19 de março de 2021

ENTIDADES EMPRESARIAIS ENTRAM NA JUSTIÇA CONTRA DECRETO QUE DETERMINA FECHAMENTO DE COMÉRCIO NÃO ESSENCIAL NO RN

Entidades empresariais do Rio Grande do Norte entraram com ações na Justiça, nesta quinta-feira (18) e pediram suspensão dos efeitos do decreto do governo do estado e da prefeitura da capital que determina fechamento de todos os serviços não considerados essenciais a partir deste sábado (20) até o dia 2 de abril.

 

As ações foram impetradas pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), pela Associação dos Empresários do Bairro do Alecrim (Aeba) e Associação Comercial do RN (ACRN). Governo e prefeitura seguiram recomendações do comitê científico do estado e dos Ministérios Públicos Estadual, Federal e do Trabalho para determinar as "medidas de isolamento social rígido" do decreto publicado nesta quinta (18).

 

Segundo as autoridades estaduais, as medidas foram tomadas por causa do aumento de casos e mortes de Covid-19 no estado. O prefeito da capital afirmou que o sistema de saúde chegou "ao limite".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

APÓS QUASE 6 ANOS DE GOVERNO DO PT, IBGE MOSTRA QUE TAXA DE ANALFABETISMO NO RN É QUASE O DOBRO DA MÉDIA NO BRASIL

A taxa de analfabetismo no Rio Grande do Norte foi de 13,8%, segundo os dados divulgados nesta sexta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de...