13 de junho de 2015

EM ESTADO GRAVE, DELEGADO BALEADO NA PB FOI TRANSFERIDO VIA HELICÓPTERO PARA JOÃO PESSOA

Continua em estado grave o delegado, Dr. Leonardo Machado, atingido por três disparos de arma de fogo no centro da Cidade de Uiraúna por volta das 10h da manhã deste sábado (13/06) por elementos armados em um Siena, que ao pedirem informações, abriram fogo contra o Agente da Lei.


Os disparos acertaram o tórax, e a cabeça do Delegado do Grupo Tático Especial da Polícia Civil da Cidade de Sousa. Informações da Assessoria do Hospital Regional de Cajazeiras que o quadro de saúde do Delegado é estável.

Socorrido ao Hospital Regional de Cajazeiras, Dr. Leonardo deverá ser transferido a 14h via Helicóptero da Secretaria de Segurança Pública da Paraíba que chegará a Cajazeiras para encaminha-lo ao Hospital de Traumas de João Pessoa.


O Secretário de Segurança Pública da Paraíba, Dr. Claudio Lima determinou que várias viaturas se deslocassem da Capital para reforçar nas diligências para identificarem e capturarem os suspeitos desta tentativa de homicídio contra o representante da lei no alto Sertão da Paraíba.


Outras informações apontam que o Delegado estava acompanhado no momento no delito com duas filhas na Praça Pública em Uiraúna. Os disparos quase que acertavam também seus filhos que ficaram em estado de choque ao presenciarem a cena.


Dr. Leonardo Machado era titular da 1ª DD da Cidade de Sousa há bastante tempo. Recentemente deixou a especializada para assumir a função de Delegado do GTE – Grupo Especial Tático da 19ª Regional em Sousa.


O Delegado vinha investigando vários crimes, entre eles: tráfico de drogas, e assaltos as Agências dos Correios da Região de Sousa.


Neste momento, Viaturas do 14º Batalhão, Polícia Civil de Sousa, 6º Batalhão de Cajazeiras, Polícia Civil, com ajuda de várias outras viaturas da Polícia Militar do Rio Grande do Norte estão em diligências para localizarem os bandidos que tentaram contra a vida do Delegado Dr. Leonardo Machado.


Fonte: Folha do Sertão.

PT MANTÉM ALIANÇA COM PMDB, MAS CUNHA É HOSTILIZADO

Rui Falcão dá entrevista após congresso do PT (Foto: Henrique Mendes/G1)

O Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu neste sábado (13) excluir da resolução final de seu 5º Congresso Nacional trechos que defendiam o fim da aliança nacional com o PMDB no governo e a alteração na atual política econômica, marcada pelo ajuste fiscal.

No encontro, militantes e dirigentes da sigla fizeram críticas ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e ao ministro da Fazenda, Joaquim Levy.


Durante a votação da resolução do evento, que consolida as posições do partido sobre a atual situação da política e da economia, os delegados decidiram tirar da versão final uma parte que dizia que "o presidencialismo de coalizão está esgotado, dando espaço e poder ao principal dos 'aliados', muitas vezes, o sabotador do governo, o PMDB, que opera pela contrarreforma política e pela revisão do regime da partilha do pré-sal".


No debate que antecedeu a votação, militantes gritavam "Fora Cunha! Fora Cunha!", em protesto contra o presidente da Câmara. No palco onde lideranças discursavam, parlamentares petistas que atuam na linha de frente governista no Congresso buscaram defender a aliança com o PMDB em nome da "governabilidade".

"Nós não podemos ter ilusão no Congresso. Nós também não podemos achar que, a partir de hoje, a presidente Dilma vai ter maioria no Congresso para votar os projetos que advêm da mobilização social. A governabilidade congressual é também necessária... Ou o PT não está fazendo isso todo dia no Congresso Nacional? Nós não podemos levar o governo Dilma para o isolamento no Congresso", afirmou o deputado José Guimarães (PT-CE), líder do governo na Câmara.

Na discussão sobre a atual política econômica, o PT aprovou texto que defende ser "preciso conduzir a orientação geral da política econômica para a implementação de estratégias para retomada do crescimento, para a defesa do emprego, do salário e demais direitos dos trabalhadores, que permitam a ampliação das políticas sociais".


A proposta original usava a expressão "alteração da política econômica", em vez de "conduzir a orientação geral da política econômica". Durante o anúncio da mudança, o líder do governo no Senado, Humberto Costa (PT-PE), foi vaiado por militantes ao defender a necessidade do ajuste fiscal para alcançar os objetivos defendidos pela legenda.


