9 de junho de 2020

CADASTRO PARA O AUXÍLIO EMERGENCIAL PODE SER FEITO NAS 153 AGÊNCIAS DOS CORREIOS DO RN


As 153 agências dos Correios espalhadas pelo Rio Grande do Norte começaram, desde segunda-feira (8), a cadastrar pessoas que podem receber o Auxílio Emergencial de R$ 600 do governo federal durante a pandemia de Covid-19. 




O Ministério da Cidadania e os Correios firmaram uma parceria para atender à população mais vulnerável, sem acesso a meios digitais, que ainda não conseguiu solicitar o Auxílio Emergencial.



As pessoas que não têm acesso aos meio digitais serão cadastradas gratuitamente no programa. Os demais interessados que possuem condições de acesso à internet devem fazer o cadastro no aplicativo ou site da Caixa Econômica Federal ou da Dataprev.

MEDICAMENTO ANTIVIRAL REMDESIVIR DESACELERA AVANÇO DA COVID-19 EM MACACOS


O remédio antiviral da Gilead Sciences remdesivir preveniu doenças pulmonares em macacos infectados com o novo coronavírus, segundo um estudo publicado na revista médica Nature nesta terça-feira (9). 




O remdesivir, que não é vendido comercialmente, foi liberado para uso emergencial em pacientes graves nos Estados Unidos, na Índia e na Coreia do Sul. Algumas nações europeias também estão utilizando o remédio em programas compassivos.



Os testes do medicamento em humanos estão em andamento, e dados iniciais mostraram que o remédio ajudou os pacientes a se recuperarem mais rapidamente da Covid-19, infecção respiratória causada pelo novo coronavírus. 




No estudo, 12 macacos foram deliberadamente infectados com o vírus e metade deles recebeu tratamento precoce com remdesivir.




Os macacos que receberam remdesivir não mostraram sinais de doença respiratória e apresentaram reduzidos danos aos pulmões, de acordo com os autores do estudo.

PRESIDENTE DO TJ DERRUBA DECISÃO DE JUIZ E LIBERA REABERTURA NO RJ


O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, desembargador Claudio de Mello Tavares, derrubou nesta terça-feira (9) a decisão que havia suspendido os decretos de flexibilização do Governo do RJ e da prefeitura da capital do estado.




A liminar havia sido concedida pela 7ª Vara de Fazenda Pública e vetou trechos dos decretos do governador Wilson Witzel e do prefeito Marcelo Crivella que autorizavam a flexibilização das medidas de distanciamento social – adotadas em março para conter a pandemia da Covid-19. 




Ao acolher os recursos dos governos estadual e municipal, o desembargador Claudio de Mello Tavares considerou que a decisão da 7ª Vara de Fazenda Pública interferia em área do Poder Executivo, ao qual, segundo a decisão, cabe decidir quanto à flexibilização das regras em vigor.




O desembargador também destacou a importância da questão social da população fluminense com a falência de comerciantes e empresários e consequente perda de empregos. 




O presidente do TJ ressaltou ainda que estado e município se comprometeram a suspender a flexibilização se houver aumento no número de mortes e da curva de contaminação. 




Os recursos do estado e da prefeitura contra a decisão da 7ª Vara foram impetrados na noite de segunda-feira diretamente no Gabinete da Presidência do TJRJ.




A liminar tinha, a pedido do Ministério Público e da Defensoria Pública, sido deferida horas antes pelo juiz Bruno Bodart da Costa, que estabeleceu uma nova audiência para tratar do tema, marcada para quarta-feira, às 14h. Estavam convocados para participar da reunião os secretários de Saúde do estado e do município.

VIVALDO PEDE QUE SEJA CRIADO PROCEDIMENTO VIRTUAL ONDE PARENTES TENHAM INFORMAÇÕES DE PACIENTES INTERNADOS COM COVID-19

Durante sessão remota, nesta terça-feira (9), o deputado Vivaldo Costa (PSD) comentou sobre requerimento que protocolou na Assembleia Legislativa. O parlamentar pede que seja criado um procedimento virtual de informações e acolhimento dos familiares de pessoas internadas em razão do novo coronavírus (COVID-19), em hospitais públicos ou privados situados no Estado do Rio Grande do Norte.




“Devemos ter uma atenção especial sobre o sofrimento humano relacionado a esta pandemia, pois a angústia de não ter informações sobre o estado de saúde tem consumido familiares daquelas pessoas que estão em leitos de hospitais por coronavírus, onde se sabe que não é possível nenhuma visita presencial ao paciente”, contou Vivaldo.




A solicitação de Vivaldo tem por objetivo determinar a criação de acolhimento de familiares sobre o real estado de saúde e as atualizações clínicas de pessoas internadas pelo coronavírus. As informações devem ser enviadas diariamente, ao término de cada dia, com a atualização sobre o estado de saúde do paciente, principalmente, via aplicativo de mensagens, em formato de áudio, possibilitando a recepção das comunicações por pessoas que tenham dificuldade com leitura. Em caso de impossibilidade do envio por meio de aplicativo de mensagens, elas devem ser enviadas por escrito, via e-mail ou outra forma de comunicação eletrônica.

POLÍCIA SEGUE PROCURANDO IDENTIFICAR CASAL QUE GRAVOU ATO SEXUAL EM RODOVIA NO RN

Mesmo enfrentando dificuldades, a investigação em busca do casal que gravou cenas de sexo na rodovia que liga as cidades de Campo Grande, Janduís e Patu continua. O vídeo do ato obsceno começou a circular nas redes sociais no dia 14 de maio. 




De acordo com a Polícia Civil, a procura é dificultosa, já que o próprio casal produziu o vídeo e os rostos não aparecem nitidamente na filmagem. Ainda não se sabe, inclusive. se a gravação é recente ou antiga.




O vídeo que circulou nas redes sociais mostra um casal no acostamento da rodovia, com os faróis do carro ligados. Posicionados em frente ao veículo, os dois passaram a fazer sexo. 




A investigação da polícia é para tentar identificar o casal já que, de acordo com o artigo 233 do Código Penal, "praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público" pode ser motivo de detenção de três meses a um ano, ou multa.

CORPO DO MENINO MORTO COM TIRO NO PEITO NA FESTA DE SEU ANIVERSÁRIO SERÁ ENTERRADO NESTA TERÇA-FEIRA, (09) NO RJ


Vai ser enterrado nesta terça-feira (9) o corpo do menino que foi baleado em sua festa de aniversário no último fim de semana, em Piabetá, na Baixada Fluminense. O sepultamento será às 15h no Cemitério de Magé. 



Enzo, de 4 anos, foi atingido com um tiro no peito durante a comemoração. O autor do disparo, que participava do evento, foi preso em flagrante. 




O pequeno Enzo chegou a ouvir os convidados cantarem parabéns, mas, logo depois, o menino foi morto com um tiro de revólver na frente de todos, inclusive das crianças. 




Segundo a polícia, o suspeito é Pedro Vinícius de Souza Pedidor, de 21 anos, que entrou na casa da família com outros convidados. A polícia investiga se a arma que estava com o suspeito teria disparado acidentalmente.

PAI E FILHO MORREM EM COLISÃO ENTRE MOTO A CARRO NO INTERIOR DO RN

Um acidente entre um moto e um carro, matou, Alcimar Dantas, “Cimar’, e seu filho, Yure, de 13 anos, ambos residentes em Monte Alegre.  ...