9 de junho de 2019

ADVOGADO DE NAJILA DIZ QUE PODE DEIXAR CASO SE ELA NÃO MOSTRAR VÍDEO COMPLETO


O advogado de Najila Trindade Mendes de Souza, que acusa Neymar de agressão e estupro, disse neste sábado (8) por telefone que pode deixar o caso se ela não apresentar as provas que diz ter contra o jogador. Danilo Garcia de Andrade citou o restante de um vídeo que Najila diz ter gravado.




Na sexta-feira (7), Najila afirmou em depoimento à polícia que o vídeo de sete minutos que ela gravou no hotel, no segundo encontro com Neymar, estava em um tablet que foi furtado em seu apartamento, em São Paulo. 




Policiais especializados analisaram as marcas na porta do apartamento de Najila e só encontraram impressões digitais dela e da empregada. 




A modelo disse que não registrou a invasão do apartamento porque não sabe ao certo o que foi levado. Só deu falta do tablet, de um relógio e de uma quantia em dinheiro que estava em uma bolsa.




Até agora, só foi divulgado um minuto do vídeo. Neste trecho, Najila bate em Neymar. Nos outros seis minutos, segundo ela, haveria elementos que comprovariam que o jogador a agrediu no dia anterior.

MP PEDE À JUSTIÇA SUSPENÇÃO DO FECHAMENTO DO HOSPITAL RUY PEREIRA NO RN

O Ministério Público Estadual apresentou um pedido à Justiça para que a Secretaria de Saúde Pública suspenda a produção de novos atos administrativos que tenham a finalidade de fechar o Hospital Ruy Pereira. A unidade, localizada na zona Leste de Natal, é referência no atendimento vascular-cirúrgico no Rio Grande do Norte.




Diante do pedido do Ministério Público, a Justiça estabeleceu o prazo de três dias úteis para que o governo apresente informações quanto ao funcionamento ou desativação do hospital. Esses elementos serão analisados pelo Juízo para fundamentar a decisão quanto à suspensão dos atos administrativos ou do processo que se encontra em curso.




Segundo o MPRN, a possibilidade de fechamento do Ruy Pereira é inconcebível porque não existe na rede hospitalar estadual outra unidade com capacidade instalada para receber a alta demanda de pacientes hoje referenciada para esse tipo de cuidado no Rio Grande do Norte.





Nesta semana, a Secretaria de Saúde (Sesap) informou que o contrato de aluguel com o Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Rio Grande do Norte (Itorn), proprietário do imóvel, se encerra em 31 de agosto e o prédio apresenta problemas estruturais. A pasta disse que, com isso, está realizando um estudo para o reordenamento do fluxo de atendimento dos pacientes vasculares atendidos pelo hospital.




A proposta da Secretaria é distribuir os 80 leitos existentes no Ruy Pereira para outras unidades da rede estadual de saúde, como Hospital Giselda Trigueiro, Hospital José Pedro Bezerra (Santa Catarina) e o Hospital João Machado.





Após a repercussão, entretanto, o Govenro do Estado soltou uma nota na qual afirma que a situação está sob análise e que o fechamento do Ruy Pereira ainda não está definido pela Sesap.

UM MORRE E OUTRO FICA GRAVEMENTE FERIDO A BALA AO SEREM ATACADOS DENTRO DE CASA NO SERIDÓ POTIGUAR NESTE DOMINGO, (09)

Um crime de homicídio e uma tentativa de homicídio foram registrados na madrugada deste domingo, (09), na cidade de Currais Novos, tendo como vítima fatal a pessoa identificada como sendo, Erivanaldo da Cruz Tavares, de 30 anos. O outro jovem que ficou gravemente ferido ainda não foi identificado oficialmente, mas seria o namorado de Erivanaldo. 


 


Segundo informações, homens armados chegaram ao local do crime, no Bairro Sívio Bezerra, arrombaram a porta da casa do casal, e abriram fogo, matando um e ferindo gravemente o outro. Um deles ainda tentou fugir, mas foi baleado na calçada. Até o momento tudo é um grande mistério para a polícia.

BOLSONARO DIZ QUE TERÁ DE SUSPENDER BENEFÍCIOS SE CONGRESSO NÃO APROVAR CRÉDITO AO GOVERNO

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado (8) que terá de suspender, a partir do dia 25 de junho, o pagamento de benefícios a idosos e pessoas com deficiência caso o Congresso não aprove o projeto que libera crédito extra de R$ 248,9 bilhões ao governo




Bolsonaro fez a afirmação em uma rede social e acrescentou que, se a proposta não for aprovada pelos parlamentares, outros programas podem ficar sem recursos nos próximos meses. Ele citou o Bolsa Família, o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e o Plano Safra. 




O presidente, contudo, disse acreditar que o Congresso aprovará o projeto. Uma sessão conjunta, com deputados e senadores, está convocada para a próxima terça-feira (11). Os parlamentares precisam analisar cinco vetos presidenciais antes da votação da proposta que libera crédito. 





A medida é prioritária para o governo federal porque tem o objetivo de evitar o descumprimento da chamada “regra de ouro”, mecanismo que impede que o Executivo contraia dívidas para pagar despesas correntes, como salários e benefícios sociais. 




Antes de poder ser analisada pelo pelo plenário do Congresso, a proposta precisa ser analisada pela Comissão Mista de Orçamento (CMO). Na semana passada, os integrantes do colegiado tentaram votar o projeto, mas não houve acordo.

PAI, FILHO E PILOTO MORREM APÓS QUEDA DE AVIÃO NA BA

Três pessoas morreram após um avião cair na cidade de Barreiras, no oeste da Bahia, neste sábado (2). O acidente aconteceu em uma área de ve...