19 de março de 2021

ENTIDADES EMPRESARIAIS ENTRAM NA JUSTIÇA CONTRA DECRETO QUE DETERMINA FECHAMENTO DE COMÉRCIO NÃO ESSENCIAL NO RN

Entidades empresariais do Rio Grande do Norte entraram com ações na Justiça, nesta quinta-feira (18) e pediram suspensão dos efeitos do decreto do governo do estado e da prefeitura da capital que determina fechamento de todos os serviços não considerados essenciais a partir deste sábado (20) até o dia 2 de abril.

 

As ações foram impetradas pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), pela Associação dos Empresários do Bairro do Alecrim (Aeba) e Associação Comercial do RN (ACRN). Governo e prefeitura seguiram recomendações do comitê científico do estado e dos Ministérios Públicos Estadual, Federal e do Trabalho para determinar as "medidas de isolamento social rígido" do decreto publicado nesta quinta (18).

 

Segundo as autoridades estaduais, as medidas foram tomadas por causa do aumento de casos e mortes de Covid-19 no estado. O prefeito da capital afirmou que o sistema de saúde chegou "ao limite".

PETROBRAS REDUZ PREÇO DA GASOLINA NESTE SÁBADO, (20)

A Petrobras vai reduzir o preço da gasolina nas refinarias a partir deste sábado (20), informou a companhia nesta sexta-feira (20). É a primeira queda no preço do combustível este ano – desde janeiro, já havia subido seis vezes.
 

O preço médio de venda da gasolina passará a ser de R$ 2,69 por litro, queda de R$ 0,14 (-5,28%). O preço do diesel não será alterado e permanece em R$ 2,86 por litro.

 

Com a mudança, a gasolina passa a acumular alta de 46,19% desde o início do ano, enquanto o diesel subiu 41,6%.

 

Do Blog: Será que os postos farão a redução do preço? 

ATENÇÃO! MINISTÉRIOS PÚBLICOS RATIFICAM OBRIGATORIEDADE DE CUMPRIMENTO DE DECRETO ESTADUAL NO RN

"O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte, o Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte e o Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte reuniram-se, na manhã desta sexta-feira (19), com o Governo do Estado do RN e com a Prefeitura de Natal, para definir os limites de cumprimento do Decreto Estadual 30.419/21, subscrito pela Governadora do RN e pelo Prefeito de Natal. Com a mediação, ficou acordado que o decreto deve ser cumprido em seus exatos termos, ficando as academias de ginásticas, boxes de crossfit, estúdios de pilates e similares excluídas das atividades essenciais, e permanecendo suspensas as atividades coletivas de natureza religiosa, de acordo com o artigo 6º do decreto.

Os Ministérios Públicos, em conjunto, reforçam a importância desse acordo entre Governo do Estado e Prefeitura de Natal, ratificando a uniformidade das medidas essenciais para a superação desse grave momento da pandemia de Covid-19 no nosso Estado e no país."
 

GOVERNO BOLSONARO ASSINA CONTRATOS COM PFIZER E JANSSEN PARA RECEBER 138 MILHÕES DE DOSES DE VACINA

O governo federal assinou contratos com as farmacêuticas Janssen (do grupo Johnson & Johnson) e Pfizer que preveem, ao todo, a entrega de 138 milhões de doses de vacinas contra a Covid. Desse total, 100 milhões de doses serão da Pfizer e 38 milhões, da Janssen.

 

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que está de saída do cargo, já havia anunciado nos últimos dias que o governo estava prestes a assinar os acordos.

 

No Brasil, duas vacinas já obtiveram o registro definitivo pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para aplicação na população: a da Pfizer e a da AstraZeneca/Oxford. A da Janssen não tem registro definitivo nem autorização para uso emergencial.

 

Atualmente, o Brasil aplica na população as vacinas da CoronaVac – que por enquanto só tem a autorização emergencial – e a da AstraZeneca/Oxford.

 

As vacinas da Pfizer e da Janssen já foram aprovadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para uso emergencial. Dos imunizantes que estão sendo aplicados no mundo, o da Janssen é o único que requer somente uma dose por pessoa.

 

De acordo com o contrato, o Brasil vai pagar US$ 10 por dose da vacina da Pfizer. Com isso, o contrato com a empresa é de US$ 1 bilhão. 

 

O contrato da Janssen prevê também o valor de US$ 10 por dose, e um pagamento US$ 95 milhões na primeira parcela.

 

PRESIDENTE JAIR BOLSONARO ENTRA COM NO STF CONTRA DECRETOS DE GOVERNADORES; VEJA VÍDEO

O presidente Jair Bolsonaro  afirmou que seu governo entrou com uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI) no STF (Supremo Tribunal Federal) contra decretos de governadores e prefeitos, que estabelecem medidas restritivas no combate à pandemia da covid-19. Segundo Bolsonaro, alguns governadores e prefeitos são "projetos de ditadores".

 

 

 


"Entramos com ação direta de inconstitucionalidade junto ao STF buscando conter esses abusos. Entre eles, o mais importante é que nossa ação foi contra o decreto de três governadores. No decreto, inclusive, o cara bota toque de recolher. Isso é estado de sítio, que só uma pessoa pode decretar: eu", disse o presidente, em live semanal transmitida pelas redes sociais.

PREFEITO DE VITÓRIA DA CONQUISTA MORRE POR COMPLICAÇÕES DA COVID-19

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), de 72 anos, morreu por volta das 21h desta quinta-feira (18), devido a complicações da Covid-19. Ele estava internado há quase três meses no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para tratamento da doença.

 

Herzem foi diagnosticado com Covid-19 em 7 de dezembro de 2020. Pouco mais de sete dias depois, ele foi internado em Vitória da Conquista, no Hospital Samur, com complicações pulmonares causadas pela doença. Em 26 de dezembro, ele foi transferido para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo e depois encaminhado para UTI.

 

Em janeiro, ele deixou a UTI do hospital, mas no dia 6 de março, precisou retornar à Unidade de Terapia Intensiva e, em uma mensagem nas redes sociais, ele mesmo explicou o motivo através de um áudio.

Fonte: G1/BA.

BRASIL REGISTRA 2.659 MORTES POR COVID-19 NAS ÚLTIMAS 24 HORAS E MÉDIA VAI À 2.096

O Brasil registrou 2.659 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas e totalizou nesta quinta-feira (18) 287.795 óbitos. Com isso, a média móvel de mortes no país nos últimos 7 dias chegou a 2.096, novo recorde no índice. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +47%, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença.

APÓS QUASE 6 ANOS DE GOVERNO DO PT, IBGE MOSTRA QUE TAXA DE ANALFABETISMO NO RN É QUASE O DOBRO DA MÉDIA NO BRASIL

A taxa de analfabetismo no Rio Grande do Norte foi de 13,8%, segundo os dados divulgados nesta sexta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de...