O texto original também continha menções críticas ao ministro Joaquim Levy, que acabaram sendo retiradas do documento.

RN TEM 43 MIL JOVENS EM SITUAÇÃO DE TRABALHO INFANTIL

imagesOs últimos dados do Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)  colocam o Rio Grande do Norte como cenário de trabalho infantil, nas piores condições possíveis, para 43 mil crianças e adolescentes entre 10 a 17 anos. Os números nortearam as discussões durante o encontro realizado nesta sexta-feira (12), Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, em evento realizado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

Com um auditório com representantes do Legislativo estadual e municipal, além de gestores de órgãos municipais, um termo de compromisso foi assinado pelas entidades para o combate de trabalho infantil. A preocupação é maior com os municípios, especialmente nas maiores cidades do estado, como Natal, Mossoró, Parnamirim e Caicó que apresentam a maior incidência de casos.

Onde existe maior concentração de economia, mais crianças estão trabalhando de forma irregular”, constatou Xisto Tiago Medeiros, que faz parte da Coordenadoria de Combate à Exploração de Crianças e Adolescentes do MPT. “A Constituição dizia que a pessoa pode trabalhar a partir dos 16 anos. Porém, aos 14 anos, pode haver uma possibilidade de trabalho, na forma de aprendizagem, conforme diz a lei do aprendiz”, completou o procurador regional.

Os dados comparados com os dois últimos censos elaborados pelo IBGE apontam um aumento de 8% da exploração do trabalho infantil. Um dos maiores prejuízos, segundo aponta Xisto, é a evasão escolar a partir do distanciamento dos jovens em razão do emprego em condição irregular.

Nós descobrimos mais focos de trabalho infantil. Além disso, a crise econômica pode fazer com que o trabalho infantil aumente, pois muitos empresários utilizem crianças para trabalhar como corte de gastos”, explicou.

Apesar de o Rio Grande do Norte ainda estar longe de ser um dos estados que mais apresentam este tipo de exploração, o Ministério Público do Trabalho continua com um intenso trabalho de fiscalização e campanha. Entretanto, o número de jovens trabalhando é alarmante. Os tipos de trabalho infantil mais visíveis, na visão do Xisto Tiago Medeiros, são o emprego doméstico, agricultura e urbano.

Muitas pessoas retiram pessoas do interior do Rio Grande do Norte e força a trabalhar oito a 10 horas em serviços domésticos, sem direito de ir a escola. Também é comum ver crianças trabalhando na roça juntamente com os seus pais, na forma de agricultura de subsistência. Na capital, nós vemos muitas vendendo na praia, nas ruas e eventos. Nas áreas urbanas também tem risco de sofrer diversos abusos, inclusive o sexual”, afirmou.

Toda vez que ver uma criança estiver trabalhando de forma irregular, as pessoas tem que denunciar. A pessoa pode ligar para o Disque 100 e dizer todas as características da situação em que foi visto. Este telefone vai acionar o Ministério Público do Trabalho ou Conselho Tutelar.

O Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil foi instituído a partir da  lei Nº 11.542/2007. Em 2015, a campanha tem como tema “Não ao Trabalho Infantil e Sim à Educação de Qualidade”.

VIROU ROTINA! MAIS OUTRA TENTATIVA DE HOMICÍDIO É REGISTRADA NO SERIDÓ POTIGUAR

SAM_6946Por volta das 19h dessa sexta-feira, (12) uma tentativa de homicídio foi registrada em frente ao CDP de Currais Novos, tendo com vítima Anderson Batista da Silva, vulgo, “Febrônio”, de 22 anos (foto). A vítima foi atingida na perna e abaixo da linha da cintura próximo a virilha.

Segundo informações, dois elementos que estavam numa moto Yamaha Factor da cor preta passaram e atiraram na vítima quase a queima roupa. Uma viatura da Polícia Militar prestou socorro, tendo em vista, que a vítima estava com um grande sangramento.

“Febrônio” tem passagens pela Polícia por assalto e furto e cumpre pena no regime semiaberto e esperava para entrar no CDP quando foi alvejado.

A Polícia fez diligências à procura dos acusados, mas não conseguiu localiza-los. O motivo da tentativa de homicídio pode ter sido um acerto de contas por envolvimento com drogas.

