24 de julho de 2023

ITEP CONFIRMA QUE OSSADA ENCONTRADA NO RN É DE MILITAR DA MARINHA APOSENTADO

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) confirmou a identificação da ossada encontrada em uma área de mata no bairro Planalto em Natal.

 

Segundo o Itep, trata-se de Gildo Machado de Freitas, de 58 anos. Ele era sargento da Marinha e estava desaparecido desde 24 de abril deste ano. Agora a polícia trabalha para desvendar o crime.

 

ADVOGADOS PEDEM SUSPEIÇÃO DE ALEXANDRE DE MORAES

Os processos que decorrem do inquérito 4922, relatados pelo Ministro Alexandre de Moraes, para investigar o 08 de janeiro, continuam movimentando reclamações de familiares e defesas que se queixam da vulnerabilidade dos presos. Os réus foram surpreendidos com audiências marcadas às pressas, sem que houvesse intimação das testemunhas de defesa e o provimento de informações substanciais. 

 

Soma-se a esses fatos a negativa do gabinete do relator para que não apenas o advogado constituído, mas o grupo de defesa acompanhasse as oitivas desta sexta(21). Uma vez que o processo é publico e imputa um crime de multidão, as defesas compartilham fatos e instruções convergentes entre os casos. E portanto, a restrição no acesso aos depoimentos desacelera avanços resultantes da união entre os juristas. Na primeira fase dos processos, todos os advogados solicitantes foram autorizados. Fato que não se repetiu no início da segunda etapa.

JOVEM É MORTA A TIROS NA CABEÇA NO RN NA VÉSPERA DO SEU ANIVERSÁRIO DE 19 ANOS

Uma jovem foi morta a tiros em São Gonçalo do Amarante, um dia antes do seu aniversário de 19 anos. A vítima foi identificada como Thalia Stefanny do Nascimento Silva.

 

De acordo com a Polícia Militar, três homens em um carro abordaram Thalia na rua, tentaram obrigar a vítima a entrar no veículo, mas ela  reagiu, resistiu e eles atiraram, e ela foi atingida por 2 tiros na cabeça. Tudo ainda é mistério.

MUTIRÃO DO CNJ PARA DESAFOGAR PRESÍDIOS PODERÁ COLOCAR 300 PRESOS DO RN NAS RUAS

O Mutirão Carcerário, projeto desenvolvido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com o objetivo de diminuir a população carcerária em todo o País, poderá colocar nas ruas, nas próximas semanas, 263 presos só no RN. 

 

O mutirão para analisar a situação de todos esses detentos, para possivelmente colocá-los em liberdade ou aplicar outros benefícios, começará nesta segunda-feira (24) e vai até 25 de agosto.

 

A presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Rosa Weber, virá ao RN  na terça-feira,  (25) para inspecionar os trabalhos do mutirão. É esperado, inclusive, que ela visite uma unidade prisional potiguar. A agenda da ministra ainda está sendo fechada.

MULHER É MORTA A FACADAS PELO COMPANHEIRO DENTRO DE CASA NO SERIDÓ POTIGUAR

Um crime de feminicídio foi registrando nesta quinta-feira, (11), em Serra Negra do Norte, tendo como vítima, Daiane Silva, que foi assassin...