16 de maio de 2020

ACIDENTE GRAVE DEIXA MORTOS E FERIDOS NO INTERIOR DO RN


O acidente tipo colisão frontal entre dois carros, aconteceu no final da tarde desta sexta feira, (15), na BR 304 subida de acesso a cidade de São Rafael, na região do Vale do Açu.








As primeiras informações apontam que ao menos duas pessoas morreram no local. Outras pessoas que ficaram feridas, foram atendidas por ambulâncias do Samu e conduzidas ao hospital.



A Polícia Rodoviária Federal foi acionada juntamente com o ITEP de Mossoró, para procedimentos no local. Ainda não há informações sobre identificação das vítimas. As causas do acidente ainda são desconhecidas.

DAR REAJUSTE É 'SUBIR EM CADÁVERES PARA FAZER PALANQUE', DIZ GUEDES


O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a criticar nesta sexta-feira (15) a permissão para reajuste de servidores até dezembro de 2021, incluída pelo Congresso Nacional no pacote de ajuda financeira a estados e municípios




Em coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, Guedes afirmou que “nossos heróis não são mercenários” e que "medalhas", numa analogia aos reajustes salariais, só são dadas após a guerra. O texto está na mesa do presidente Jair Bolsonaro, que tem até a próxima semana para sancionar ou vetar as medidas. 




“Nós queremos saber o que podemos fazer de sacrifício pelo Brasil nessa hora. E não o que o Brasil pode fazer por nós. E as medalhas são dadas após a guerra, não antes da guerra. Nossos heróis não são mercenários. Que história é essa de pedir aumento de salário porque um policial vai à rua exercer a sua função, ou porque um médico vai à rua exercer a sua função?”, disse Guedes.



Segundo ele, quem trabalhar a mais no combate ao coronavírus já vai receber pagamento adicional, na forma de hora extra. Guedes afirmou que as recompensas devem ser dadas após o fim da pandemia, quando o Brasil tiver se reerguido da crise. 




“Nós vamos nos lembrar disso, vamos botar o quinquênio, o anuênio, o milênio, o 'eugênio'. Tudo que for preciso. Mas não antes da batalha. Não podemos aproveitar um momento de fragilidade, em que o Brasil cai na crise financeiramente”, disse.




O ministro afirmou ainda que tem gente que está usando “cadáveres para fazer palanque”, que isso é inaceitável e que será punido pela população. E voltou a defender o veto, que vem sendo recomendado pela área econômica ao Palácio do Planalto há mais de uma semana. 




"Se ele [Bolsonaro] tiver que vetar, ele veta, não transformem isso em ato político. Esse é um pedido que eu faço de colaboração, que sejamos bem interpretado." 




"Só vamos pedir uma contribuição, por favor, enquanto o Brasil está de joelhos, nocauteado, tentando se reerguer, por favor, não assaltem o Brasil. Não transformem um ano eleitoral, onde é importante tirar o máximo possível do gigante que foi abatido, deixa ele levantar", declarou Guedes.

DIA 15 CHEGOU, MAS FELIZMENTE DAS MAIS DE 11 MIL MORTES PREVISTAS PELO GOVERNO DO RN POR COVID-19 FICARAM EM POUCO MAIS DE 100


Passado pouco mais de um mês da aterrorizante informação do Governo do RN, através do secretário de Saúde, na qual a população foi informada que morreriam mais de 11 mil pessoas no RN até o dia 15 de maio, o RN confirmou 122 mortes pelo covid-19.



 
Não podemos comemorar, pois são mais de 100 pessoas que perderam suas vidas, mas, os números mostram o despreparo e desinformação do atual Governo do RN em relação à essa terrível doença.




Ademais, grande parte da imprensa e autoridades não reagiram contra tamanho absurdo que aterrorizou a população Potiguar, mas, o Governo está ameaçando multar aqueles que publicarem notícias falsas (fake News) sobre a pandemia, mas nada explicou sobre sua desastrada e assustadora previsão, que felizmente não se concretizou.



Do Blog: Brasil, onde só os “pequenos” cometem crimes.


OPERAÇÃO POLICIAL DEIXA 12 MORTOS NO RIO

A Delegacia de Homicídios investiga a morte de 12 pessoas nesta sexta-feira (15) no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio. A comunidade foi local de intenso tiroteio durante uma operação integrada das polícias Civil e Militar. 









Durante a operação, um PM foi ferido por estilhaços, sem gravidade. Oito fuzis foram apreendidos, além de munições, granadas e drogas.



 
De acordo com a polícia, cinco mortos são suspeitos. Um deles é Leonardo Serpa de Jesus, conhecido como Léo Marrinha, chefe do tráfico no morro da Providência. A Polícia Civil investiga se líderes de outros morros pertencentes à mesma facção estão escondidos no Complexo do Alemão. 


 

A operação tinha o objetivo de encontrar um paiol onde suspeitos esconderiam armas, munições e drogas, além de encontrar traficantes.




PAI, FILHO E PILOTO MORREM APÓS QUEDA DE AVIÃO NA BA

Três pessoas morreram após um avião cair na cidade de Barreiras, no oeste da Bahia, neste sábado (2). O acidente aconteceu em uma área de ve...