5 de janeiro de 2010

ACUSADO DE MATAR CABELEIREIRO PRESTA NOVO DEPOIMENTO

Após prestar novo depoimento a policia sobre a morte do Cabeleireiro Bruno Cesar de Araújo ocorrida em outubro do ano passado, Wallyson Brito da Silva,19 anos, isentou Helionai Freire da Silva, também de 19 anos de ter estado no local do crime.

No novo depoimento, Wallyson disse que Helionai “apenas” lhe emprestou a arma utilizada no crime e informou também que a morte do cabeleireiro teve motivação sexual.

(Helionai e Wallyson)

Durante as investigações, a policia descobriu também que os dois acusados faziam parte de um site de relacionamento na internet, onde Wallyson era conhecido como “Indio Play Boy. Caxaceiro”, e dentre as comunidades que participava, estavam comunidades relacionadas a sexo.

Já Helionai, tem como Nick no site de relacionamentos “Morrer como Homem é o premio da guerra”, e fazia parte de comunidades como “Liga do Promora”, “Mafia Vermelha Cidade Nova”, “Bad Boy de Cid Nova” e “Eu odeio times alvinegros”.

EXCLUSIVO! APOSENTADO MATA OUTRO A CACETADA E FACADAS EM EQUADOR

O aposentado identificado como Joaquim Morais, matou a golpes da faca no inicio da noite desta segunda-feira (04), na cidade de Equador, o também aposentado Manoel de Romão. O crime aconteceu na mercearia do Genésio, que é filho do assassino.

Conforme informações colhidas pelo “Blog Barra Pesada”, o assassino é conhecido por ser um pessoa muita bruta, tendo intrigas até com pelo menos um de seus filhos, e que já era intrigado com a vítima, o que levou o mesmo a matar friamente seu desafeto que também era seu vizinho.

Joaquim Morais chegou à referida mercearia, e ao encontrar Manoel de Romão foi logo desferindo uma cacetada o mesmo, e em seguido passou a goleá-lo com uma faca peixeira, dando-lhe três golpes fatais. A vítima morreu no local, sem chance de ser sorrido.

Após a crime, Joaquim voltou em casa, armou-se de uma espingarda de cartucho, e apreendeu fuga, mas foi localizado e preso pela polícia militar, e encontra-se recolhido na delegacia daquela cidade, onde permanecerá à disposição da justiça. O corpo da vítima já foi liderado pelo ITEP de Caicó, e será sepultado na tarde de hoje no cemitério público da cidade de Equador.



PASSAGEIROS DE ÔNIBUS DA JARDINENSE QUE SAIU DE NATAL PARA CAICÓ SÃO ASSALTADOS

Passageiros de um ônibus da Jardinense que fazia linha Natal/Caicó, na tarde deste domingo (03), foram surpreendidos por dois bandidos armados, que após renderem o motorista, fizeram um verdadeiro arrastão, levando pertences, dinheiro e jóias das vítimas.

A ação se deu por volta das 15h. A dupla subiu no veículo na altura da BR-101, nas proximidades da cidade de Parnamirim, próximo ao posto Dudu. Quando chegou próximo a reta Tabajara, já na BR-304, um dos integrantes rendeu o motorista e outro deu início ao arrastão.

Aproximadamente trinta pessoas viajavam no veículo na hora do assalto, e todas tiveram seus pertences levados pela dupla de bandidos, que logo após o assalto coletivo, abandonaram o veículo nas proximidades da cidade de Bom Jesus, já na BR-226, fugindo por um matagal. Os passageiros foram encaminhados para a delegacia local e depois de prestarem seus depoimentos seguiram viagem.


POLICIA CIVIL PRENDE ASSASSINOS DO CABELEIREIRO MORTO HÁ DOIS MESES E APREENDE ARMA USADA NO CRIME


Após dois meses de investigação, a Policiais de Santo Antônio em conjunto com policiais da 3ª DP conseguiram prender nesta segunda-feira (04), Wallyson Brito da Silva, 19 anos, vulgo “índio” e um jovem identificado como Heleonai Freire da Silva , também com 19 anos, acusados de matar o cabeleireiro Bruno César de Araújo, 31 anos, no salão de beleza da vítima. A Polícia apreendeu na casa do pai de Eleonai, localizada Felipe Camarão, a arma utilizada no crime.

Wallyson Brito informou a policia em depoimento que conheceu Bruno enquanto passava um final de semana com amigos, numa casa de praia na Redinha. Na segunda-feira posterior ao fim de semana, Bruno o teria levado até o seu salão de beleza, onde ambos tiveram relação sexual e chegaram a dormir juntos, tendo ele ido embora apenas no dia seguinte.
Após esse dia, os dois só voltaram a ter contato uma semana depois (25/11) quando marcaram de se encontrar novamente no salão de beleza, localizado nas proximidades do maior Shopping Center de Natal. Desta vez, Wallyson informou por telefone ao cabeleireiro que levaria um colega. O que o Bruno não sabia é que os dois haviam planejado roubar seu carro, um Renault Clio, de cor azul.

Por volta das 22hs, Wallyson chegou ao salão de beleza com o seu amigo Eleonai, onde os três mantiveram relações sexuais. O jovem de 19 anos relatou que por volta das 4 da manhã do dia 26/11, foi ao banheiro, de onde escutou um disparo e em seguida mais dois. Foi quando viu Eleonai com um revolver calibre 38 dar o terceiro tiro na cabeça do cabeleireiro. Chegando até a parte onde é feito atendimento no salão, perguntou ao parceiro o porquê dele ter realizado o disparo. Eleonai teria respondido que aquele seria o único jeito de pegar o carro. Wallyson afirmou que os dois não tinham intenção de matar Bruno.


Após buscar dinheiro no salão de beleza e não achar, os dois pegaram a chave do carro e deixam o corpo do cabeleireiro estendido no local. Depois da conclusão do crime, Wallyson da Silva saiu conduzindo o carro e deixou o comparsa em casa, de onde seguiu até sua residência no bairro de Cidade Nova. Segundo Wallyson, Eleonai (foto ao lado), já teria um comprador para o veiculo, mas por não conseguir vender, resolveu abandonar o carro no Bairro de Cidade Nova, após veiculação do crime na imprensa local .

Wallyson ainda voltou no dia seguinte (27/11) para pegar uma televisão, que foi vendida por R$ 40 nos Guarapes, zona oeste de Natal .

Durante depoimento ocorrido, no final da tarde desta segunda-feira (04), os acusados ficaram trocando acusações sobre autoria. O titular da 3ª DP, André Gurgel Coelho, no entanto, afirma ter certeza da participação de ambos no crime, apesar de Eleonai negar que estivesse no local, tendo apenas emprestado a arma.

Wallyson Brito da Silva foi preso em flagrante no município de Santo Antônio por furto de motocicleta na Ceasa, ocorrido no dia 29/12. Ele foi preso por policiais civis de Santo Antônio após terem apreendido para averiguação o primo de Wallyson que estava dirigindo a moto roubada em Natal. O parente do acusado delatou o primo.

Wallyson Brito foi autuado em flagrante por interceptação de veículo roubado e Eleonai, que será autuado por porte ilegal de arma, ambos responderão por latrocínio e ainda hoje serão encaminhados para o sistema prisional, onde devem aguardar por decisão judicial.

Fonte e Fotos: Degepol


DECRETO DE LULA DÁ GOLPE NO DIREITO DE PROPRIEDADE

O presidente Lula (PT) assinou decreto já considerado no campo um golpe contra o direito de propriedade, porque à margem da Constituição amp...