1 de dezembro de 2017

JARDIM DO SERIDÓ REALIZARÁ DOIS GRANDES EVENTOS NESTE FIM DE SEMANA; FEIRA DE AGRONEGÓCIO E GRANDE CAVALGADA

Dentro da programação da festa da padroeira, Nossa Senhora da Conceição, a cidade de Jardim do Seridó será palco de dois grandes eventos neste fim de semana, sexta, sábado e domingo, dias, 01, 02 e 03 de dezembro.
 
 
 

 
 
Começando com a abertura na sexta-feira, (01), a ‘IV feira de agronegócio vai até o domingo, encerrando com o tradicional desfile do agricultor, conforme programação no banner.
 
 
No domingo, Jardim do Seridó vai vivenciar uma das maiores cavalgadas de toda a região. Será a 7ª Cavalgada de Nossa Senhora da Conceição, saindo do Fazenda São Pedro, (residência de Gláuber), com término no BNB Clube, onde será servido o almoço para os cavalgantes.

BRASIL FICA NO GRUPO E DA COPA DO MUNDO E ESTREIA CONTRA A SUÍÇA; VEJA TABELA

A Fifa realizou nesta sexta-feira o sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2018. A Rússia, que estava no pote 1 por ser a anfitriã do torneio, ficou no Grupo A ao lado de Arábia Saudita, Egito e Uruguai. O jogo de abertura entre russos e sauditas, no dia 14, será em Moscou. A seleção brasileira caiu no Grupo E e faz sua estreia no dia 17 de junho em Rostov contra a Suíça. Depois pega a Costa Rica no dia 22 de junho, em São Petersburgo, e fecha a primeira fase contra a Sérvia em Moscou, dia 27 de junho.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Atual campeã do mundo, a Alemanha caiu no Grupo F ao lado de México, Suécia e Coreia do Sul. Os alemães podem enfrentar o Brasil nas oitavas de final da Copa do Mundo. Para isso acontecer, basta que um fique em primeiro e outro em segundo em suas respectivas chaves.
 
 
 
 
A seleção da Argentina terá pela frente no Grupo D Islândia, Croácia e Nigéria. A estreia dos hermanos no Mundial da Rússia será contra a Islândia em Moscou, dia 16 de junho.

DINHEIRO NO BOLSO! SERVIDORES DE SANTANA DO SERIDÓ RECEBERAM SALÁRIOS DE NOVEMBRO NESTA QUINTA-FEIRA, (30)

Seguindo com o compromisso em manter o pagamento do funcionalismo público em dia, apesar das dificuldades, o prefeito de Santana do Seridó, Hudson Brito, autorizou, o pagamento dos servidores municipais,  que receberam seus salários de Novembro nesta quinta-feira,  (30).
 
 
Com isso, os servidores terão poder de compra, aquecendo o comércio local e regional.

EM OPERAÇÃO, PF INVESTIGA RECEBIMENTO IRREGULAR DE SEGURO DEFESO NO RN

A Polícia Federal, juntamente com a Força-Tarefa Previdenciária, deflagrou na manhã desta sexta-feira (1º) uma operação denominada ‘Entre Dois Rios’. O objetivo é investigar o recebimento irregular do Seguro Defeso, que estaria sendo pago a pessoas que não vivem da pesca ou que possuem outra fonte de renda.
 
 
 
 
 
 
 
 
Cerca de 20 policiais federais foram destacados para o cumprimento de três mandados de busca e apreensão em uma colônia de pescadores em Tibau do Sul, no litoral Sul potiguar.
 
 
 
 
 
Mais de 800 requerimentos estão sendo analisados pelos investigadores, que já apuraram um prejuízo inicial de pelo menos R$ 100 mil aos cofres públicos. Há indícios de que alguns dos peixes cobertos pelo defeso nem existem em Tibau do Sul.
 
 
 
 
 
Ainda de acordo com a PF, ‘Entre Dois Rios’ é a tradução da palavra de origem tupi ‘Tibau’, que vem da junção de ti + paum.
 
 

Seguro Defeso


O Seguro Defeso é o seguro-desemprego do pescador artesanal profissional, sendo concedido em períodos de defeso das espécies – que é quando a pesca é proibida em razão da reprodução de peixes e crustáceos.

