16 de dezembro de 2022

CRIANÇA DE 8 ANOS MORRE ATROPELADA AO TENTAR ATRAVESSAR RUA EM CIDADE DO RN

A criança, Samuel Thiago Morais, de 8 anos, morreu atropelado em Macaíba ao tentar atravessava a rua quando foi atingido por um veículo, dirigido por servidor público. O condutor do veículo ficou no local esperando pelo socorro, mas o garoto não resistiu aos ferimentos e morreu mesmo antes da chegada do socorro. Muito abalado, o motorista, que fez o teste do bafômetro e deu negativo, disse que não teve como evitar o atropelamento da criança.

 

Do Blog: Qualquer descuido com criança é fatal.  Lamentável! 

PRESSIONADO, PACHECO RECUA E MUTILAÇÃO DA LEI DAS ESTATAIS DEVE FICAR PARA 2023

Com a péssima repercussão da alteração da Lei das Estatais, considerada verdadeira mutilação da Lei das Estatais, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) desacelerou a tramitação e chamou os líderes da Casa para discutir a votação ou não do projeto.

 

O plano inicial de Pacheco, que trabalhava pela aprovação, era votar o texto na sessão das 16h desta quinta-feira (15). Depois, desistiu. É quase certo que a votação fique para 2023, caso ocorra.

 

A forte reação negativa com a aprovação da matéria na Câmara dos Deputados acendeu a luz amarela no Senado. Na manhã de hoje, as negociações, capitaneadas por Pacheco, eram para que a votação ocorresse assim que houvesse votos pela aprovação, o que não se confirmou ao longo do dia.

 

A mudança na Lei das Estatais foi proposta de surpresa pela deputada federal Margarete Coelho (PP-PI). O jabuti reduz o tempo  de 36 meses para 30 dias para que pessoas que tenham atuado em estrutura decisória de partido político ou em trabalho vinculado a campanha eleitoral assuma cargos de direção em estatais.

 

Na prática, o texto livra Aloízio Mercadante de complicações judiciais ao assumir a presidência do BNDES e foi apelidado de “Emenda Mercadante”.

 

“VIVA”! POR FALTA DE PAGAMENTO, MÉDICOS ANESTESISTAS PARALISAM ATIVIDADES E CIRURGIAS ELETIVAS SÃO SUSPENSAS EM HOSPITAIS DO RN

Médicos anestesistas de uma cooperativa contratada pelo governo de Fátima Bezerra, e pela prefeitura de Natal paralisaram as atividades nesta quinta-feira (15) por causa de atrasos no pagamento de serviços realizados desde junho.

 

De acordo com a cooperativa, foram suspensos exames e cirurgias eletivas que necessitam de anestesia e que seriam realizados em hospitais privados conveniados ao Sistema Único de Saúde.

 

Pelo menos 80 procedimentos agendados para a manhã não foram realizados nas unidades de saúde, de acordo com a entidade. Os atendimentos de urgência e emergência, no entanto, foram mantidos.

 

A cooperativa informou que os valores atrasados somam quase R$ 3 milhões - a maior parte do governo do estado - e a próxima fatura vence no dia 24 de dezembro. A entidade diz que informa as autoridades sobre a paralisação há 15 dias e ainda aguarda convite dos entes públicos para negociação.

 

Do Blog: Quando novidade o desgoverno do PT!

‘TENTATIVA DE GOLPE COM MINUTA É RIDÍCULO’, AFIRMA O SENADOR HAMILTON MOURÃO

O senador Hamilton Mourão (Rep-RS) negou que tenha havido “tentativa de golpe de Estado”, conforme versão dos adversários de Jair Bolsonaro ...