20 de abril de 2018

1 PM MORRE E 3 FICAM FERIDOS EM ACIDENTE EM RODOVIA DE SP

Uma viatura do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) de Campinas (SP) sofreu acidente na tarde desta sexta-feira (20) na ligação das Rodovia Magalhães Teixeira (SP-083) com a Rodovia Dom Pedro I (SP-065), sentido Jacareí (SP). De acordo com a Polícia Militar, quatro policiais estavam no veículo. Um cabo morreu e outros três ficaram feridos.





O helicóptero Águia foi acionado para ajudar no resgate. A pista precisou ter o trânsito bloqueado para o socorro das vítimas.


Dos três policiais feridos, um foi socorrido para o Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp em estado gravíssimo, o segundo foi encaminhado com ferimentos leves ao Hospital Municipal Ouro Verde e o terceiro foi levado para o PS Anchieta, onde passou por exames e ficou em observação.



Segundo a PM, a equipe do Baep estava em deslocamento para apoiar as buscas sobre uma denúncia de três veículos com suspeitos de portar armas longas, mas a viatura se acidentou na curva de acesso à Rodovia Dom Pedro I.

Fonte: G1.

VIVALDO DIZ QUE ALERTOU AUTORIDADES ANTECIPADAMENTE SOBRE URGÊNCIA DE FAZER REPAROS NA BARRAGEM PASSAGEM DAS TRAÍRAS

O deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) comentou em seu programa de rádio sobre a possibilidade da Agência Nacional das Águas (ANA), em abrir as comportas da Barragem Passagem das Traíras, antecipando-se a possíveis riscos na estrutura do lugar. A Barragem, que foi construída em 1994 quando Vivaldo assumiu o governo do estado tem capacidade de 49.702.394,00 m³, e está localizada entre os municípios de Jardim do Seridó, São Jose do Seridó e Caicó.




Vivaldo disse que um dos grandes orgulhos da sua vida pública foi ter construído a Barragem Passagem das Traíras e que fica triste com os boateiros que ficam criando fatos e notícias, envolvendo nomes de pessoas de bem. O parlamentar reiterou que durante seu mandato teve diversas reuniões, subiu várias vezes na tribuna da assembleia, fez alertas e encaminhou diversos documentos informando sobre a necessidade de se fazer manutenção na estrutura da barragem. “Tudo foi protocolado. Infelizmente não fizeram a manutenção da Barragem Passagem das Traíras e se encontra com defeitos estruturais. Ai não será eu que vou dizer o tipo de defeito nem o tratamento, são os engenheiros, os órgãos que acompanham como a ANA, que gerenciam a água a nível nacional. Nem Vivaldo, nem o governador, nem o prefeito de Jardim do Seridó, vereador, deputado, senador, tem influência sobre a Agencia Nacional das Águas, que tem seus técnicos que vai dizer como deve haver o comportamento”.





Sobre a decisão da Agência Nacional em abrir, ou não, as comportas quando o reservatório alcançar um volume de 3 milhos de metros cúbicos, Vivaldo disse que essa decisão tem que ser técnica e humana. “A gente confia e espera que a ANA tome a melhor decisão sobre a água da Passagem das Traíras, evidentemente com a preocupação de preservar a água acumulada, de garantir a água pra o abastecimento de Jardim do Seridó. Todos nós sofremos com essa situação, com o povo clamando pelo preciosíssimo líquido. A decisão deverá ser feita com critério técnico e humano.

“SE FAZIA OPOSIÇÃO COM RESPONSABILIDADE, SEM QUERER OFENDER NINGUÉM”, DIZ GILBERTO BRITO SOBRE CONDENAÇÃO DE JOCIMAR DANTAS


O advogado, Dr. Gilberto Brito, ex-vereador de Jardim do Seridó, então responsável por várias representações contra a administração do ex-padre/ex-prefeito, Jocimar Dantas, se pronunciou sobre a sentença, na qual, o mesmo (Jocimar) foi condenado a 2 anos de prisão e mais 5 anos de direitos políticos cassados.







Para o Dr. Gilberto Brito, o resultado é uma mostra de que a oposição era responsável, diferentemente de agora, quando inúmeras representações feitas contra o atual prefeito já foram arquivadas pelo representante do Ministério Público local.






