13 de agosto de 2018

PREFEITURA DE SANTANA DO SERIDÓ REALIZA GRANDE PROGRAMAÇÃO EM COMEMORAÇÃO AO DIA DOS PAIS

A prefeitura municipal, através da secretaria de Assistência Social, e em parceria com a secretaria municipal de esportes e lazer e secretaria de educação e cultura, realizaram nesta semana, do dia 09 ao dia 11, as comemorações alusivas ao dia dos pais.









A programação abrangeu todas as comunidades rurais do município e a zona urbana. Com várias homenagens e muitas brincadeiras, os pais puderam se divertir e se emocionar com um dia voltado somente para eles.








Em todos os eventos aconteceram sorteios de diversos prêmios doados por autoridades e empresários locais, além de ser ofertada para todos um delicioso jantar, e na parte da zona urbana, uma bela feijoada, com banho de piscina e música.




Todos os pais receberam das mãos do prefeito Hudson P. Brito uma camiseta simbolizando a importância e responsabilidade de que é ser um pai. Os eventos foram finalizados com mensagens e reflexões sobre a importância de se ter um herói para a vida e de dar valor aos pais e familiares.

CANDIDATA QUE TEVE APENAS UM VOTO ASSUME VAGA DE VEREADORA NA CÂMARA MUNICIPAL DE CIDADE DO INTERIOR DO RN

Uma mulher que teve apenas um voto nas eleições de 2016 assumiu o cargo de vereadora no município de Alexandria, Alto Oeste potiguar. Ione Fortunado (MDB) era suplente de Mazinho de Louro (MDB), que faleceu no dia 29 de junho. “Não esperava chegar a entrar na Câmara, agora vou representar o povo da zona rural”, declarou. 









Em entrevista, Ione disse que o único voto que recebeu foi de si mesma. “Votei para não ficar com zero voto, mas nem fiz campanha pra mim, fiz campanha para Mazinho”, conta. 




Nas eleições de 2016, o MDB não fez coligação e os dois únicos candidatos do partido foram Mazinho e Ione. De acordo com dados do TRE, Mazinho de Louro (MDB) foi o vereador mais votado da cidade com 1.146 votos. Ione ficou como única suplente. 





Eu tive pouco voto, mas não foi porque não tinha gente pra votar. Minha família é muito grande, mas eu pedia voto para Mazinho, que era um grande amigo. Não esperava assumir a vaga, assim como também não esperava a morte dele”, afirma.





Mazinho morreu no dia 29 de junho, aos 45 anos, após complicações causadas pelo vírus H1N1. Moradora do Sítio Maniçoba, comunidade rural, e recepcionista no posto de saúde da cidade, Ione Fortunato deixou o emprego para virar vereadora. Terá seu primeiro dia de trabalho nesta terça-feira (14) e, na Câmara, quer “defender os direitos do povo”. Entretanto ainda não sabe se seguirá carreira na política: “O tempo dirá”. 





Em 2016, o município e Alexandria tinha 10.683 eleitores aptos a votar, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral. No último censo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2017, a cidade tinha 13.827 habitantes.

CHACINA EM SC FOI VINGANÇA POR DÍVIDA DE R$ 40 MIL, DIZ POLÍCIA

Vingança por uma dívida de cerca de R$ 40 mil, promessas não cumpridas de pagamento, ameaças e a tentativa de enganar um dos investigados estão entre as motivações da chacina que matou cinco pessoas, quatro da mesma família, em Florianópolis, segundo a Polícia Civil. Um dos suspeitos de planejar o crime declarou à polícia que se baseou em um seriado de TV para matar as vítimas. Ele não tinha antecedentes criminais. 








O delegado Ênio Mattos, da Delegacia de Homicídios da Capital, disse que além dos dois suspeitos presos de forma temporária, há um terceiro envolvido que ainda não foi identificado. Todos são moradores de Santa Catarina, afirmou Mattos. 






A chacina ocorreu em 6 de julho. Morreram o viúvo e empresário Paulo Gaspar Lemos, 78, e os três filhos dele: o empresário Leandro Gaspar Lemos, 44, Paulo Gaspar Lemos Junior, 51, que tinha deficiência intelectual, e a artesã Katya Gaspar Lemos, de 50. A quinta vítima era Ricardo Lora, 39, sócio da família. Com exceção de Leandro, todos viviam no apart-hotel. 





