informações que supostamente afastam a possibilidade de intenção em cometer irregularidades. Além disso, ele questionou o não indiciamento de empresários em outros processos em que Cipriano Maia aparece como indiciado, já que, no entendimento do relator, se há conluio, deveria haver indiciamento de quem supostamente teria participado.

Após a votação, os deputados convocaram outra sessão para a quinta-feira (16), quando serão analisados os contratos investigados na Operação Lectus, compra de respiradores pelo Consórcio Nordeste e campanha publicitária de prevenção à covid com participação de ex-candidato filiado ao PT.

VIVALDO COSTA VOLTA À AL/RN PARA SEU 14º MANDATO NA PRÓXIMA SEMANA

O Papa Jerimum, Vivaldo Costa (PV), assumirá sua cadeira na assembleia legislativa do RN pela 14ª vez.   Vivaldo Costa assumirá a vaga do en...