Essa é mais uma condenação em desfavor do ex-prefeito Jocimar Dantas, proveniente de uma denúncia feita por nós. Naquele tempo, oposição se fazia com responsabilidade, sem querer ofender ninguém. Não é o que ocorre hoje, quando alguns procuram muitas vezes apenas ofender para passar ao cidadão jardinense a falsa ideia de que fiscaliza”, disse Dr. Gilberto Brito à nossa reportagem.





Do Blog: Concordo plenamente! E o pior! Eles acham que só eles tem o direito de falar, e que são donos da verdade.

NELTER QUEIROZ DENUNCIA MANOBRA PARA AMEAÇAR GOVERNO ROBINSON COM REJEIÇÃO DAS CONTAS

O clima está pesado nestes dias na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte depois do pedido de alguns deputados estaduais para que a Casa acelere a tramitação da análise da prestação de contas de 2016 do governador Robinson Faria, que tem parecer favorável pela sua rejeição aprovado pelo Tribunal de Contas do Estado. Para se ter uma ideia do clima, nesta quarta-feira, 18, o deputado estadual Nelter Queiroz, do MDB, se pronunciou no plenário da Assembleia e chamou a cobrança de “ridícula” por estar motivada na liberação de emendas.



A tradição da Assembleia Legislativa sempre foi votar aprovando as contas de todos os governadores. O TCE é político, de indicação de política. Tive essa posição e não vou abrir mão. O que está por trás disso aí é alguma safadeza de alguns deputados, que inclusive colocaram o nome no documento pedido a liberação de emenda e depois solicitaram a retirada em troca de liberação de emendas. Isso é uma coisa ridícula”, repetiu o deputado Nelter em contato com o Agora RN, nesta quinta, 19.




Inicialmente, o pedido de celeridade na tramitação da matéria (a Assembleia teria 90 dias para votar o parecer) foi feito por meio de requerimento proposto pelo deputado estadual Gustavo Fernandes (PSDB) e assinado também pelo deputado George Soares (PR). Procurado, Soares afirmou via assessoria de imprensa que ainda está se “aprofundando” sobre o tema. Fernandes falou sobre o assunto e não escondeu a importância eleitoral que o assunto tem e que, por isso, precisaria ser votado o quanto antes na Casa.



Nós temos a missão de analisar esse relatório e colocar em votação o mais rápido possível para que seja apreciado, visto que o atual governador é pré-candidato ao Governo do Estado”, afirmou Fernandes, acrescentando que a rejeição das contas do governador pode torná-lo inelegível por oito anos. E para que esse parecer seja desconsiderado, o governador precisaria ter 16 votos favoráveis a ele – e contra a análise do Tribunal.



O líder do governo na Assembleia, deputado estadual Dison Lisboa (PSD) também se manifestou sobre o caso. Colocando “panos quentes” no clima, Lisboa preferiu dizer que não acredita que, apesar do caráter eleitoral levantado pelo próprio Gustavo Fernandes, a pressa na votação seja baseada em alguma suposta manobra para tirar o governador da disputa – ou mesmo forçar o Governo a liberar emendas, como denunciado por Nelter.



Não acredito nisso. Não quero crer que um deputado estadual esteja querendo barganhar emenda ou até mesmo sendo instrumento de alguém ou de algum interesse partidário para forçar uma situação adversa a candidatura do governador. Não quero crer que exista isso, que um deputado se proponha a passar por esse papel”, afirmou Lisboa.



Além disso, Dison lembra que, antes de votar as contas de 2016, a Assembleia legislativa precisa também analisar as contas de 2015 de Robinson e de 2014 da ex-governadora Rosalba Ciarlini. “Que a Assembleia tem que votar as contas de 2016, não resta dúvida, mas tem que votar primeiro as que são antes”, explicou.

STJ NEGA PEDIDO DE LIBERDADE A EX-SERVIDOR QUE TENTOU MATAR PROMOTORES NO RN

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou pedido de liberdade ao ex-servidor do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) Guilherme Wanderley Lopes da Silva, acusado de tentar matar, a tiros, três promotores de Justiça. O atentado aconteceu em março de 2017 dentro da sede do próprio MP, na Zona Sul de Natal.


O recurso remetido pela defesa do ex-servidor teve como relator o ministro do STJ Felix Fischer e foi apreciado pela Quinta Turma do tribunal, que votou à unanimidade pela rejeição ao pedido.


