15 de janeiro de 2021

RN RECEBERÁ 10 PACIENTES COM COVID-19 DO AMAZONAS

O Rio Grande do Norte vai receber 10 pacientes com Covid-19 transferidos da rede estadual de saúde do Amazonas, que vive situação de caos, com hospitais lotados e sem oxigênio para os infectados com o coronavírus. Os pacientes ficarão internados no Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), em Natal.

 

 

Os pacientes serão transferidos pelo Ministério da Saúde, Forças Armadas e governo do Amazonas.

 

 

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), que administra o Hospital Universitário Onofre Lopes, informou que a unidade "estará de prontidão para receber 10 pacientes em enfermarias, na estrutura já existente no hospital, com precauções de contágio". Reforça ainda que, "quando ocorrer a transferência dos pacientes, a governança do HUOL se disponibilizará a transmitir à imprensa detalhes da sua efetiva participação".

AVIÕES DA FAB LEVAM CILINDROS DE OXIGÊNIO PARA MANAUS

Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) carregados com cilindros de oxigênio chegaram a Manaus no início da madrugada desta sexta-feira (15). Eles foram enviados de Guarulhos (SP) para ajudar na crise de saúde que assola o estado do Amazonas.
 
 
 
 

 

O sistema de saúde amazonense entrou em colapso após as internações por Covid-19 no estado baterem recorde. Sobrecarregados, os hospitais ficaram sem oxigênios para pacientes.  Doentes começaram a ser levados para outros estados por aviões da FAB.

 

 

De acordo com informações da FAB, os dois aviões Hércules que levavam os cilindros para Manaus decolaram do Aeroporto Internacional de Guarulhos na noite de quinta-feira. O último voo saiu por volta das 20h30, com 6 cilindros de oxigênio. As aeronaves pousaram na capital amazonense no início da madrugada desta sexta-feira.

 

 

No total, 386 cilindros de oxigênio foram transportados, com mais de 18 toneladas. Eles serão utilizados pelos hospitais no atendimento aos pacientes da Covid-19 no estado.

TERREMOTO NA INDONÉSIA DEIXA DEZENAS DE MORTOS E FERIDOS

Um terremoto de magnitude 6,2 atingiu nesta sexta-feira (15) a ilha de Sulawesi, na Indonésia. Ao menos 35 pessoas morreram e outras dezenas ficaram feridas, segundo o governo local.





Milhares de pessoas tiveram de deixar suas casas após o tremor.

 

O governo indonésio diz que dezenas de casas, dois hotéis e um prédio público que abriga o escritório do governador ficaram severamente danificados pelos tremores.

 

A agência meteorológica do país alertou para o risco de tremores secundários, fortes o suficiente para produzirem um tsunami

 

O epicentro do tremor ocorreu a 18,4 km de profundidade e a 6 km da cidade de Majene, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), que monitora a atividade sísmica pelo mundo.

 

Foto: Rudy Akdyaksyah/AP Photo. 

 

BOLSONARO PEDE À MINISTRO DEMISSÃO DO PRESIDENTE DO BANCO DO BRASIL

O presidente Jair Bolsonaro pediu ao ministro da Economia, Paulo Guedes, a demissão do presidente do Banco do Brasil, André Brandão.

 

Segundo fontes do Planalto, não há comunicado oficial da demissão porque o ministro busca reverter o pedido.

 

O pedido de demissão foi motivado pelo anúncio de fechamento de cerca de 200 agências e do plano de reestruturação que prevê um programa de demissão voluntária com o objetivo cortar 5 mil vagas. Bolsonaro não concordou com as medidas.

BRASIL REGISTRA 1.151 MORTES POR COVID-19 NAS ÚLTIMAS 24 HORAS E MÉDIA VAI À 1.000

O país registrou 1.151 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 207.160 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 1.000. A variação foi de +42% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de crescimento nos óbitos pela doença.

CRIANÇA DE 6 ANOS E HOMEM SÃO MORTOS A TIROS NO RN; IDOSO E OUTRO HOMEM FORAM BALEADOS

Uma criança de 6 anos  e um homem de 29 morreram a tiros neste fim de semana no bairro Dix-Sept Rosado, em Natal.    Além dos mortos, Abne...