5 de janeiro de 2011

GOVERNADORA PARTICIPA DE MISSA DE 7º DIA DE EX-VICE-PREFEITO ASSASSINADO E EXIGE RIGOR NA APURAÇÃO DO CRIME

Na primeira visita que fez ao interior do Estado, nesta terça-feira, 04, a governadora Rosalba Ciarlini assegurou o fim da impunidade no Rio Grande do Norte durante seu governo. Foi na missa de 7º dia do ex-vice-prefeito e ex-vereador da cidade de Alto do Rodrigues, Francisco Carlos Gomes de Oliveira, o Carlinhos do Alto, morto a tiros, na estrada do óleo.


A governadora chegou à pequena comunidade de São José acompanhada do prefeito de Assú, Ivan Junior, e dos secretários de Agricultura, Betinho Rosado, amigo de Carlinhos, e de Segurança Pública, Aldair Rocha. Ao falar diante de uma plateia comovida, Rosalba disse que não estava ali apenas para ser solidária à dor da família, amigos e correligionários do ex-vice-prefeito, mas também para garantir investigação rigorosa e punição aos assassinos. “Também estou indignada. Não permitirei impunidade nesse e em nenhum outro crime”, ressaltou Rosalba, determinando todas as condições para que as investigações cheguem ao fim e os criminosos sejam presos.



Ainda no pátio da Capela, o secretário de Segurança teve uma rápida reunião com o delegado de Macau, Antonio Pinto, e com a delegada do interior, Iranir Ribeiro. “A presença da governadora já é uma prova de que a apuração do crime é uma prioridade e para isso iremos disponibilizar recursos humanos e materiais para apressar as investigações”, anunciou Aldair Rocha. Uma das medidas emergenciais é a nomeação de mais um delegado para o caso.

O prefeito Eider Assis e o ex-prefeito Abelardo Rodrigues, de Alto do Rodrigues, o ex-prefeito de Carnaubais, Zenildo Batista, de Carnaubais e José de Deus, Ipanguassu, assistiram a missa de Carlinhos do Alto.


UTILIDADE PÚBLICA! BENEFICIÁRIOS AGORA TÊM DECLARAÇÃO DE RENDA NO EXTRATO BANCÁRIO

O aposentado que precisar da declaração de renda não terá mais que ir a uma Agência da Previdência. A partir de agora, consta no extrato bancário, retirado no caixa eletrônico, a renda do benefício, bem como a qualidade de beneficiário do INSS. Esse mecanismo facilita a vida do cidadão idoso que tem direito ao transporte interestadual gratuito. Antes, o aposentado tinha que agendar atendimento em uma Agência para obter a declaração que comprova a renda e, assim, conseguir retirar a passagem gratuitamente.

O demonstrativo será disponibilizado mensalmente nos terminais de autendimento. O beneficiário ainda pode ter acesso ao demonstrativo por meio da internet, caso receba o benefício via crédito em conta. A medida facilita o acesso à declaração de mais de 10 milhões de idosos em todo o país que precisam comprovar a renda para obter a passagem gratuita.

De acordo com o Estatuto do Idoso, as empresas de ônibus interestaduais devem reservar aos idosos com idade mínima de 60 anos e renda de até dois salários mínimo, dois assentos gratuitos, em cada ônibus convencional. Tais empresas exigem a declaração de renda para conceder a passagem sem custo ao idoso. Se os assentos já estiverem preenchidos, deve ser concedido o desconto mínimo de 50% no valor da passagem.





MUITA CHUVA NA TERRINHA; EM JARDIM DO SERIDÓ CHOVEU FORTE NESTA TERÇA-FEIRA

Como sempre, o calor sufocante foi o prenúncio de que a chuva estava chegando à terrinha. Por volta do meio dia desta terça-feira (04) choveu forte durante mais de uma hora em Jardim do Seridó, mas nem assim o calor deu uma trégua.



Com as chuvas que estão caindo na região tudo leva a crer que o período chuvoso está se consolidando, tendo em vista as previsões da meteorologia e as “experiências” populares feitas pelos sábios observadores da natureza. Deus permita que tenhamos um bom ano de inverno!



MORRE ASSASSINADO O MAIOR PISTOLEIRO DO NORDESTE BRASILEIRO; “MAINHA” ERA ACUSADO DE MAIS DE 100 MORTES

O pistoleiro Idelfonso Maia Cunha, o Mainha, de 55 anos, foi encontrado morto no início da tarde desta terça-feira, (04) no município de Maranguape, Região Metropolitana de Fortaleza. Dados preliminares dão conta de que a vítima foi executada por volta das 13h.


Segundo informações da Delegacia Metropolitana de Maranguape, o corpo do pistoleiro foi encontrado com nove perfurações na cabeça, no peito e nos braços. O crime aconteceu por trás da cadeia pública do Município, na rua Samambaia. Testemunhas informaram à Polícia que os tiros foram disparados por dois homens que teriam agido de dentro de um veículo preto.

No local do crime, o filho da vítima, Idelfonso Diógenes da Cunha, de 23 anos, acompanhou a remoção do corpo do pai. Próximo ao pistoleiro, ficaram cápsulas de pistola ponto 40, arma de uso exclusivo da Polícia. O crime será investigado pela Divisão de Homicídios em parceria com a Polícia de Maranguape.

O momento da execução:

Mainha teria sido alvejado enquanto andava montado sobre um burro. Ele teria uma vacaria na cidade. No momento do crime, o pistoleiro calçava botas, vestia calça jeans e camisa azul, de botão. De acordo com a perícia, ele não portava arma.

A notícia correu a cidade de Maranguape. O corpo, que foi removido do local por volta das 15h30min, atraiu a atenção de centenas de moradores da região. Após a execução, o burro que estava com o pistoleiro fugiu do local e foi encontrado a metros do crime, com três perfurações a bala. Ainda não se sabe se o animal terá de ser sacrificado.

"Justiceiro":

Natural da região Jaguaribana, Mainha era um dos mais conhecidos pistoleiros do País. Ele teria matado pelo menos cem pessoas em vários estados do Nordeste, e cumpria pena em regime semi-aberto. Em 1994, durante rebelião no Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS), ganhou destaque ao conseguir resgatar e salvar a vida de Dom Aloísio Lorscheider, que havia sido feito refém por outros detentos.

Mainha havia sido preso pela última vez em 6 de maio de 2010, quando foi abordado em uma blitz no município de Maracanaú. Na ocasião, ele foi detido por porte ilegal de arma, mas acabou sendo liberado em seguido. Há quatro anos morava em Maranguape.

"Mainha não se dizia pistoleiro", narra o professor Ricardo Arruda, do Laboratório de Estudos da Violência da Universidade Federal do Ceará (UFC), que entrevistou Mainha e mais de 100 pistoleiros, de várias regiões do Ceará. Na boca do criminoso, as palavras as quais se identificava eram justiceiro, vingador. Ele dizia: "Só matei por questão de família ou para defender um amigo, um parente. Para fazer justiça".

Fonte e Foto: O POVO online. Fortaleza.




DECRETO DE LULA DÁ GOLPE NO DIREITO DE PROPRIEDADE

O presidente Lula (PT) assinou decreto já considerado no campo um golpe contra o direito de propriedade, porque à margem da Constituição amp...