6 de agosto de 2011

DELEGADO: “BANDIDO MORTO EM TIROTEIO ERA UM DOS MAIORES ASSALTANTES DO BRASIL”

Após a troca de tiros entre assaltantes e policiais, na manhã desta sexta-feira (5), em Campina Grande, quando dois bandidos foram mortos, o delegado regional Wagner Dorta concedeu entrevista coletiva à imprensa e detalhou a ficha criminal de um dos acusados.


Jackson Jussiê Rocha Rodrigues, de 27 anos, conhecido como “monstro”, que tinha uma ficha policial de 17 páginas, e Aurino Ricardo da Costa Júnior, 31, foram baleados e morreram durante confronto com a polícia, no bairro Jardim Paulistano.


Conforme Wagner Dorta, “monstro” é foragido da Penitenciária do Serrotão e acusado de matar um policial no Rio de Janeiro.


Ele é considerado um dos maiores assaltantes de banco do Brasil, tem mais de dez mandados de prisão em aberto, é foragido do Serrotão, além de ter fugido também de uma penitenciária do Rio Grande do Norte e ser acusado de matar um delegado nesse mesmo Estado”. Detalhou o delegado.


Os policiais ainda conseguiram prender os irmãos Wilson Fernandes da Silva, 43 anos, e Isac Fernandes da Silva, 33, que faziam parte da gangue comandada por Jackson Jussiê.


Com a quadrilha, foram apreendidas uma bomba feita com quatro dinamites, uma metralhadora alemã calibre 9 milímetros, três revólveres, munição, a quantia de R$ 4.500,00 e várias pedras de crack.


As últimas quatro explosões lá no Rio Grande do Norte foram cometidas por essa equipe. Os assaltos aos carros fortes do Shopping Luiza Motta e do Hiper, no ano passado, também foram de autoria da gangue do Jackson Jussiê”. informou Wagner Dorta.

Segundo a polícia, mesmo com as duas mortes e as duas prisões, a operação deve ter continuidade, uma vez que existe a suspeita de que essa gangue tenha pelo menos mais vinte participantes, que agem em vários Estados do Nordeste.


Fonte e foto: Paraibaonline.


ATO NOBRE! EMPRESÁRIO FAZ FESTA DE ANIVERSÁRIO E INSTITUIÇÕES GANHAM OS PRESENTES

O empresário da área de informática e eventos da cidade de Jardim do Seridó, Nilson Imagens, que é um dos novos diretores da “Fazenda Casa Show” está de parabéns, mas quem vai ganhar todos os presentes são o hospital Dr. Ruy Mariz e o Abrigo Dispensário da cidade.


A festa acontecerá hoje, sábado (06), na “Fazendo Casa Show”, e a animação fica por conta da atração local, “Forró Mesa de Cabaré” e do cantor “Marquinhos Carreira e Banda”, a entrada é um quilo de alimento e um produto de limpeza.



Esta foi a forma encontrada pelo empresário de exercer sua cidadania, e agradecer a todos que sempre prestigiam os eventos da casa de show, além dos seus serviços prestados na área de imagens, (filmagens), internet e outros.



Do Blog: Parabéns amigo! Que Deus te abençoe sempre. Você é um exemplo de empresário que Jardim do Seridó merece. Valeu mesmo!

JUIZ OBRIGA PREFEITO DE EQUADOR A PRESTAR INFORMAÇÕES AO VEREADOR CLÉTSON RIVALDO

Por determinação do Juiz da Comarca da cidade de Parelhas, o prefeito de Equador, Vanildo Fernandes , será obrigado por força da Lei a fornecer informações ao Vereador Clétson Rivaldo, já que o edil não recebeu as informações solicitadas junto à administração municipal.


Após ter seu pedido negado, o representante do povo ingressou na Justiça através de um Mandado de Segurança, tendo seu pedido sido acatado pelo magistrado. Caso o prefeito se negue a prestar essas informações dentro de um prazo de 15 dias, será penalizado de multa diária de R$
500,00.

Essa é mais uma mostra do sistema ditador que é aplicado no município desde que o atual prefeito assumiu os comandos da cidade, querendo fazer e desfazer, sem prestar esclarecimento de nada, como se ele fosse o dono da cidade.


Do Blog: Manda quem pode, obedece quem tem juízo! E nessa cidade tem prefeito?