Uma das justificativas dos advogados de defesa é que o acusado não teria histórico de problemas com a Justiça, anteriormente ao crime, além de estar apresentando bom comportamento no sisitema prisional, onde está desde que foi preso, no ano passado.



A defesa também alega que Wanderley agiu em virtude de um transtorno mental. Mas segundo o STJ, a prisão contra o ex-servidor do MPRN está devidamente fundamentada pela necessidade de se garantir a ordem pública, "notadamente se considerada a periculosidade do recorrente, especialmente evidenciada na forma pela qual o delito foi, em tese, praticado, qual seja, tentativa de homicídio de três pessoas, perpetrada no local de trabalho das vítimas".



O crime cometido por Guilherme Wanderley ocorreu há pouco mais de um ano. O atirador entrou na sala do então procurador geral de Justiça, Rinaldo Reis, jogou alguns papéis na mesa dele, que indagou sobre o motivo da ação. Em seguida, o ex-servidor sacou sua arma de fogo e disparou. Ele atingiu dois dos promotores de justiça presentes.


"Tais circunstâncias indicam a indispensabilidade da imposição da medida extrema na hipótese", justifica o ministro relator, Felix Fisher.


DEPUTADO PRESO INTEGRA COMISSÃO QUE PREPARA NOVO CÓDIGO DE PROCESSO PENAL

O deputado João Rodrigues (PSD-SC), preso desde fevereiro por determinação do Supremo Tribunal Federal, é um dos integrantes da comissão especial que analisa a proposta de novo Código de Processo Penal (CPP).


Se aprovado, o novo CPP vai substituir o atual, de 1941. O código traz regras para investigações criminais e ações penais que podem resultar em condenações na Justiça.


Questionado sobre o fato, o líder do PSD, deputado Domingos Neto (CE), informou por meio da assessoria que o deputado foi reconduzido às comissões que já participava antes – procedimento comum na Casa.


Declarou ainda que o processo de Rodrigues não transitou em julgado – ou seja, não se esgotaram as possibilidades de recursos na Justiça. E que, até a indicação para a comissão, o deputado ainda estava em atividade na Câmara.


Cabe à liderança do partido indicar e retirar as indicações dos seus representantes nas comissões da Câmara, a qualquer tempo. O líder não informou se o deputado será ou não retirado do colegiado.


A indicação do deputado João Rodrigues (PSD-SC) para a comissão especial foi feita em abril de 2015. O parlamentar foi condenado em segunda instância em 2009 por fraude e dispensa de licitação quando era prefeito da cidade de Pinhalzinho, em Santa Catarina.


Em fevereiro deste ano, ele foi preso, por determinação do Supremo Tribunal Federal, que negou recurso do parlamentar e determinou a execução provisória da pena, de 5 anos e 3 meses de prisão.


A assessoria do deputado argumentou que, mesmo preso, João Rodrigues é parlamentar e não teve o mandato cassado. E que, antes da prisão, ele atuava nos trabalhos da comissão.


Na semana passada, a juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, negou pedido da defesa do deputado para que ele possa trabalhar na Câmara.


Na decisão, a juíza considerou que Rodrigues não preenche os requisitos para obter o benefício.

PROFESSORES DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DO RN SUSPENDEM GREVE

Os professores da rede estadual de ensino decidiram pela suspensão da greve, iniciada há 29 dias. Os trabalhadores optaram pelo fim do movimento grevista em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira (19) e devem retornar às escolas na segunda-feira (23).



A categoria suspendeu o movimento grevista após o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Rio Grande do Norte (Sinte-RN), mediado pela Justiça, conseguir do Governo do Estado a garantia do pagamento da correção de 6,81% do Piso Salarial de 2018, bem como o retroativo acumulado de janeiro a março.


O Piso, conforme prometido pelo governo, será implementado para os trabalhadores ativos já neste mês de abril. Os aposentados devem receber em seis parcelas, de abril a setembro deste ano.


O retroativo, tanto para ativos quanto aposentados, será pago de outubro de 2018 a março de 2019, em seis parcelas.

PEDIDO DE IMPEACHMENT DE LULA SOMA 320 MIL ASSINATURAS EM CINCO DIAS

Atingiu a marca de 320 mil assinaturas em menos de cinco dias o abaixo-assinado na plataforma Change.org pelo impeachment do presidente Lula...