12 de agosto de 2019

PERÍCIA DIZ QUE RUPTURA DO CORAÇÃO E HEMORRAGIA PROVOCARAM MORTE DE TORCEDOR DO BOTAFOGO-PB NO RN

A perícia feita pelo Instituto Técnico Científico de Perícia (Itep) no corpo do torcedor do Botafogo da Paraíba que morreu no último sábado (11) após dar entrada em um hospital municipal de Ceará-Mirim, na Grande Natal, constatou a ruptura do coração e uma hemorragia. Estes seriam os fatores que teriam provocado a morte de Eduardo Feliciano Justino da Silva, de 27 anos, segundo o diretor do órgão e perito criminal, Marcos Brandão. 





"O laudo ainda não foi concluído, mas já podemos afirmar que a morte foi provocada pela ruptura do músculo cardíaco e a hemorragia. As lesões falam por si só. Existem outras escoriações, mas essas foram as principais", afirmou o diretor. 





Questionado o que poderia causar essas lesões, o perito apontou que teria sido o uso de "instrumentos contundentes", não determinados pelo exame, contra o corpo da vítima. "Pode ser soco, chute, impacto no cimento, ou no asfalto, um cassetete, qualquer objeto cuja energia provocada pelo impacto em uma área provoque lesões", explicou. 





Ainda são aguardados os exames toxicológico e de dosagem alcoólica, que, segundo o diretor serão importantes para fundamentar o laudo, podendo delinear a circunstância em que a morte aconteceu e uma possível mudança de conduta da vítima, provocada por drogas e ou álcool. Ele acredita que os exames devem ser concluídos em 10 dias.

'SE TUDO VAI PARAR NO SUPREMO, É O FRACASSO DA SOCIEDADE, DIZ TOFFOLI

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, disse na manhã desta segunda-feira em São Paulo que "a quantidade de informações presentes na Constituição leva tudo ao STF". "Se tudo vai parar no Supremo, é o fracasso da sociedade, não a solução", defendeu. 




"Menos Constituição é menos judicialização", defendeu o ministro em evento com banqueiros na capital paulista. 




"Toda reforma da Constituição traz mais peso, maior judicialização. Toda a vida das pessoas vai parar no Judiciário", explicou. "Resguardadas as garantias fundamentais, o que mais precisa estar na Constituição?", questionou. 




Segundo Toffoli, o Judiciário atua como 'poder moderador' entre as instituições, comparado, segundo ele, ao papel desempenhado pelos militares no passado no país. Ele criticou, porém, o aumento da participação do STF nas questões políticas. 




"Se o Judiciário for além dos seus limites, ele vai ter o mesmo desgaste e o mesmo problema que as Forças Armadas tiveram no passado", salientou ele, defendendo que os meios políticos devem achar soluções para os problemas, "porque o Judiciário só faz soluções provisórias. O Judiciário não é para decidir o presente, mas o passado", afirmou. 




Segundo Toffoli, "o Brasil ficou travado em quatro anos num moralismo enfrentando questões de ordem e esquecendo o progresso". "Você nunca vai ter progresso se tiver que ter ordem como uma premissa", salientou. 




"A arte da política não é atacar o outro para se autopromover. O juiz tem que ter prudência, tem que ter autocontrole. O poder de um juiz nos STF é muito grande. Os conflitos dos partidos e entre os poderes vão parar no Supremo", disse.

'A MINHA CASA CAIU EM CIMA DE MIM', DIZ JOVEM QUE FICOU SOB ESCOMBROS NO RIO


A jovem Raiane Silva Martins, uma das vítimas do desabamento de uma casa em Curicica, Zona Oeste do Rio, na manhã desta segunda-feira (12), gravou um áudio momentos depois de ficar entre os escombros. 









"Gente, pelo amor de Deus, a minha casa caiu em cima de mim e o meu filho está gritando. Alguém manda uma ambulância, por favor", diz Raiane no áudio.







O áudio foi enviado em um grupo de um aplicativo de mensagens das mães da escola do filho de Raiane. De acordo com o relato das outras mães, uma das preocupações da jovem era com o cheiro de gás e uma possível explosão na casa. 



Raiane, de 21 anos, foi retirada dos escombros às 10h25. O filho dela, Nicolas Domingos Martins, de 3 anos, também estava em casa e foi retirado cerca de meia hora depois da mãe. 






Segundo o Corpo de Bombeiros, a mãe estava em um local de mais fácil acesso para os socorristas e, portanto, deveria ser retirada primeiro. 




Um balão de oxigênio foi levado pelas equipes para auxiliar nos trabalhos de resgate. Os agentes também retiraram móveis, lama e terra do local para conseguirem acessar as vítimas. 