“BACURAU NA GAIOLA”! ATRAVÉS DA FILHA E DO TIO GARIBALDI, HENRIQUE ALVES PEDIU INTERFERÊNCIA DE SARNEY POR SUA LIBERDADE, DIZ PROCURADORIA

A Procuradoria da República no Rio Grande do Norte pediu, nesta quarta-feira, 29, novo pedido de prisão contra o ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), no âmbito da Operação Manus. Em representação à 14ª Vara Federal do Rio Grande do Norte, procuradores mencionam tratativas entre a filha, a mulher e o tio do peemedebista, senador Garibaldi Alves (PMDB), com o ex-presidente José Sarney (PMDB), pela suposta interferência no Judiciário em favor de Henrique Alves.
 
 
 
 
 
O Ministério Público Federal quer um terceiro decreto de prisão contra o peemedebista. A peça, assinada pelos procuradores Fernando Rocha e Rodrigo Telles, diz que Henrique Eduardo Lyra Alves, acionando o ex-Presidente, procurou obter sua soltura mediante interferência e influência política perante o Poder Judiciário.
 
 
 
 
 
Segundo narra a procuradoria, ’em agosto de 2017, a filha do ex-parlamentar, Andressa Azambuja Alves Steinmann manteve diálogo com seu marido, o qual foi captado em interceptação telefônica, em que ela já destacava que, para obter a soltura de seu pai, seria necessária a atuação “nos bastidores”’.
 
 
 
 
 
Os procuradores ainda afirmam que,dois meses depois, a filha e a mulher de Henrique Alves, Laurita Silveira Dias de Arruda Câmara, ‘por intermédio do Senador Garibaldi Alves Filho, tio do ex-parlamentar, procuraram o ex-Presidente da República José Sarney, a fim de que esse último, mediante o uso de sua influência política, intercedesse junto a tribunais para obter a soltura de Henrique Eduardo Lyra Alves’.
 
 
 
 
 
 
Andressa, de acordo com os procuradores, ‘foi a uma reunião com José Sarney, na residência dele em Brasília/DF, para tratar do assunto, tendo sido os contatos acompanhados pela Polícia Federal’. “Vários diálogos captados em interceptação telefônica evidenciam a marcação e a realização do encontro com José Sarney (tratado como “Presidente”), ao passo que outros demonstram que Henrique Eduardo Lyra Alves, ao ser informado sobre o resultado da reunião, teria ficado “animado” e “otimista”, confiando na iminência da revogação de suas prisões preventivas”.
 
 
 
 
 
O advogado do ex-presidente José Sarney disse que, “o presidente Sarney confirmou que recebe o Garibaldi, que tem uma relação pessoal com ele, que o recebeu, inclusive com a presença da filha, mas que foram lá apenas para chorar as mágoas, contar da tristeza [em relação à prisão e aos processos contra Henrique Alves] e que não fizeram um pedido a ele e que ele nem teria condições de fazer nada a respeito se tivessem pedido. Ele apenas os recebeu por solidariedade e por amizade a Garibaldi, que o visita vez ou outra”.

MINISTRO DO STF NEGA PEDIDO PARA SOLTAR PAULO MELO E PICCIANI

O ministro relator do caso envolvendo os deputados estaduais do Rio de Janeiro Jorge Picciani (PMDB) e Paulo Melo (PMDB) no Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, rejeitou o pedido liminar feito pelas defesas para que os parlamentares fossem soltos. A decisão é de quarta-feira (29).
 
 
 
 
Os advogados dos deputados já haviam feito pedido liminar no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que também rejeitou o recurso. Agora, o caso segue para ser julgado pelos órgãos colegiados dos dois tribunais.
 
 
 
 
 
Caso a decisão provisória fosse aceita pelo ministro Felix Fischer, do STJ, os efeitos do Habeas Corpus para os parlamentares seriam antecipados e Picciani e Melo seriam soltos. Agora, o caso precisa ser julgado pela 5ª Turma do STJ, que vai julgar o mérito do recurso.
 
 
 
 
 
Ao justificar a sua decisão, Fischer ressaltou que é possível que novos obstáculos à Justiça sejam criados por parlamentares. O ministro lembrou a votação da Alerj que não só colocou o trio do PMDB em liberdade - incluindo Edson Albertassi — mas também emitiu um alvará de soltura.
 
 
 
 
 
Os advogados do ex-presidente da Assembleia Legislativa do RJ esperam que o julgamento ocorra até dezembro, antes do recesso do Poder Judiciário.
 
