12 de dezembro de 2020

POR DETERMINAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO, AMAZAN SILVA DECRETA SUSPENSÃO DE EVENTO EM JARDIM DO SERIDÓ

O prefeito de Jardim do Seridó, Amazan Silva, publicou oficialmente nesta sexta-feira, (11), um decreto municipal suspendendo eventos promovidos ou patrocinados pelo município e por particulares, que impliquem em aglomeração de pessoas, em atendimento a recomendação da Promotoria de Justiça de Jardim do Seridó.
 
 

 



Conforme decreto, fica suspenso qualquer evento público ou privado que aglomere mais que 20 pessoas, e mesmo com até 20 pessoas, os eventos só serão aceitos se realizados em locais abertos com ventilação natural, uso de máscaras, álcool e o distanciamento permitido.

 

 

Ademais, fica proibida a queima de fogos de artifício nas festas de fim de ano. Já os bares, lanchonetes continuam com as regras de funcionamento decretadas em setembro. As igrejas e Templos Religiosos permanecem como estão desde o decreto de julho.

 

 

Do Blog: Com todo meu respeito ao Ministério Público, como sempre, o “brasileiro só fecha as portas depois de roubado”. Por que não proibiram tudo durante as eleições? Agora, todos que sobrevivem de eventos vão ficar com suas famílias “morrendo de fome”, e ninguém, mas ninguém mesmo, faz nada! O Ministério Público deveria intervir para que essa classe tivesse seus direitos garantidos, mas, o bastante é proibir, e quem quiser que se vire. Lamentável!

CANTOR UBIRANY, DO GRUPO FUNDO DE QUINTAL, MORRE DE COVID-19

O cantor Ubirany Félix Do Nascimento, do grupo Fundo de Quintal, morreu de Covid-19 nesta sexta-feira (11) em um hospital do Rio de Janeiro.

 

 

Ele tinha 80 anos e estava internado havia mais de uma semana na Casa São Bernardo, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade. O sambista chegou a ter uma breve melhora no quadro clínico, mas não resistiu.

 

 

Ubirany foi o responsável por introduzir o repique de mão no mundo do samba, instrumento que deu identificação ao Fundo de Quintal. O cantor também foi um dos fundadores do grupo na década de 1970.

ALERTA! BRASIL REGISTRA 652 MORTES POR COVID-19 NAS ÚLTIMAS 24 HORAS E MÉDIA VAI À 639

O país registrou 652 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 180.453 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 639. A variação foi de +25% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença.

‘COMO OUSA COMPARAR ISRAEL A HITLER?’, DIZ CHANCELER SOBRE LULA

Declarado persona non grata em território israelense por causa de sua declaração antissemita contra o Estado de Israel, no domingo (18),...