GOVERNADOR DESTACA IMPORTÂNCIA DA JUSTIÇA ELEITORAL PARA A CORREÇÃO E LISURA DOS PROCESSOS ELEITORAIS

O Governador Robinson Faria participou no final da manhã desta sexta-feira, 12, da sessão solene em homenagem aos 70 anos de reinstalação da Justiça Eleitoral no Brasil. A sessão aconteceu no Plenário do Tribunal Regional Eleitoral, no Centro de Natal. “A Justiça Eleitoral assegura a correção e a lisura dos processos eleitorais”, ressaltou Robinson Faria.

12.06 Sessão solene pelos 70 anos da reinstalação da justiça eleitorial no Brasil - Foto Rayane Mainara (2)

O presidente do TRE-RN, desembargador Virgílio Fernandes de Macêdo Junior conduziu os trabalhos da sessão solene que teve o lançamento de uma revista comemorativa e de um ementário sobre a legislação eleitoral. Também foram lançados pelos Correios um selo comemorativo e um carimbo postal em alusão à data.

Participaram da solenidade os presidentes do Tribunal de Justiça, desembargador Cláudio Santos, da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza e comandantes das Forças Armadas – Exército, Marinha e Aeronáutica.

PROCURADORIA DA SUÍÇA DIZ QUE NESTOR CERVERÓ MANTINHA CONTAS NO PAÍS

Nestor Cerveró (Foto: TV Globo)

A Procuradoria Pública Federal da Suíça encaminhou ao Ministério Público Federal (MPF) brasileiro um relatório de cooperação internacional que aponta evidências de que o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró recebia dinheiro em contas no exterior. O documento foi protocolado na ação penal que tramita contra ele na primeira instância da Justiça Federal.

Conforme o documento, assinado pelo procurador Stefan Lenz, Cerveró tinha pelo menos duas contas na Suíça. Uma delas pertencia a uma offshore panamenha chamada Russel Advisors AS, que segundo a procuradoria suíça tinha Cerveró como beneficiário. O relatório mostra que esta conta recebeu um pagamento de U$S 75 mil da empresa Three Lions Energy Inc., que, por sua vez, tem como beneficiário o empresário Fernando Soares, o Fernando Baiano.

Cerveró e Baiano são réus em um processo que os acusa de receber US$ 40 milhões de propina para intermediar a contratação pela Petrobras de navios-sonda para a perfuração de águas profundas na África e no México. Fernando Baiano era representante de Nestor Cerveró no esquema, ainda segundo a denúncia. Em outro processo, Cerveró já foi condenado a cinco anos de prisão por lavagem de dinheiro.

Durante o processo, Cerveró negou em juízo possuir contas ou offshores no exterior. Segundo a Procuradoria Suíça, no entanto, ele ainda mantinha uma conta no país em nome da offshore Forbal Investiment Inc., de Belize. Esta conta recebeu, entre 2009 e 2012 U$S 674.973 dólares. As transferências vinham de bancos da Suiçá, da Antígua, de Mônaco e do Uruguai. “O fundo econômico destes pagamentos não está claro e não parece compatível com a atividade de Cerveró como diretor da Petrobras”, sustenta o procurador.

Dentre estes pagamentos, o maior foi feito por uma empresa brasileira fabricante de sistemas de vigilância, no valor de U$S 299.973. Para a procuradoria, este pagamento pode ser qualificado como suborno diante do fato de que o dono da empresa, através de outra companhia, fez um pagamento de U$S 340.000 para o ex-diretor de Abastecimento da estatal Paulo Roberto Costa – delator do esquema de corrupção.

O relatório ainda aponta que Cerveró operou a conta da Forbal Investiment Inc. mesmo depois de iniciadas as investigações contra ele – em dezembro de 2014 – e também após ele se tornar réu do processo, em janeiro de 2015. A procuradoria diz que ele transferiu U$S 250.200.94 para uma conta de terceiro em Londres.

Portanto, há a suspeita que, desta maneira, os direitos de confisco do Estado foram frustrados e, Cerveró seria culpado da lavagem de dinheiro”, afirma o procurador Stefan Lenz.

A reportagem tentou contato com o advogado Edson Ribeiro, que representa Nestor Cerveró, mas ele não retornou às ligações até a publicação.

STF TEM MAIORIA PARA TORNAR JANONES RÉU POR POSTAGENS CONTRA BOLSONARO

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou nesta sexta-feira (14) para tornar réu o deputado federal André Janones (A...