31 de julho de 2019

PREFEITURA DE SANTA LUZIA CONCLUI O PAGAMENTO DE JULHO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS

A Prefeitura Municipal de Santa Luzia (PMSL) concluiu nesta quarta-feira (31) o pagamento dos servidores públicos municipais, referente ao mês de julho. Receberam nesta data os funcionários efetivos e temporários. Como vem ocorrendo nos últimos meses, o repasse dos benefícios dos aposentados e pensionistas foi depositado de forma antecipada, no último dia 23.





Estamos priorizando, mais uma vez, o pagamento em dia e dentro do mês trabalhado do funcionalismo público municipal para que os membros da ativa e também os aposentados e pensionistas possam honrar os compromissos com os seus fornecedores e credores. Isso é fruto de um esforço muito grande para fazer uma administração, bem como uma gestão fiscal e de pessoal de forma correta”, comentou o prefeito Zezé.




Ainda de acordo com o prefeito, o pagamento dos servidores municipais garante uma injeção financeira significativa na economia local de Santa Luzia. “É mais dinheiro circulando no comércio local. Com isso, ganha o funcionalismo público e o mercado privado, que passa a investir mais, pois, sabe que o pagamento do servidor do município  ocorre em dia”, frisou.

IGREJA CATÓLICA RECEBERÁ MAIS DA METADE DOS MIGRANTES LÍBIOS PRESOS EM NAVIO


Vários países europeus e a Igreja chegaram nesta quarta-feira (31) a um acordo para o desembarque e a distribuição dos 131 migrantes que se encontram a bordo do navio italiano Gregoretti, aos quais Roma havia negado o desembarque.









França, Alemanha, Portugal, Luxemburgo e Irlanda, bem como a Igreja Católica italiana, receberão esses migrantes bloqueados por dias em um navio da guarda costeira italiana, o Gregoretti, em um porto no sul do país, disse o porta-voz da Comissão Europeia. 




A Comissão não especificou a distribuição final dos migrantes, mas mais da metade deve permanecer na Itália a cargo da Igreja. 



Com este anúncio, se concretiza o acordo divulgado na semana passada para implementar um "mecanismo de solidariedade" entre 14 países da União Europeia (UE), e que passa pelo desembarque inicial de migrantes na Itália e sua posterior distribuição entre os Estados que assinaram disse compromisso. 




O ministro do Interior italiano Matteo Salvini, de extrema direita, já havia permitido na segunda-feira o desembarque dos menores a bordo do navio, mas condicionou a saída do resto das pessoas a um acordo de redistribuição entre os países da UE. 




A Guarda Costeira italiana ajudou os 140 migrantes provenientes da Líbia na última quinta-feira (25), o mesmo dia em que outros 110 perderam suas vidas ou desapareceram em um naufrágio na costa líbia. 




Após o resgate, eles foram transferidos para o Gregoretti, um navio da marinha italiana. 


Foto: Antonio Parrinello/Reuters.

PREFEITO AMAZAN AUTORIZA PAGAMENTO DE SALÁRIOS DE JULHO À SERVIDORES PÚBLICOS

O prefeito de Jardim do Seridó, Amazan Silva, autorizou nesta terça-feira, (30), o envio ao banco do repasse para o pagamento dos salários referentes ao mês de julho, de todos os servidores públicos municipais.
 
 
 
 
 
 
 
Com isso, o banco disponibilizará o dinheiro nas contas dos servidores nesta quinta-feira, (01/08).
 
 
 
Desde o primeiro mês de sua gestão, apesar das dificuldades encontradas, o prefeito Amazan continua cumprindo rigorosamente o compromisso de manter a folha de pagamento dos servidores em dia.

4 PRESOS ENVOLVIDOS EM MASSACRE NO PA SÃO MORTOS NA TRANSFERÊNCIA


Quatro envolvidos na briga entre facções que resultou no massacre do presídio de Altamira foram mortos durante o transporte para Belém, segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup). Com isso, o número de mortos no confronto chega a 62. 








Os novos crimes ocorreram entre os municípios de Novo Repartimento e Marabá na noite de terça-feira (30). Os presos eram levados algemados dentro de um caminhão, divido em duas celas.




Os corpos foram encontrados na manhã desta quarta (31) com sinais de sufocamento, conforme informou a Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe). O órgão não deu detalhes de como ocorreu o sufocamento. 




De acordo com a Segup, os mortos seriam da mesma facção e ocupavam a mesma cela no Centro de Recuperação Regional de Altamira. Os outros 26 presos que estavam no veículo e que seriam levados para a capital estão em isolamento. 




O caminhão tem quatro celas e a capacidade para até 40 preso – no momento dos crimes, 30 eram transportados. O Estado informou que não possui caminhão com celas individuais. 


