24 de abril de 2021

VÍTIMA DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO NO SERIDÓ POTIGUAR MORRE EM HOSPITAL NA CAPITAL DO ESTADO

Morreu nesta sexta-feira, (23), em Natal, Jorsean, vítima de tentativa de homicídio no sábado passado, (17), na cidade de Caicó. Jorsean, que também era apontado como homicida, foi baleado por dois homens armados quando o mesmo transitava na BR 427, em Caicó.

 

RECORDE! BRASIL REGISTRA APLICAÇÃO DE QUASE 2 MILHÃO DE DOSES DE VACINA CONTRA COVID-19 EM 1 DIA

Balanço da vacinação contra Covid-19 desta sexta-feira (23) aponta que 28.765.257 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19, segundo dados divulgados até as 20h. O número representa 13,58% da população brasileira. 

 

A segunda dose já foi aplicada em 12.262.262 pessoas (5,79% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal. 

 

No total, 41.027.519 doses foram aplicadas em todo o país.

 

De ontem para hoje, a primeira dose foi aplicada em 820.105 pessoas e a segunda dose em 923.896, com um total de 1.744.001 doses aplicadas neste intervalo, o maior valor desde o começo da vacinação, em janeiro.

LEVY FIDELIX, PRESIDENTE DO PRTB, MORRE EM SP AOS 69 ANOS

O presidente nacional do PRTB, Levy Fidelix, morreu na noite desta sexta-feira (23) em São Paulo, informa rede social oficial de Fidelix. Ele tinha 69 anos e estava internado desde março em um hospital particular. A família não informou a causa da morte.

 

Conhecido por defender o projeto "aerotrem" como principal meio transporte público, Fidelix concorreu a diversos cargos em mais de 10 eleições, mas nunca se elegeu. Tentou se eleger deputado federal (concorreu três vezes), governador (duas tentativas), presidente da República (concorreu duas vezes) e prefeito de São Paulo (em três eleições).  


Sua última disputa eleitoral foi em 2020, quando tentou se tornar prefeito da cidade de São Paulo e teve apenas 11.960 dos votos, 0,22% do total.

ACORDO DESTINA VACINAS PARA SEGUNDA DOSE EM NATAL

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), o Ministério Público Federal no RN (MPF/RN), o Ministério Público do Trabalho no RN (MPT-RN) e a Defensoria Pública do RN (DPE/RN) firmaram acordo para que o Governo do Estado repasse doses da vacina CoronaVac para aplicação da segunda dose em Natal. O acordo foi firmado nesta quinta-feira (22).

 


Pelo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), o Estado irá disponibilizar, excepcionalmente e de forma proporcional, o uso de parte de sua reserva técnica das doses da vacina CoronaVac em favor do Município de Natal. Essas vacinas serão utilizadas exclusivamente para aplicação da segunda dose, uma vez que o atraso em sua aplicação pode ocasionar a quebra do esquema vacinal e o risco de perda da eficácia da imunização artificial em pessoas integrantes dos grupos prioritários que já receberam a primeira dose, compostos em sua maioria de pessoas idosas.


No acordo, o Estado do Rio Grande do Norte se comprometeu a, de imediato, disponibilizar, ceder e entregar as vacinas. Já a Prefeitura de Natal acordou em fazer o uso exclusivo das doses de CoronaVac da reserva técnica encaminhadas pelo Estado, bem como de novas doses recebidas ordinariamente após distribuição do Ministério da Saúde, como segunda dose da CoronaVac.


O objetivo é dar completude ao processo de imunização artificial das pessoas que já receberam a primeira dose. A Prefeitura também deverá criar um cronograma prévio de datas para aplicação, com base em critérios técnicos, claros e objetivos, de modo a solucionar o problema do atraso na segunda dose e também evitar tumulto ou descumprimento dos protocolos sanitários nos postos de vacinação.


Ainda no TAC, a Prefeitura de Natal se comprometeu a, no prazo máximo de 7 dias, adotar medidas rápidas para alimentar e atualizar o RN Mais Vacinas com os dados de registro da vacinação (quantitativo de pessoas que receberam a D1 e a D2; quantitativo de pessoas que deixaram de tomar a D2 pela superveniência do óbito, etc), de modo a permitir a publicidade e o acompanhamento epidemiológico de forma mais fidedigna possível à realidade.



HADDAD IMPÕE ‘LEI DA MORDAÇA’ À PRÓPRIA ASSESSORIA, NO MINISTÉRIO DA FAZENDA

Fernando Haddad baixou portaria estabelecendo uma “lei da mordaça” na própria assessoria da comunicação do Ministério da Fazenda, como se nã...