5 de junho de 2019

MP ARQUIVA MAIS UMA DENÚNCIA INFUNDADA DE IRON JÚNIOR E ANDRÉIA ARAÚJO CONTRA O PREFEITO AMAZAN

O Promotor de Justiça de Jardim do Seridó arquivou mais uma denúncia contra o prefeito de Jardim do Seridó, Amazan Silva, feita pelo vereador Iron Júnior e pela Vereadora Andréia Araújo.









Ao analisar a denúncia, na qual os vereadores adversários alegavam irregularidade na contratação de um caminhão tanque para atender a demanda do Matadouro Público, que consta o serviço de coleta e destinação correta dos resíduos líquidos sem poluir o meio ambiente, o representante do Ministério Público não vislumbrou fundamentos para que a denúncia fosse transformada em uma ação civil pública, e por isso promoveu seu arquivamento.




Por fim, vale salientar que, os vereadores adversários já fizeram dezenas de denúncias ao MP, mas, mostrando total compromisso para com a probidade, o atual prefeito continua sem nenhuma ação por qualquer ato que desabone sua honestidade.




Do Blog: Esse vereador e essa vereadora deveriam largar a vida pública e voltarem para a privada. Não “ganham” uma nem para fazer um chá!

PEIXES MORREM EM ÁGUA REPRESADA PELA BARRAGEM DE OITICICA NO SERIDÓ POTIGUAR

Peixes, aos milhares, estão morrendo na barragem de Oiticica, no município de Jucurutu, na região Seridó potiguar. Segundo a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), trata-se de um efeito comum em rios represados, que acabam formando pequenas lagoas com oxigênio insuficiente para os animais. 










Moradores da região relataram que os peixes começaram a aparecer mortos no início desta semana. A Semarh afirma que a maioria é da espécie tilápia, mas não soube estimar a quantidade de animais mortos. 




Segundo o secretário João Maria Cavancanti, medidas já estão sendo tomadas para fazer a retirada dos animais mortos, e  canais devem ser abertos para que haja uma interligação entre as lagoas que se formaram com o curso do rio, e que isso deve ajudar a melhorar a oxigenação da água, evitando nova mortandade.
 
 
 
Fonte: G1/RN - Foto: Canindé Soares.

PREFEITURA DE JARDIM DO SERIDÓ REALIZA OBRA PARA MELHORAR ESCOAMENTO DE ÁGUA

A Prefeitura de Jardim do Seridó, através da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (SEMOSU), está realizando obra de rebaixamento de calçamento para melhorar o escoamento das águas pluviais nas ruas Paulino Marques dos Santos e Rafael Fernandes, as quais no período chuvoso trazem materiais que são responsáveis por alagamentos, obstrução de galerias, danificando a rede de esgoto. 










O trabalho visa eliminar os transtornos causados pelo problema aos moradores do bairro Alto do Abrigo.

JOÃO DE DEUS É DENUNCIADO MAIS UMA VEZ POR ABUSOS SEXUAIS


O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) ofereceu nova denúncia por crimes sexuais contra o médium João de Deus, de 77 anos. Segundo o órgão, ele está sendo denunciado por violação sexual mediante fraude contra dez pessoas. Ele segue internado em hospital de Goiânia na manhã desta quarta-feira (5), mesmo após decisão do STJ determinar que ele volte para prisão.





A defesa do médium, informou que até as 9h10 desta quarta-feira não tinha conhecimento sobre a nova denúncia. Sobre a decisão de mandar o cliente de volta para a cadeia, os advogados disseram que vão recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF)





De acordo com a denúncia, os abusos ocorreram na Casa Dom Inácio de Loyola, onde o médium fazia atendimentos espirituais. Consta no processo que as vítimas relataram que foram abusadas na chamada "Sala da Entidade", com dezenas de pessoas que, segundo o MP, eram instruídas a ficar de cabeça baixa e olhos fechados durante todo o tempo, em oração - se abrissem os olhos eram convidadas a se retirar. 





De acordo com os promotores da força-tarefa que investiga os crimes de João de Deus, os funcionários ficavam de olhos abertos e sabiam o que acontecia dentro da sala.