Fonte: G1/PA - Foto: Adriano Baracho / TV Libera.

INTERCEPTAÇÕES FEITAS PELO MPRN MOSTRAM PRESO NO RJ ORDENANDO CRIME EM NATAL

Interceptações telefônicas obtidas pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) com autorização judicial mostram que Wildson Alves da Silveira, um dos chefes de uma facção criminosa que atua dentro e fora de unidades prisionais potiguares, ordenava o cometimento de crimes mesmo estando preso no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na capital do Rio de Janeiro. Os áudios foram gravados durante as investigações realizadas no âmbito da operação Conexão RJ, deflagrada na manhã desta terça-feira pelo MPRN e pela Polícia Militar.

 
A operação cumpriu 8 mandados de busca e apreensão no Passo da Pátria, comunidade na zona Leste natalense. Quando os policiais chegaram ao local para cumprir os mandados, criminosos ainda não identificados soltaram fogos de artifício para alertar os comparsas da presença da PM.


As ordens para os crimes, segundo as investigações do MPRN, foram dadas por Wildson Alves da Silveira, conhecido como Binho Beque ou Leão, que está preso em Bangu desde maio de 2017. Ele é fugitivo da cadeia pública Raimundo Nonato Fernandes, em Natal. Binho é apontado como sendo um dos chefes de uma facção criminosa que surgiu dentro de unidades prisionais potiguares.
 
 

 
 
As investigações do MPRN, que tiveram o apoio do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), apontam que, usando um aparelho de telefone celular, Wilson continuava comandando a facção criminosa de dentro do Complexo Penitenciário de Bangu. Ele chegou a ordenar ataques a viaturas da Polícia Militar em caso de os policiais entrarem no Passo da Pátria para fazer patrulhamento e também sugeriu aos subordinados que instalassem câmeras de segurança nas entradas da comunidade para que pudessem controlar o acesso e a saída do local por vídeo-monitoramento. Outra ordem dada pelo chefe aos demais integrantes da facção foi que eles passassem a promover eventos e shows na comunidade com o objetivo de aumentar o caixa do crime.
 
 
 
 
 
A Justiça do Rio Grande do Norte já ordenou que Wildson Alves da Silveira seja recambiado para o Rio Grande do Norte para cumprir as sentenças que é condenado. Essa transferência ainda não tem data para ser realizada e depende de iniciativa da Secretaria da Administração Penitenciária do RN (Seap).


DEPUTADO ESTADUAL TEM DIPLOMA CASSADO PELO TRE/RN

Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE) determinou, por 5 votos a 2, a cassação do diploma do deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL), em sessão realizada nesta terça-feira (30). Apesar da decisão, Pimentel ainda pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e manter suas atividades parlamentares enquanto o caso não estiver transitado em julgado. 





Para a Justiça, o deputado realizou captação ilícita de recursos para a campanha. O julgamento envolveu a prestação de contas apresentada pelo deputado à Justiça Eleitoral após as eleições realizadas no ano passado. Sandro Pimentel era vereador de Natal e concorreu ao cargo de deputado estadual, alcançando 19.158 e se tornando o primeiro parlamentar do PSOL a assumir uma vaga na Assembleia Legislativa Estadual. 



Caso perca na última instância, o deputado não poderá seguir no cargo, porém os votos continuarão com a legenda e quem assumiria no lugar dele será o Professor Robério Paulino, também do PSOL. Sandro diz ser inocente das acusações, e que vai recorrer da decisão.

COM MAIS UMA CONDENAÇÃO, EX-GOVERNADOR SÉRGIO CABRAL CHEGA A MAIS DE 200 ANOS PRISÃO


O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (MDB) foi condenado a mais 18 anos de prisão pelo juiz Marcelo Bretas, nesta terça-feira (30). É a 10ª condenação de Cabral na 1ª instância. Desta vez, ele foi julgado culpado na Operação Ratatouille, desdobramento da Lava Jato fluminense. 




A ação denunciou pagamento de propina no fornecimento de merenda escolar e prisional. As condenações de Cabral na primeira instância agora chegam a 215 anos e 11 meses de prisão. 



Luiz Carlos Bezerra, operador financeiro do ex-governador, também foi condenado. A pena é de 8 anos e 3 meses. O empresário do ramo alimentício Marco Antônio de Luca, dono da Masan e da Milano, também foi condenado a 32 anos.

VIVALDO COSTA VOLTA À AL/RN PARA SEU 14º MANDATO NA PRÓXIMA SEMANA

O Papa Jerimum, Vivaldo Costa (PV), assumirá sua cadeira na assembleia legislativa do RN pela 14ª vez.   Vivaldo Costa assumirá a vaga do en...