11 de fevereiro de 2017

ABSURDO! DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL DE JARDIM DO SERIDÓ CONTINUA FECHADA

Um grande descaso e falta de respeito da segurança pública para com a população de Jardim do Seridó segue sem solução. Fechada há vários meses, a delegacia de Polícia Civil de Jardim do Seridó ainda continua fechada, deixando a população sem acesso aos serviços da polícia civil, obrigando os jardinenses que precisam da Polícia Civil, terem que se deslocar até a cidade de Parelhas.
 
 
 
 
 
Ao procurar uma agente da polícia civil, o ‘Blog Barra Pesada’ teve como resposta a informação de que já existem os materiais necessários para a reforma do prédio, mas falta a mão de obra. O referido prédio já foi incendiado 2 vezes, e atualmente se encontra totalmente abandonado.
 
 
Como se não bastasse a falta de acesso dos jardinenses aos serviços que seriam obrigatórios, casos e casos de crimes leves e graves cometidos em Jardim do Seridó caíram no esquecimento, como se a cidade fosse uma “terra sem lei”, como é o caso do assassinato de “Birino do Restaurante”, que há 4 dias de completar 1 ano, não foi desvendado.
 
 
Por fim, vale salientar que, segurança pública é um dever do Estado e direito do cidadão brasileiro, que paga uma das maiores cargas tributárias do mundo, mas que não é revertida em serviços.
 
 
Do Blog: Vamos nos unirmos em prol de nossa segurança. Estaremos à disposição para ajudar no que for necessário. Já estou fazendo minha parte, ao procurar saber, informar e cobrar providências. Delegacia já!

 

ECON SORTEIA MOTO E BRINDES EM PRAÇA PÚBLICA NESTE SÁBADO, (11) EM PARELHAS

O sorteio da promoção ‘Eu Amo Minha Cidade. Compre no Comércio Local', da ECOM/Parelhas e seus clientes, acontecerá neste sábado, (11), a partir das 20:00hs, na Praça Arnaldo Bezerra, em Parelhas. Participe!
 
 
 
 
 

PREFEITO AMAZAN E EQUIPE BUSCAM MELHORIAS PARA O MEIO AMBIENTE JUNTO AO IDEMA/RN

O prefeito municipal de Jardim do Seridó, Amazan (PSD), participou na manhã desta sexta-feira (10), em Natal, de uma reunião com a equipe do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA - RN), para discutir questões ambientais do município.
 
 
 
 
 
 

 
O gestor tratou de assuntos como, o esgotamento sanitário, abatedouro, destinação de resíduos sólidos, projeto de educação ambiental do Idema e da Caravana Ecológica, que fará sua próxima edição em Jardim do Seridó, na segunda semana de março.
 
 
 

 
Estiveram presentes na reunião, o diretor geral do Idema Rondinelle Oliveira, diretor técnico Luís Augusto Santiago Neto, o representante do Núcleo de Obras Públicas do Idema, Francisco França, prefeito Amazan, secretário de Agricultura e Meio Ambiente do município, Carlos Fernandes e o fiscal ambiental, Márcio Bezerra.

EM 7 DIAS SEM PM, ES REGISTRA QUASE 130 ASSASSINATOS

Durante os 7 dias em que a PM não saiu às ruas no Espírito Santo, foram registradas mais mortes violentas que em todo o mês de fevereiro do ano passado. Apenas de 4 a 10 de fevereiro, foram 127 assassinatos, segundo o último levantamento divulgado pelo Sindicato dos Policiais Civis (Sindipol-ES). No mês inteiro, em 2016, foram 122 mortes de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública (Sesp). 
 
 
 
 
 
Representantes dos policiais militares e do Governo do Estado chegaram a um acordo, na noite desta sexta-feira (10) em uma reunião sem a participação das mulheres dos PMs que ocuparam a frente dos batalhões no estado. Pelo acordo, os PMs voltam às ruas no Espírito Santo às 7h da manhã deste sábado (11). 
 
 
 
 
 
Se comparado o período de 4 a 10 de fevereiro dos dois anos, o aumento foi de 408%: 25 homicídios em 2016 contra 127 neste ano. Os dados de 2017 são do Sindipol-ES. As informações dos anos anteriores são da Sesp. 
 