CURSO DE PEDREIRO DE ALVENARIA FOI ENCERRADO EM JARDIM DO SERIDÓ

Foi encerrado nesta terça-feira, 04 de junho, o curso de pedreiro de alvenaria, oferecido pela Prefeitura Municipal de Jardim do Seridó. A qualificação foi realizada pela gestão, a qual custeou todas as despesas, e foi aplicada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI-RN). 









Foram dois meses de aprendizado, capacitando 40 alunos para o mercado de trabalho. Além da formação desses profissionais, o Município também possibilitou a realização da obra de ampliação do Cemitério Público, cuja estrutura não comportava novos túmulos.




Posteriormente, com o diploma na mão e com o conhecimento teórico e prático, esses novos profissionais poderão ingressar numa nova etapa de sucesso em suas vidas.


“MÃE” PODE TER MATADO E ESQUARTEJADO FILHO DE 9 ANOS PARA 'REDUZIR GASTOS'. DIZ POLÍCIA DO DF


A Polícia Civil do Distrito Federal acredita que a mãe que matou e esquartejou o próprio filho com a ajuda da companheira, em Samambaia, cometeu o crime "para diminuir gastos". Segundo investigadores ouvidos pela reportagem, a decisão teria sido tomada depois que a pensão da filha de uma das mulheres foi suspensa pela Justiça. 









De acordo com o inquérito, a mãe do menino, Rosana Auri da Silva Cândido, já planejava o crime. Mas o casal teria antecipado a ação na noite da última sexta-feira (31). 





Segundo os policiais, antes de assassinar Rhuan Maycon, de 9 anos, elas foram a um caixa eletrônico para sacar o dinheiro do pagamento da pensão da filha de Kacyla Pryscila Santiago Damasceno Pessoa. Ao perceber que o recurso havia sido suspenso por determinação da Justiça, Rosana e Kacyla teriam "antecipado o plano para reduzir gastos", afirma a polícia.





Além do menino assassinado a facadas, uma menina de 8 anos, filha de Kacyla morava com o casal. As duas mulheres deixaram o Acre em 2014, com os respectivos filhos. 





Kacyla recebia pensão de cerca de R$ 1 mil do pai da criança, o servidor público Rodrigo Oliveira, que mora no Acre.

BOLSONARO PROPÕE ELIMINAR MULTA A QUEM LEVA CRIANÇA SEM CADEIRINHA


O projeto de lei que altera o Código de Trânsito Brasileiro apresentado nesta terça-feira (4) ao Congresso pelo presidente Jair Bolsonaro propõe eliminar multa para motoristas que transportarem crianças de forma irregular. 




O texto diz que a violação do artigo 64, que dispõe dessas regras, "será punida apenas com advertência por escrito", mas ainda precisa ser aprovado por deputados e senadores para entrar em vigor. 




Pela proposta enviada ao Congresso, crianças de até 7,5 anos de idade devem ser transportadas nos bancos traseiros e utilizar "dispositivos de retenção" adaptados ao peso e à idade (no caso, cadeirinha ou assento especial). As maiores de 7,5 anos e menores que 10 anos devem ser levadas no banco traseiro e utilizar cintos de segurança. 




De acordo com a Casa Civil, a antiga aplicação de multas para motoristas fora das regras das cadeirinhas foi suspensa pelo Supremo Tribunal Federal. 





Em abril, o STF julgou como inconstitucional norma do CTB que permitia ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran) criar sanções para infrações de trânsito, como era o caso das multas para cadeirinhas. Porém, o processo sofreu embargos de declaração e ainda aguarda manifestação definitiva do Supremo, segundo o presidente da comissão de trânsito da OAB-SP, Rosan Coimbra. 





Na resolução do Contran, o transporte de crianças fora das normas de segurança é considerado infração gravíssima, punida com multa e com retenção do veículo até que a irregularidade seja resolvida.





Na justificativa do projeto de lei, o Ministério da Infraestrutura defende que "ao mesmo tempo em que se garante a manutenção da exigência, se toma providência para evitar exageros punitivos".

‘TENTATIVA DE GOLPE COM MINUTA É RIDÍCULO’, AFIRMA O SENADOR HAMILTON MOURÃO

O senador Hamilton Mourão (Rep-RS) negou que tenha havido “tentativa de golpe de Estado”, conforme versão dos adversários de Jair Bolsonaro ...