16 de setembro de 2011

MORADORES DE BAIRRO EM C. DANTAS ESPERAM PELO ABASTECIMENTO DE ÁGUA HÁ OITO ANOS

A população do Bairro Santa Rita da cidade de Carnaúba dos Dantas/RN, já não sabe mais a quem pedir socorro quanto à situação angustiante que atravessa os moradores, no que diz respeito ao abastecimento de água nas torneiras.

De tanto conviverem com o mato, lama, lixo e outras situações, os moradores já até se acostumaram com o descaso da falta de água em suas residências.

O momento exige atenção redobrada. É preciso cobrar das autoridades competentes que façam alguma coisa para contornar esse sofrimento que atravessa todos os moradores do Bairro Santa Rita.

Fonte: JCN.


DEMISSÃO EM MASSA!EMPRESÁRIO/ VICE-PREFEITO DE CIDADE SERIDOENSE DEMITE FUNCIONÁRIOS POR ENTRAREM EM GREVE

O vice-prefeito e empresário do ramo ceramista da cidade de Santana do Seridó demitiu vários funcionários de sua cerâmica, após os mesmo terem paralisado suas atividades reivindicando igualdade salarial para todos, tendo em vista que existem diferenças nos valores recebidos pelos funcionários.


O blog recebeu as informações de uma esposa de um dos desempregos, que está muito preocupada com a demissão do seu marido e demais trabalhadores, pois a cidade é muito pequena e não oferece muitas oportunidades de empregos. Com a palavra o Sr. Empresário.


Do Blog: Esperamos que o Sr. Empresário volte atrás em sua decisão, e que as partes entrem em um comum acordo, pois todos os demitidos são donos de casa e precisam do emprego.



ACESSIBILIDADE EM PRÉDIO PÚBLICO TAMBÉM É UM PROBLEMA EM JARDIM DO SERIDÓ

Por falar em acessibilidade nos prédios públicos de Caicó, vejam a acessibilidade que é oferecida pelo prédio onde funciona “temporariamente” a prefeitura de Jardim do Seridó.


O prédio do antigo sobrado está ocupado pelo executivo municipal desde o desabamento do antigo prédio, o palácio Pedro Isidro, mas não oferece nenhuma condição de acessibilidade, nem na parte externa, muito menos na parte interna, já que o prédio tem dois andares, com escada de madeira tipo parafuso.


Apesar da falta de acessibilidade no seu centro administrativo, Caicó transformou o antigo “Hotel Villa do Príncipe” na sede de sua prefeitura, oferecendo melhores condições de atendimento aos seus munícipes, o que não acontece em Jardim do Seridó, que apesar de ter um prédio público de ótima estrutura que poderia acomodar um centro administrativo, deixa-o em mãos de uma só pessoa que usufrui e explora comercialmente a que deveria servi a coletividade.


Resta apenas relembrar que o atual prefeito falou muito e nada fez, e agora a cidade não tem nem prefeitura. Cadê o prédio da prefeitura que seria feito com a ajuda da governadora? Será que estão esperando o inverno passar? Qual inverno? Cadê a força política do atual prefeito que não consegui nem verba para reconstruir a prefeitura? Como diria o saudoso “Limoeiro”: “Manhã Limão”!


MINISTÉRIO PÚBLICO INVESTIGA FALTA DE ACESSIBILIDADE EM PRÉDIOS PÚBLICOS DE CAICÓ

A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Caicó instaurou inquérito civil com o objetivo de averiguar as condições de acessibilidade no imóvel que sedia o centro administrativo do poder executivo municipal da cidade.


De acordo com o Promotor de Justiça responsável pelo inquérito, Vicente Elísio de Oliveira, a investigação foi iniciada a partir da denúncia de uma cidadã, cadeirante, que afirmou existir dificuldades de acessibilidade no centro administrativo. “Nós temos cerca de 50 inquéritos instaurados em nossa Promotoria que investigam a falta de acessibilidade em prédios públicos em Caicó. Primeiro, priorizamos as unidades de saúde, e agora recebemos essa reclamação do prédio da prefeitura, que não possuiria elevador”, explica.