 
 
 
 
O Sindipol-ES explicou que a contagem feita durante a paralisação da PM usa a mesma base de dados de homicídio do governo, que são os registros de entrada de corpos nas unidades do Departamento Médico Legal (DML) de todo o estado. No entanto, a Sesp ainda não divulgou os números oficiais de homicídios em 2017.

COMPORTA DO AÇUDE CUREMAS SERÁ FECHADA PARA RESERVAR AS ÁGUAS DAS CHUVAS

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu – CBH PPA visitou na tarde desta sexta-feira (10/02) o açude Curemas, no município de Coremas/PB. O objetivo foi observar a situação atual do abastecimento do Coremas-PB, comunicar a prefeitura a necessidade de fechamento imediato da comporta de montante do Adutor 1 e encontrar providências necessárias à continuidade do abastecimento do município.
 
 
 
 
 

 
 
 
 
Após visita ao reservatório e ao sistema de abastecimento o comitê esteve em reunião com a prefeita da cidade, Francisca das Chagas Andrade, para reiterar o fechamento da comporta by pass unidade geradora nº 01, conforme deliberado na Reunião Extraordinária de 22/12/2016 e ofício nº 1965/2016/SER-ANA, que foi encaminhado em 2016.
 
 
 

Parte da cidade de Coremas-PB (região central e vila DNOCS) continua sendo abastecida por captação flutuante situada no canal de fuga da Usina Coremas. Esse canal é alimentado por recalque direto do reservatório para o Adutor 1, cuja vazão é descarregada por meio da válvula anelar by pass que se encontra danificada.
 
 

Segundo o comitê, a válvula anelar da comporta by pass 01 ainda continua danificada e, caso não seja fechada, a água que chegar no açude descerá pela comporta e vai seguir pelo rio Piancó -Piranhas.
 
 
 

 

CÂNCER É PRINCIPAL CAUSA DE MORTE POR DOENÇA ENTRE BRASILEIROS DE 15 A 29 ANOS

O câncer foi, no período de 2009 a 2013, a principal causa de morte por doença na faixa etária de 15 a 29 anos, e a segunda causa geral neste grupo no Brasil, atrás apenas de “causas externas” (acidentes e mortes violentas de diferentes tipos), segundo um panorama da doença em adolescentes e adultos jovens lançado nesta sexta-feira (10) pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) e o Ministério da Saúde (MS).
 
 
 
 
 
 
 
No período de 5 anos, houve 17,5 mil mortes por câncer entre os brasileiros de 15 a 29 anos (5% do total de mortes). O trabalho aponta que a taxa média de mortalidade por câncer de adolescentes e adultos jovens foi de 67 por 1 milhão. Segundo o ministério, a boa notícia é que a taxa está estável nos últimos anos.
 
 
 
 
 
A publicação aponta ainda que a média de pessoas de 15 a 29 anos que tiveram câncer foi de 236 casos/milhão. A taxa é bem superior à verificada em crianças de 0 a 14 anos, que é de 127/milhão, mas inferior às dos principais tipos de câncer em adultos. O câncer em adolescentes e adultos jovens, assim como em crianças, é classificado como algo “raro”.
 
 
 
 
 
Os tumores mais frequentes em adolescentes e adultos jovens são os carcinomas (34%), linfomas (12%) e tumores de pele (9%), indica o panorama do Inca.
 
 
 
 
As regiões mais frequentes dos carcinomas em adolescentes e adultos jovens são no trato geniturinário (taxa de incidência de 24,83 por 1 milhão), tireoide (14,18 por 1 milhão), mama (12,46 por 1 milhão) e cabeça e pescoço (4,57 por 1 milhão).
 
 
 
 
O câncer de colo do útero é o de maior incidência em mulheres nesta faixa de 15 a 29 anos. O desenvolvimento da doença está ligado à infecção pelo HPV, transmitido na relação sexual. A publicação usa informações de 25 Registros de Câncer de Base Populacional, o Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde e os 271 Registros Hospitalares de Câncer.
 
 
Fonte: G1.

QUATRO JOVENS SÃO ENCONTRADAS MORTAS EM MENOS DE UMA SEMANA NO CE

Em menos de uma semana, Eveline Souza Mendes, de 18 anos,  Marina Nascimento Souza, prima de Eveline, de 15 anos,   Ana Vitória, sem idade...