Após o resgate, Raiane e o filho foram levados para o Hospital Municipal Lourenço Jorge. Raiane passar por uma tomografia na altura da bacia. O menino Nicolás também tem estado de saúde estável. 



Fonte e fotos: G1/RJ.

VIVALDO COSTA PEDE QUE ADUTORA DE ENGATE RÁPIDO SEJA CONSTRUÍDA EM OURO BRANCO

O deputado Vivaldo Costa (PSD) encaminhou requerimento a governadora Fátima Bezerra (PT) e secretário de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, João Maria Cavacanti. O parlamentar pede que seja construído uma adutora de engate rápido que beneficie o município de Ouro Branco, no Seridó. A obra deverá diminuir a dificuldade hídrica de distribuição de água na cidade. "A realização desse serviço deve ser concluído com a maior brevidade possível, já que são apenas três quilômetros que separam o reservatório, denominado de Divino Espírito Santo, comunidade do Esguicho, da zona urbana do município". 




 
Em sua justificativa, Vivaldo lembra que esses sistemas adutores são de rápida instalação, fáceis de manusear e duráveis, além de oferecem diâmetros e materiais que se adéquam às vazões de dimensionamento que se deseja. Com base nessas informações e tendo em vista a necessidade de se oferecer uma melhor infraestrutura no que diz respeito à distribuição de água, em especial na cidade de Ouro Branco.

BOLSONARO DIZ QUE VAI ACABAR COM RADARES MÓVEIS EM BRs NA SEMANA QUE VEM


O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (12), em Pelotas (RS), que pretende acabar com os radares móveis no país já na semana que vem. 





"A partir da semana que vem, não temos mais radares móveis no Brasil", disse Bolsonaro. A declaração foi dada no evento de liberação de um trecho de 47 km e de duplicação da Rodovia BR-116, no Rio Grande do Sul. 





Perguntado sobre como pretende colocar a medida em prática, Bolsonaro disse que "é só determinar à PRF que não use mais", referindo-se à Polícia Rodoviária que atua nas estradas federais e está sob o comando do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Nas demais estradas, os aparelhos estão sob responsabilidade de estados e municípios. 





"O radar é decisão minha, Presidente da República. É só determinar a PRF que não use mais e ponto final. Se alguém me provar que esse trabalho é bom, eu posso voltar atrás, mas todas as informações que eu tenho, inclusive dos caminhoneiros que botam na conta final do que você vai comprar no mercado o preço do trajeto que ele faz pra entregar a mercadoria, abusaram do sistema eletrônico de controle de velocidade no Brasil, virou caça-níquel", afirmou.

TORCEDOR PARAIBANO É MORTO POR ESPANCAMENTO ANTES DE JOGO CONTRA TIME DO RN; PMS SÃO ACUSADOS

O torcedor do Botafogo da Paraíba, Eduardo Feliciano Justino da Silva, natural de João Pessoa morreu após dar entrada no Hospital Municipal de Ceará-Mirim, região metropolitana de Natal, na noite deste sábado (11). Segundo a família, o homem foi espancado por policiais militares após pular o muro do estádio Barretão, onde seu time enfrentaria o Globo. A corporação afirmou que deverá se pronunciar oficialmente sobre o caso após a investigação que será feita pela Polícia Civil. 






De acordo com a guia de solicitação de exame cadavérico assinado pela equipe médica do hospital, o homem de 27 anos tinha marcas de contusão no tórax e no rosto, além de intoxicação alcoólica e indícios de uso de drogas ilícitas.

JUIZ DETERMINA PRISÃO PREVENTIVA DE MÃE E PADRASTO DE CRIANÇA DE 06 ANOS MORTA NO INTERIOR DO RN

A Justiça determinou a prisão preventiva da mãe e do padrasto de uma menina de 6 anos que morreu na noite de sexta-feira (9) em Jaçanã, cidade da região Agreste potiguar. A criança foi socorrida ao hospital com sangramento e sinais de violência. Segundo a Polícia Civil, a causa confirmada da morte foi asfixia. 




Após o plantão do hospital informar a PM sobre o ocorrido, a mãe e o padrasto da menina foram levados para a Delegacia Regional de Santa Cruz para serem ouvidos. O casal negou a violência, porém a prisão em flagrante foi homologada pelo juiz de plantão, que ainda determinou prisão preventiva, que não tem tempo definido. A Polícia Civil ainda aguarda um laudo para apurar possível violência sexual. 


‘TENTATIVA DE GOLPE COM MINUTA É RIDÍCULO’, AFIRMA O SENADOR HAMILTON MOURÃO

O senador Hamilton Mourão (Rep-RS) negou que tenha havido “tentativa de golpe de Estado”, conforme versão dos adversários de Jair Bolsonaro ...