Dados do Processo
Processo: 0001222-44.2010.8.20.0123 Julgado
Classe: Mandado de Segurança
Área: Cível
Assunto: Liminar
Local Físico: 02/08/2011 17:54 - Pilha para Prov. Publicação de Sentenças
Distribuição: Direcionamento - 22/10/2010 às 09:58
Vara Única - Parelhas
Valor da ação: R$ 3.000,00
Partes do Processo
Impetrante: CÂMARA MUNICIPAL DE EQUADOR-RN
Impetrado: Prefeito Municipal de Equador/RN - Sr. Vanildo Fernandes Bezerra
Repr.Legal: CLÉTSON RIVALDO DE OLIVEIRA
Advogado: Anesiano Ramos de Oliveira

Exibindo todas as movimentações. >>Listar somente as 5 últimas.
Movimentações
Data Movimento


04/08/2011
Expedição de mandado
Mandado nº: 123.2011/001093-0 Situação: Distribuído em 04/08/2011 Local: Vara Única
04/08/2011
Certidão expedida/exarada
Relação :0067/2011 Data da Publicação: 04/08/2011 Número do Diário: Edição 901 Página:
03/08/2011
Relação encaminhada ao DJE
Relação: 0067/2011 Teor do ato: III- CONCLUSÃO: Ante o exposto, julgo procedente o pedido delineado no mandado de segurança, PARA CONCEDER A ORDEM em favor da impetrante, determinando, em definitivo, que a autoridade coatora preste todas as informações solicitadas no prazo de 15(quinze) dias, sob pena de multa diária no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais), a partir da intimação desta decisão, independentemente do trânsito em julgado. Sem custas nem honorários advocatícios, ex vi legis (art. 25 da Lei 12.016/2009). Sentença sujeita a remessa necessária (Art. 14, § 1º da Lei 12.016/2009). Publique-se. Registre-se. Intimem-se. Parelhas/RN, 15 de junho de 2011. Rivaldo Pereira Neto Juiz de Direito Advogados(s): Anesiano Ramos de Oliveira (OAB 5628/RN)
15/06/2011
Recebidos os autos

15/06/2011 Concedida a Segurança
III- CONCLUSÃO: Ante o exposto, julgo procedente o pedido delineado no mandado de segurança, PARA CONCEDER A ORDEM em favor da impetrante, determinando, em definitivo, que a autoridade coatora preste todas as informações solicitadas no prazo de 15(quinze) dias, sob pena de multa diária no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais), a partir da intimação desta decisão, independentemente do trânsito em julgado. Sem custas nem honorários advocatícios, ex vi legis (art. 25 da Lei 12.016/2009). Sentença sujeita a remessa necessária (Art. 14, § 1º da Lei 12.016/2009). Publique-se. Registre-se. Intimem-se. Parelhas/RN, 15 de junho de 2011. Rivaldo Pereira Neto Juiz de Direito.


DIA ESTADUAL DA LEI MARIA DA PENHA SERÁ COMEMORADO NO PRÓXIMO DOMINGO

No próximo dia 07 de agosto, o Rio Grande do Norte passa a comemorar o Dia Estadual da Lei Maria da Penha. O projeto, apresentado pela deputada estadual Marcia Maia, foi sancionado pelo Governo do Estado.

O objetivo da instituição da data é incentivar a promoção de atividades e valorizar ações no âmbito estadual em favor da defesa dos direitos da mulher e da luta contra a violência doméstica.

Dados de pesquisa recente, da fundação Perseu Abramo, apontam que a cada cada dois minutos, cinco mulheres são agredidas violentamente no Brasil. Há 10 anos, os números eram ainda mais assustadores; eram oito as mulheres espancadas no mesmo intervalo.

A redução do número de vítimas entre 2001 e 2010 tem parte de sua motivação devido à sanção da Lei Maria da Penha (nº 11.340), que completa no próximo domingo cinco anos em vigor. A lei foi batizada em homenagem à luta da farmacêutica Maria da Penha Fernandes, sobrevivente a duas tentativas de homicídio por parte do ex-marido.

A legislação triplicou a pena para agressões domésticas, permitiu que agressores pudessem ser presos em flagrante e acabou com as penas em que cestas básicas ou serviços comunitários eram suficientes para punir o agressor.

Segundo dados da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, o Nordeste é a região com a maior parte das denúncias (37%). Em seguida vêm o Sudeste (35%), Sul (12%), Norte e Centro-Oeste (8%, cada um). Na relação denúncia por número de habitantes, o Rio Grande do Norte é o estado com o maior número de registros no primeiro trimestre de 2011.

"Para vencer a batalha invisível contra o modelo social de sobreposição de gêneros é preciso tenacidade. Não apenas acreditar, mas fazer da dor vivida por milhões de mulheres um impulso para que histórias como a de Maria da Penha fiquem num passado cada vez mais distante", observa a parlamentar.

DECRETO DE LULA DÁ GOLPE NO DIREITO DE PROPRIEDADE

O presidente Lula (PT) assinou decreto já considerado no campo um golpe contra o direito de propriedade, porque à margem da Constituição amp...