Segundo Vicente Elísio, já foi solicitado ao Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Inclusão a confecção de um laudo, através de visita in loco, que detecte os obstáculos encontrados no imóvel público, apontando as reformas e equipamentos necessários à garantia da acessibilidade no local.


Após a conclusão do laudo, a 1 ª Promotoria de Justiça de Caicó irá propor a prefeitura do município a elaboração de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), visando solucionar os problemas encontrados. “Juntamente com a administração pública, nós iremos propor esse TAC, que será composto por medidas administrativas que possam sanar as irregularidades", conclui o Promotor de Justiça.


CARRO ROUBADO DE TAXISTA SERIDOENSE É ENCONTRADO PELA POLÍCIA NA PB APÓS QUASE UM ANO

Uma informação levou a Polícia Civil do brejo da Paraíba a recuperar um carro roubado no Rio Grande do Norte. O roubo aconteceu no dia 11 de Jan/2011, ao taxista FRANCISCO DE ASSIS DANTAS, residente em Currais Novos-RN, de onde foi tomado por assalto o seu veículo. A ação do GTE teve início na manhã da última quarta-feira (14/09), após informações darem conta de que o veículo roubado estava circulando na região do brejo.


Por determinação do superintendente da 3ª regional, Dr. Norival Portela, agentes do Grupo Tático Especial, deram início a investigações e localizaram o veículo Versailles, ano e modelo 94, cor dourada e placas MXZ- 1687-RN com SEVERINO PAULO DA COSTA, CONHECIDO COMO BABY, na Rodovia PB-073 na saída de Guarabira para Pirpirituba, em uma sucata. Baby que, já é conhecido da polícia, disse que tinha adquirido o veículo de um homem, identificado como sendo ÉDSON RAMOS DOS SANTOS, residente na cidade de Santa Rita-PB que, também, negocia com carros sucateados, que havia comprado o carro a um senhor da cidade de Canguaretama-RN.


A polícia não encontrou elementos que pudessem indiciar o aposentado. Porém, Baby e Édson foram autuados por receptação de produto roubado. Após pagarem fiança foram liberados.


A polícia localizou ainda o quite de gás natural que, já havia sido negociado.


Com: informações e fotos de É Sertão.
Montagem fotos: Paulinho Filho.


CEC CRIA SUBCOMISSÃO PARA VISITAR OS ESTADOS QUE NÃO PAGAM O PISO SALARIAL NACIONAL DO MAGISTÉRIO

A Comissão de Educação e Cultura aprovou nesta terça-feira, (14), por unanimidade, a criação de uma Subcomissão Especial para fazer um diagnóstico sobre a implementação, pelos Estados, do Piso Salarial Nacional do Magistério, previsto na lei n 11.738/08. As visitas começarão por Minas Gerais e Ceará, onde os professores, em greve, reivindicam o pagamento do Piso. O objetivo da subcomissão é visitar todos os estados da federação para que seja feito um diagnóstico da situação em todo o país.


Os trabalhos da subcomissão serão feitos em parceria com a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Piso Salarial Nacional dos Professores, comandada pela presidenta da Comissão de Educação e Cultura, professora e deputada Fátima Bezerra.


"Os estados e municípios estão pagando o piso salarial? E, além disso, existe um plano de cargos e salários para os professores? Ele está sendo cumprido? A subcomissão vai fazer esse levantamento porque, afinal de contas, a lei foi aprovada por unanimidade pela Câmara dos Deputados e, portanto, é prerrogativa do Poder Legislativo zelar pelo cumprimento das leis aprovadas por nós", argumentou Fátima Bezerra.


Atualmente, o Piso Salarial Nacional é de R$ 1.187,00 e apesar de a lei 11.738/08 ter a constitucionalidade reafirmada pelo Supremo Tribunal Federal, muitos estados e municípios ainda descumprem o que determina a lei.


A fim de se evitar a deflagração de movimentos grevistas em outros Estados, a subcomissão irá procurar os secretários de educação das unidades da federação que estão descumprindo a lei 11.738/08 para saber por que o Piso não está sendo pago aos professores.


ASSEMBLEIA DO MATO GROSSO ANULA HONRARIA A DINO E MORAES

O deputado estadual e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Mato Grosso, Gilberto Cattani (PL-MT), explico...