8 de abril de 2018

JORNALISTA É AGREDIDO DENTRO DO SINDICATO DOS METALÚRGICOS DO ABC

O repórter da Rádio CBN de São Paulo Pedro Durán foi agredido na manhã deste sábado (7) por um manifestante, ainda não identificado, no momento em que o jornalista fazia a cobertura dentro do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP). O repórter foi abordado pelo homem, que teria pedido que ele se retirasse do local e que não era “bem-vindo”.






Pedro Durán, ao lado de outros jornalistas, tinha entrevistado o ex-ministro do governo Lula Celso Amorim quando foi empurrado pelo manifestante, que tentou atirar objetos, como garrafas e até a própria grade de proteção que isolava a imprensa.



A confusão, registrada por vários veículos de imprensa, só foi controlada depois que os deputados Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Carlos Zarattini (PT-SP), além do coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, retiraram Durán do local.



O repórter teve um arranhão no braço e saiu do prédio pelo subsolo. Ele continua na cobertura do lado de fora do sindicato.

ATAQUE QUÍMICO DEIXA DEZENAS DE MORTOS NA SÍRIA

Dezenas de pessoas morreram em um suposto ataque químico em Douma, cidade controlada pelos rebeldes perto da capital Damasco, afirmaram ativistas, equipes de resgate e médicos sírios neste domingo (8).





Comunicado conjunto divulgado pela Sociedade Médica Sírio-Americana (SAMS, na sigla em inglês) e a Defesa Civil síria (ONG mais conhecida como Capacetes Brancos) cita 49 mortos.


O Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), ONG que monitora a guerra civil do país, disse que ao menos 80 pessoas foram mortas em Douma ontem, incluindo cerca de 40 que morreram de sufocamento.


A acusação do suposto ataque químico, que ocorreu no final do sábado, partiu do grupo rebelde sírio Jaish al-Islam. Eles acusam o regime de Assad de lançar um barril-bomba com substâncias químicas venenosas contra civis em meio a uma ofensiva das forças do governo sírio a Douma.


Os Capacetes Brancos, socorristas ligados à oposição, relataram que famílias inteiras foram encontradas sufocadas em suas casas e abrigos.


O OSDH disse que não podia confirmar se armas químicas foram usadas no ataque. As agências de notícias também não conseguiram confirmar os relatos de forma independente.


Douma fica no subúrbio de Damasco, na região conhecida como Ghouta Oriental, que vem sendo alvo do regime sírio por concentrar opositores perto da capital.


LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA É PRIMEIRO EX-PRESIDENTE BRASILEIRO PRESO POR CRIME COMUM

Luiz Inácio Lula da Silva é o primeiro ex-presidente da República a ser condenado e preso pela Justiça por crime comum. Lula foi preso neste sábado (7) pela Polícia Federal.


Antes de Moro expedir a ordem, a defesa do ex-presidente tentou evitar a prisão com um habeas corpus preventivo no Supremo Tribunal Federal (STF), mas o pedido foi negado.

HOMEM MORRE APÓS TENTATIVA DE ASSALTO NO RN

Um homem de 60 anos de idade morreu depois de uma tentativa de assalto no bairro Candelária, na Zona Sul de Natal. O crime aconteceu neste sábado (7) e os criminosos fugiram em uma motocicleta.





De acordo com informações de vizinhos, o homem estava entrando no carro, em frente a residência onde a filha dele mora, quando foi abordado por dois assaltantes. De dentro das casas, as pessoas que moram na Rua Trajano Murta escutaram um disparo, e o barulho da moto indo embora.


Do lado de fora, encontraram o senhor atingido, já no chão. Ele teria se assustado com a chegada dos criminosos, e teve uma reação brusca. Em seguida os homens atiraram. O tiro atingiu a cabeça da vítima. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou que ele estava morto.

LULA PASSA A PRIMEIRA NOITE PRESO NA SEDE DA PF EM CORITIBA

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou na noite deste sábado (7) a Curitiba, onde começará a cumprir a pena de 12 anos e 1 mês de prisão pela condenação no caso do triplex em Guarujá (SP).





Ele foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele é o primeiro ex-presidente do Brasil condenado por crime comum.


Lula pousou no aeroporto Afonso Pena, em Curitiba, às 22h01. De lá, seguiu de helicóptero até a Superintendência da PF na capital paranaense, onde pousou às 22h28.


Por ordem de Moro, o ex-presidente ficará preso em uma sala especial de 15 metros quadrados, no 4º andar do prédio da PF, com cama, mesa e um banheiro de uso pessoal. Também foi autorizada a instalação de um TV no local.


HADDAD IMPÕE ‘LEI DA MORDAÇA’ À PRÓPRIA ASSESSORIA, NO MINISTÉRIO DA FAZENDA

Fernando Haddad baixou portaria estabelecendo uma “lei da mordaça” na própria assessoria da comunicação do Ministério da Fazenda, como se nã...