10 de maio de 2024

DEPUTADO ESPECIALISTA EM FINANÇAS ADVERTE: PROTEJA SEU DINHEIRO DO GOVERNO

O deputado  Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PL-SP), que também já trabalhou no mercado financeiro, deu um conselho àqueles que querem preservar seu patrimônio: se proteja do atual governo e das medidas que estão sendo promovidas. “Não existe estabilidade e previsibilidade de como esse governo vai agir no futuro. E ele está tingido de uma sanha arrecadatória”, avisa o deputado.

 

O deputado, primeiro membro da família real brasileira eleito ao Legislativo, não vê proteção à propriedade privada, renda, poupança etc.

 

“Entre a arrecadação e a violação da lei para obter essa arrecadação, [o governo Lula 3] vai criar uma nova lei para arrecadar cada vez mais”, diz.

 

Orleans e Bragança comentou as decisões do Judiciário que têm interferido em atos de competência do Legislativo: “é tirania absoluta”.

 

Para o deputado essa crise “expõe cada vez mais o Brasil como sendo um país emergente, de alto risco, onde você não tem Estado de Direito”.

 

SOBE PARA 107 O NÚMERO DE MORTOS APÓS ENCHENTES QUE ATINGEM O RS

O mais recente boletim da Defesa Civil do Rio Grande do Sul traz que subiu para 107 o número de mortos em razão dos temporais que atingem o estado. A atualização desta quinta-feira (9) aponta que há um óbito sendo investigado. O estado registra 136 desaparecidos e 374 feridos. 

 

Há 232,6 mil pessoas fora de casa. Desse total, são 67.563 em abrigos e 165.112 desalojados (pessoas que estão nas casas de familiares ou amigos).

 

O RS tem 428 dos seus 497 municípios com algum relato de problema relacionado ao temporal, com 1.482.006 milhão de pessoas afetadas.

 

PF PRENDE MAJOR RONALD E EX-ASSESSOR DE DOMINGOS BRAZÃO

A Polícia Federal (PF) cumpre dois mandados judiciais na manhã desta quinta-feira (9) contra supostos envolvidos nos assassinatos de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, no Rio de Janeiro.

 

Os alvos da operação são Robson Calixto da Fonseca, conhecido como Peixe, que é ex-assessor de Domingos Brazão, e o policial militar Ronald Paulo Alves Pereira, conhecido como major Ronald, apontado como ex-chefe da milícia da Muzema, na Zona Oeste do Rio. Os dois foram acusados de envolvimento nos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em março de 2018.

 

Em um documento protocolado pela PGR no Supremo Tribunal Federal (STF) que denuncia os três suspeitos presos desde o fim de março por supostamente mandar matar Marielle Franco — os irmãos Domingos e Chiquinho Brazão e o ex-chefe da Polícia Civil do Rio, Rivaldo Barbosa — foram incluídos os nomes de Robson e Major Ronald.

JOVEM SERIDOENSE MORRE EM ACIDENTE DE CARRO INDO PARA FESTA EM CIDADE PARAIBANA

Uma colisão entre dois carros na noite do último sábado (22), entre Várzea a Santa Luzia tirou a vida da jovem caicoense Nathália Diniz Régi...