11 de fevereiro de 2017

EM 7 DIAS SEM PM, ES REGISTRA QUASE 130 ASSASSINATOS

Durante os 7 dias em que a PM não saiu às ruas no Espírito Santo, foram registradas mais mortes violentas que em todo o mês de fevereiro do ano passado. Apenas de 4 a 10 de fevereiro, foram 127 assassinatos, segundo o último levantamento divulgado pelo Sindicato dos Policiais Civis (Sindipol-ES). No mês inteiro, em 2016, foram 122 mortes de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública (Sesp). 
 
 
 
 
 
Representantes dos policiais militares e do Governo do Estado chegaram a um acordo, na noite desta sexta-feira (10) em uma reunião sem a participação das mulheres dos PMs que ocuparam a frente dos batalhões no estado. Pelo acordo, os PMs voltam às ruas no Espírito Santo às 7h da manhã deste sábado (11). 
 
 
 
 
 
Se comparado o período de 4 a 10 de fevereiro dos dois anos, o aumento foi de 408%: 25 homicídios em 2016 contra 127 neste ano. Os dados de 2017 são do Sindipol-ES. As informações dos anos anteriores são da Sesp. 
 
 
 
 
 
O Sindipol-ES explicou que a contagem feita durante a paralisação da PM usa a mesma base de dados de homicídio do governo, que são os registros de entrada de corpos nas unidades do Departamento Médico Legal (DML) de todo o estado. No entanto, a Sesp ainda não divulgou os números oficiais de homicídios em 2017.

0 comentários:

Postar um comentário