 

“PAI” ACUSADO DE ENGRAVIDAR A PRÓPRIA FILHA DE 12 ANOS É PRESO NO INTERIOR DO RN

Um homem de 48 anos foi preso nesta quinta-feira (30) sob suspeita de ter estuprado e engravidado a própria filha, quando a garota ainda tinha 12 anos de idade. O crime aconteceu na cidade de Nova Cruz, no Agreste potiguar.
 
 
 
 
 
De acordo com o delegado José Carlos, que comanda a Delegacia Regional de Nova Cruz e realizou a prisão, as investigações tiveram início em 2015. A vítima, já casada e com 17 anos naquela época, contou ao marido o que havia lhe acontecido e ele procurou a polícia.
 
 
 
 
 
O delegado informou que o suspeito começou a abusar da filha quando ela tinha 10 anos.
 
 
 
 
O homem se aproveitava dos momentos em que estava sozinho com a menina em casa e a levava para uma área de mato no quintal da residência, na zona rural da cidade. “Ele a ameaçava de morte, para que não contasse nada a ninguém”, conta o delegado.
 
 
 
 
 
Aos 12 anos a garota engravidou do próprio pai. “Quando a barriga começou a crescer, ele inventou uma história que a menina arrumou um namorado na rua e que o filho era desse namorado”, revela José Carlos. Já no final da gravidez, a garota contou à mãe o que havia ocorrido, contudo nenhuma providência foi tomada.
 
 
 
 
 
Depois que o bebê nasceu, relata o delegado, o suspeito viajou até Natal e deu a criança para pessoas ainda não identificadas.
 
 

 

Uma irmã mais velha da menina abusada contou à Polícia Civil em depoimento que, também quando tinha 10 anos, sofreu investidas do pai. “Ela disse que, aos 13, para se livrar do assédio, arrumou um marido e saiu de casa”, disse José Carlos.
 
 
 
 
 
Ao todo, a família é composta por seis irmãs. As demais negaram à polícia que tenham sofrido qualquer abuso do pai. Segundo o delegado José Carlos, a mãe das garotas também será ouvida, visto que tomou ciência da situação durante a gravidez e não denunciou o caso.

MARINHA DA ARGENTINA DIZ QUE NÃO BUSCA MAIS SOBREVIVENTES DE SUBMARINO DESAPARECIDO

A Marinha da Argentina anunciou nesta quinta-feira (30) que não busca mais sobreviventes do submarino militar desaparecido há 15 dias, mas as buscas pelo veículo continuam.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O ARA San Juan desapareceu com 44 tripulantes a bordo no dia 15 de novembro, quando navegava pelo Golfo de São Jorge. O submarino havia zarpado no domingo 11 de novembro de Ushuaia para retornar a Mar del Plata, sua base habitual. Em sua última comunicação, informou que uma entrada de água pelo sistema de ventilação provocou um princípio de incêndio na casa de baterias.
 
 
 
 
 
"O Ministério de Defesa e a Marinha argentina informam nesta quinta-feira, (30), que, se declara encerrado o caso SAR do submarino San Juan, mudando a fase de buscas", disse o porta-voz da Marinha, Enrique Balbi. A nova fase continua com as buscas pelo submarino, acrescentou.
 
 
 
 
 
Segundo ele, o caso SAR tinha como missão o "salvar pessoas em perigo na área marítima com o fim de preservar a vida humana". No entanto, a rede de cooperação para as buscas "com pessoal altamente capacitado e as tecnologias mais avançadas do mundo não encontraram nenhuma evidência de naufrágio nas áreas exploradas", acrescentou.
 
 
 
 
 
"A quantidade de dias que determinam as possibilidades de resgate se estendeu até mais que o dobro", disse Balbi.
 
 
 
 
Na semana passada, a Marinha declarou que foi detectado um "evento consistente com uma explosão" após o último contato do submarino, em local próximo a sua última localização conhecida. A notícia provocou revolta e foi recebida pelas famílias como uma confirmação da morte dos 44 tripulantes.

MILEI PROÍBE O USO DA LINGUAGEM NEUTRA NA ARGENTINA

O porta-voz da Presidência argentina, Manuel Adorni, afirmou nesta terça-feira (27) que o presidente Javier Milei decidiu proibir a linguage...