1 de junho de 2023

AMBULÂNCIA BATE EM ANIMAL E CAMINHÃO EM ACIDENTE PRÓXIMO A JARDIM DO SERIDÓ

Uma ambulância bateu em um animal solto na pista e um caminhão durante um acidente que aconteceu na madrugada desta quarta-feira (31) na BR-427, no Seridó potiguar. As informações foram confirmadas pela Polícia Rodoviária Federal e pela Secretaria de Saúde de São Fernando. 

 

Uma técnica de enfermagem e um motorista estavam na ambulância da prefeitura de São Fernando e voltavam de um transporte de paciente para Natal, quando o veículo atingiu um jumento. Em seguida, o veículo bateu em um caminhão que trafegava no sentido oposto. 

 

Segundo a PRF, a colisão ocorreu na altura do quilômetro 53,2, na chegada à cidade de Jardim do Seridó. No cruzamento da ambulância com o caminhão, houve ofuscação e um animal pulou à frente da ambulância.

MULHER É PRESA AO TENTAR ENTRAR EM PENITENCIÁRIA DO RN COM DROGAS ESCONDIDAS NA ROUPA

Uma visitante foi presa na manhã desta quarta-feira (31) ao tentar entrar na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, com maconha, cocaína e 100 selos de LSD acondicionados sob a roupa. As drogas foram descobertas por policiais penais com o auxílio de equipamento de scanner corporal de raios-x.  

 

A mulher pretendia visitar o companheiro no Pavilhão 1. Ao passar na esteira do scanner, as policiais penais identificaram o objeto estranho e iniciaram uma revista pessoal. A droga estava embalada em pequenas porções. As policiais deram voz de prisão e encaminharam a visitante à Polícia Civil para as providências necessárias.

 


CÂMARA IMPÕE NOVA DERROTA A LULA E APROVA MP DOS MINISTÉRIOS POR 337 A 125

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na noite desta quarta-feira (31), a Medida Provisória 1154/23, a MP dos Ministérios, que reorganiza os órgãos e cargos públicos do novo governo Lula. A MP perderia validade à 00h. 

 

A MP se transformou em projeto de lei de conversão do deputado Isnaldo Bulhões Jr. (MDB-AL), relator na comissão mista que analisou a MP, que prevê mudanças nas atribuições de alguns ministérios, segundo a Câmara. Responsabilidades do Ministério do Meio Ambiente foram transferidas para outras pastas, apesar de protestos da ministra Marina Silva. 

 

As duas principais alterações aprovadas no projeto de conversão retiram de Marina o controle da Política Nacional de Recursos Hídricos e altera a gestão do Cadastro Ambiental Rural (CAR) federal. 

 

Ainda pendente de votação de destaques, que podem alterar o texto, a Câmara decidiu o seguinte:

  • O Ministério da Justiça volta a comandar a demarcação de terras indígenas, que no início do governo Lula havia sido transferida para o Ministério dos Povos Indígenas.
  • O ministério de Sonia Guajajara, no entanto, continuará participando do processo. Mais cedo, em audiência na Câmara, ela disse que confiava no ministro Flávio Dino para dar sequência ao processo de homologação das terras.
  • O Ministério do Meio Ambiente perde o controle do CAR (Cadastro Ambiental Rural), ambicionado por Marina Silva e as ONGs que influenciam suas decisões, e ficará a cargo do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos.
  • A ministra Marina Silva (Rede) perdeu para o Ministério das Cidades,Jader Filho (MDB-PA), os sistemas de saneamento básico, resíduos sólidos e recursos hídricos.

 

VIVALDO COSTA VOLTA À AL/RN PARA SEU 14º MANDATO NA PRÓXIMA SEMANA

O Papa Jerimum, Vivaldo Costa (PV), assumirá sua cadeira na assembleia legislativa do RN pela 14ª vez.   Vivaldo Costa assumirá a vaga do en...