O primeiro suspeito foi preso na fronteira com o Uruguai e levado a um presídio local, ainda sem data para ser transferido para Santa Catarina. O segundo foi preso no sábado (10), em São José, na Grande Florianópolis.

MPF RECORRE DE DECISÃO E PEDE CONDENAÇÃO DE ENVOLVIDOS EM OBRA DE PONTE

O Ministério Público Federal (MPF) recorreu da decisão de primeira instância de rejeitar uma ação de improbidade administrativa (AIA) contra três pessoas e uma empresa envolvidas na obra de recuperação da ponte Felipe Guerra (na BR-304, a aproximadamente 200km de Natal): o ex-superintendente do Dnit/RN, Fernando Rocha Silveira; o ex-chefe de Engenharia, Gledson Golbery Maia; o empresário Túlio Gabriel de Carvalho Filho e sua empresa, a Arteleste Construções Ltda.






A ação (número 0810580-41.2016.4.05.8400) é um dos desdobramentos da chamada Operação Via Ápia, deflagrada em 2010 e que revelou um esquema mantido entre integrantes do Dnit/RN e representantes de construtoras, com foco na obra de duplicação do lote 2 da BR-101 no Rio Grande do Norte (realizada pelo Consórcio Constran-Galvão-Construcap). Os envolvidos, 25 ao todo, já foram denunciados por crimes como formação de quadrilha, peculato, corrupção passiva, lavagem de capitais e contra a Lei de Licitações.





Rejeição - O juiz de primeira instância rejeitou a AIA sob o argumento de que o inquérito policial que deu origem a essa ação (IPL 080/2011) teria se baseado em indícios encontrados em outra investigação (IPL 856/2010) que continha uma interceptação telefônica considerada ilegal. Esse segundo IPL deu origem a duas ações: uma penal que foi anulada pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5); e uma de improbidade rejeitada em primeira instância.





Em seu recurso, assinado pelo procurador da República Fernando Rocha, o MPF explica que a AIA sobre a obra da ponte Felipe Guerra não se baseou nas provas ilegais que levaram à anulação daquelas duas. Inclusive, outras seis ações penais e sete de improbidade - que também resultaram da operação Via Ápia - seguem tramitando normalmente, dentre as quais uma ação penal que se refere aos mesmos fatos tratados na AIA pela qual o MPF está recorrendo.





Fernando Rocha enfatiza que o caso descrito nessa ação possui provas que independem da interceptação considerada ilegal. Antes mesmo da obtenção da prova anulada pela Justiça, já recaíam sobre Gledson Maia suspeitas de corrupção, como também autorização judicial para sua interceptação telefônica. A partir desses indícios, e não da prova anulada, passou-se a investigar a situação do contrato entre Dnit e a Arteleste - firmado por dispensa de licitação em 15 de março de 2010 - e tendo por objeto reforço das fundações da ponte, localizada sobre o Rio Açu.




Superfaturamento - Laudo da Polícia Rodoviária Federal constatou várias irregularidades na obra realizada pela Arteleste. Em 2008 já havia relatórios alertando do comprometimento estrutural da ponte, porém o Dnit negligenciou esses problemas e somente em 2010 dispensou licitação para contratar a empresa. “Dada as circunstâncias, elevaram-se as suspeitas de que a contratação emergencial para a manutenção da ponte se deu em razão da omissão dolosa dos requeridos.





O contrato foi assinado em 5 de abril de 2010, “estranhamente” 21 dias após o início da contagem do prazo. A ordem de serviço também foi emitida antes da assinatura do contrato, em 18 de março. Contratações de urgência só são autorizadas legalmente para obras concluídas em 180 dias (improrrogáveis), porém em seis meses somente 47% da obra tinha sido concluída. O término dos trabalhos estava previsto para setembro, mas foram feitos relatórios de medição até dezembro.





