11 de março de 2024

INCIDENTE ENVOLVENDO VOO DA LATAM ENTRE AUSTRÁLIA E NOVA ZELÂNDIA DEIXA CERCA DE 50 FERIDOS

Um incidente envolvendo um voo da Latam entre a Austrália e a Nova Zelândia deixou cerca de 50 pessoas feridas nesta segunda-feira (11). Ao todo, 12 pessoas precisaram ser levadas ao hospital.

 

O voo fazia a rota entre Sydney e Santiago, com uma escala em Auckland. Segundo a Latam, durante o trecho entre a Austrália e a Nova Zelândia, um "evento técnico" causou um forte movimento da aeronave. Apesar do incidente, o pouso ocorreu dentro do horário programado. 

 

De acordo com o hospital Hato Hone St John, uma pessoa foi atendida em estado grave, enquanto as demais apresentaram quadro moderado ou leve. 

 

Entre as vítimas que precisaram ser levadas ao hospital estão três tripulantes. Sete ambulâncias e outros veículos auxiliares foram até o aeroporto para a atender a ocorrência. 

 

A Latam informou que todos os passageiros e tripulantes tiveram assistência imediata e foram avaliados pela equipe médica do aeroporto. 

 

Por causa do ocorrido, o voo até Santiago acabou sendo cancelado. Uma nova viagem foi marcada para terça-feira (12). A empresa disse que fornecerá hospedagem e alimentação aos passageiros.

DIREITA VENCE EM PORTUGAL E ELEGE AO MENOS 131 DO TOTAL DE 230 DEPUTADOS

Os três partidos de direita venceram a esquerda com margem confortável de votos e deverá governar Portugal, após as eleições legislativas realizadas nesta domingo (10). 

 

De acordo com os votos apurados até 21h30 (hora de Brasília), a aliança de centro-direita liderada pelo PSD deverá eleger 77 deputados e o Chega!, de direta, conquistou 46 assentos na Assembleia da República, enquanto a a Iniciativa Liberal (IL), também do campo conservador, elegeu 8 parlamentares. No total, o campo da direita elegeu ao menos 131 de um total de 230 deputados. 

 

O percentual de abstenção sofreu redução expressiva em relação aos 42% de eleitores que não compareceram às urnas nas eleições anteriores. Neste domingo, a abstenção somou 33,8%, considerada baixa para os padrões do regime parlamentarista onde o voto não é obrigatório.

 

O secretário-geral do Partido Socialista (PS), Pedro Nuno Santos, reconheceu a derrota e disse ainda que já felicitou o secretário-geral do PSD, Luís Montenegro. O PS elegeu 75 deputados e o Bloco de Esquerda (BE), apenas cinco. A derrota da esquerda tornará sua bancada a mais reduzida dos últimos tempos. 

ASSEMBLEIA DO MATO GROSSO ANULA HONRARIA A DINO E MORAES

O deputado estadual e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Mato Grosso, Gilberto Cattani (PL-MT), explico...