28 de fevereiro de 2023

FAZ O L! MINISTRO DE LULA É FLAGRADO EM LEILÃO DE CAVALOS; VOO FOI EM AVIÃO DA FAB

A situação do ministro das Comunicações de Lula, Juscelino Filho, está cada vez mais complicada no governo federal. O ministro, que chegou ao cargo apadrinhado pelo senador Davi Alcolumbre (União-AP), foi flagrado participando de um leilão de cavalos de raça.

 

A viagem de Juscelino Filho foi bancada com dinheiro público. Por ser ministro, o apadrinhado de Alcolumbre pode solicitar voo da Força Aérea Brasileira (FAB) para deslocamento caso surja uma agenda classificada como urgente. Foi assim que o ministro definiu a agenda do dia 26 de janeiro, quando chegou em São Paulo. 

 

Já no sábado (27/1), o ministro só teve compromissos oficiais entre 10h30 e 12h, portanto, passou o resto do dia oficialmente livre.

 

O fim de semana prolongado rendeu ao ministro R$3 mil em diárias, tudo custeado pelo pagador de impostos. 

 

Durante o leilão de cavalos, o ministro foi citado, filmado e homenageado.

FAZ O L! GASOLINA SERÁ REONERADA EM R$ 0,47 E ETANOL, EM R$ 0,02, DIZ MINISTROS DE “LULINHA”

Após reuniões e impasses entra a ala política e a ala econômica sobre o tema, os ministros Fernando Haddad (Fazenda) e Alexandre Silveira (Minas e Energia) detalharam nesta terça-feira (28) como será a volta dos impostos federais que incidem sobre a gasolina e o etanol a partir desta quarta-feira (1º). A reoneração será de: R$ 0,47 para a gasolina e R$ 0,02 para o etanol.

HOMEM MATA ESPOSA A MACHADADAS E DEPOIS COMETE SUICÍDIO NO RN

Um crime de feminicídio, seguido de suicídio, foi registrado nesta segunda-feira, (27), em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, onde foram encontrados os corpos de, Francisco de Assis e Ruth Helena, que eram casados há 20 anos, porém nós últimos meses estavam em processo de separação. 

 

Segundo informações, Francisco teria matado Ruth a golpes de machado, e após o crime teria se suicidado.

DEPUTADOS ACIONAM PF PARA INVESTIGAR DOAÇÕES A LULA DE JUIZ DA LAVA JATO

Um grupo de deputados federais acionou a Polícia Federal para investigar supostos crimes envolvendo o novo juiz da Lava Jato, Eduardo Fernando Appio nas eleições de 2022. Há  doações, feitas em nome e CPF do magistrado, para Luiz Inácio Lula da Silva, então candidato à Presidência da República, e Ana Júlia Pires Ribeiro, que disputou como candidata à deputada federal. Ambos os políticos venceram o pleito.

 

“É preciso esclarecer essas doações eleitorais para o PT em nome do novo juiz da Lava Jato, que garantiu publicamente sua imparcialidade, afirmando que não as fez. Se ele realmente não as tiver feito, os fatos podem ser muito graves e revelar um esquema de financiamento ilegal de campanha de candidatos petistas, por meio de laranjas, com recursos que podem vir até mesmo de crimes como corrupção, o que não surpreenderia”, salientou Deltan Dallagnol (Pode-PR).

 

Na notícia-crime enviada à PF, os parlamentares pedem que sejam apurados possíveis crimes eleitorais, de lavagem de dinheiro e de falsidade ideológica.

 

Pelas considerações dos deputados, caso as afirmações do juiz federal sejam verdadeiras (de não reconhecer a doação), isso indicaria a existência de possível prática criminosa, constituindo prova de doação eleitoral fraudulenta realizada em nome de terceiros, sem seu consentimento. O fato pode revelar um possível esquema de utilização de interpostas pessoas (“laranjas”) para financiamento coletivo de campanhas eleitorais em benefício de candidatos do Partido dos Trabalhadores.

 

A solicitação foi assinada por um grupo de deputados da oposição composto por Deltan Dallagnol (Podemos-PR), Alfredo Gaspar (União-AL), Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PL-SP), Luiz Lima (PL-RJ), Maurício Marcon (Podemos-RS), Pedro Aihara (Patriota-MG) e Joaquim Passarinho (PL-PA).

 

MULHER É MORTA A FACADAS PELO COMPANHEIRO DENTRO DE CASA NO SERIDÓ POTIGUAR

Um crime de feminicídio foi registrando nesta quinta-feira, (11), em Serra Negra do Norte, tendo como vítima, Daiane Silva, que foi assassin...