O laudo da PRF verificou sobrepreço de R$ 1.757.083,40, no comparativo com os valores de referência do mercado; além de superfaturamento R$ 41.580, decorrente da diferença entre a quantidade dos serviços pagos e os realmente executados. O prejuízo total de R$ 1.798.663,40 representava 23% do custo dos serviços. “Sendo assim, resta plenamente evidenciado que o conjunto probatório no qual está alicerçada a presente ação de improbidade administrativa não possui nenhuma relação com as provas consideradas ilícitas”, conclui o MPF.

PREFEITO AMAZAN SILVA ENTREGA NOVA AMBULÂNCIA PARA A POPULAÇÃO JARDINENSE

Prefeitura Municipal de Jardim do Seridó recebe nova ambulância que beneficiará a população, dando suporte aos atendimentos da saúde.








A conquista foi uma parceria do Governo Municipal e o Ministério da Saúde, o veículo ficará disponível no Hospital Maternidade Dr. Ruy Mariz, compondo um sistema de revezamento nas ocorrências do dia-a-dia, a nova ambulância ajudará a atender a demanda da população.





A entrega da ambulância foi feita pelo Prefeito Amazan Silva, à Secretária de Saúde Maria das Graças Cirne, que recebeu o automóvel firmando comprometimento com os jardinense.

ATENÇÃO! AGENDA ECON/PARELHAS, DE 13 A 18 DE AGOSTO

A ECON, (soluções para empresas e pessoas), de Parelhas/RN, divulga agenda de atendimentos, constando datas, e tipos de especialidades dos seus profissionais, de 13  a 18 de Agosto.
 
 






PM DE PARELHAS PRENDE SEGUNDO ELEMENTO QUE PRATICOU ASSALTO EM CARNAÚBA DOS DANTAS

A Polícia Militar de Parelhas conseguiu prender neste fim de semana,  o segundo acusado de ter realizado na noite desta sexta (10), um assalto a um Posto de combustíveis na cidade de Carnaúba dos Dantas. Francisco de Assis, "Diá", residente no Bairro São Sebastião, tem passagem pela Polícia pela mesma prática.
 
 
 
 
 
 
A ocorrência foi conduzida para a Delegacia de Polícia Civil para as medidas necessárias.

AMPLIAÇÃO DA PENITENCIÁRIA DE ALCAÇUZ CUSTARÁ R$ 18 MILHÕES

A ampliação da Penitenciária Estadual de Alcaçuz vai custar R$ 18,2 milhões aos cofres públicos. A empresa MGA Construção e incorporação LTDA foi contratada com dispensa de licitação porque o Rio Grande do Norte está em estado de calamidade no sistema prisional. De acordo com o termo de dispensa de licitação publicado no Diário Oficial do Estado, serão construídos dois novos pavilhões em Alcaçuz.









"São construções modernas, totalmente em concreto armado, seguras, do mesmo estilo do que nós fizemos em Ceará-Mirim", disse o secretário de Infraestrutura do Estado, Jader Torres. Segundo ele, os dois novos pavilhões serão construídos com recursos doados pelo Tribunal de Justiça ao governo em 2017. 





A decisão de ampliar a Penitenciária de Alcaçuz veio após o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) reprovar o projeto de construção de uma cadeia pública em Afonso Bezerra por "inviabilidade técnica". 





A expectativa da Secretaria de Infraestrutura é que as obras de ampliação de Alcaçuz comecem ainda no final de agosto.

PM É BALEADO NA CABEÇA DURANTE PERSEGUIÇÃO À BANDIDOS NO INTERIOR DO RN


Um PM foi baleado na cabeça durante uma perseguição a dois bandidos em uma moto, que haviam acabado de praticarem um assalto. A fato aconteceu neste domingo, (12), em Mossoró.


 

Segundo informações, o PM, Victor Gê, era quem dirigia a viatura, quando foi atingido por um tiro, que atravessou a para brisas do carro.



Socorrido por colegas, para o Hospital Regional Tarcísio Maia. O PM foi cirurgiado. “Um milagre" disse o médico.  A bala parou atrás do olho e não atingiu o cérebro.

PEDIDO DE IMPEACHMENT DE LULA SOMA 320 MIL ASSINATURAS EM CINCO DIAS

Atingiu a marca de 320 mil assinaturas em menos de cinco dias o abaixo-assinado na plataforma Change.org pelo impeachment do presidente Lula...