20 de julho de 2021

HOMEM MORRE ATROPELADO POR PNEUS QUE SE SOLTARAM DE CARRETA NO INTERIOR DO RN

Um homem morreu na manhã desta terça-feira, (20), após ser atingido por dois pneus que se soltaram do cavalo de uma carreta na BR-110 em Mossoró.

 

O vigilante Edson Deleon Pereira Santos, de 32 anos, estava voltando para casa de moto quando foi atingido pelos pneus que se soltaram da carreta. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou rapidamente ao local, mas o motoqueiro já estava sem vida.

PRIMEIRA REUNIÃO DA CPI DA COVID NA ASSEMBLEIA DO RN SERÁ DIA 4 DE AGOSTO

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou resolução que determina instalação da CPI da Covid-19 para o dia 4 de agosto, às 14h, e também dispõe sobre a nomeação de membros, fixação de data para reunião e eleição dos cargos de presidente e vice da CPI, além da designação de relator. A aprovação na manhã desta terça-feira (20) aconteceu depois de extenso debate e com abstenções da bancada governista. A data foi sugerida através de requerimento apresentado pelo deputado Kelps Lima (Solidariedade). 



Os membros titulares da Comissão Permanente de Investigação que investigará os gastos do governo estadual durante a pandemia de Covid-19 são os deputados Kelps Lima (SDD), Gustavo Carvalho (PSDB), Getúlio Rêgo (DEM), George Soares (PL) e Francisco do PT. Os deputados Galeno Torquato (PSD), Nelter Queiroz (MDB), Tomba Farias (PSDB), Ubaldo Fernandes (PL) e Isolda Dantas (PT) são os suplentes. A CPI tem prazo de funcionamento de 120 dias, prorrogáveis por mais 60 dias, mediante deliberação do Plenário.

 

O líder do governo na Casa, deputado Francisco do PT, cujo nome foi indicado para compor o colegiado, afirmou, durante a discussão da matéria, que “nós da bancada do governo, além de não temermos à CPI, estamos aqui para dar quorum”. 


O deputado Vivaldo Costa (PSD) chegou a sugerir o adiamento do início dos trabalhos da CPI. “Estamos numa seca terrível, havendo necessidade de água em determinadas localidades. É uma hora inadequada. Agora é hora de cuidar do campo, do agricultor, das pessoas que continuam morrendo para a Covid-19 e de lutar lutando por mais vacinas”, disse. 



Em contraponto, os deputados da oposição ao governo estadual defenderam a abertura dos trabalhos de investigação. “Vamos investigar e, se tiver desmandos, o governo vai ter que responder. Se não tiver, a governadora vai para disputa e o povo do RN vai dizer se ela vai ganhar ou não”, disse o deputado Galeno Torquato (PSD). 



Para o deputado Coronel Azevedo (PSC), essa é uma oportunidade para “o parlamento potiguar cumprir sua obrigação constitucional, legal e moral. É uma oportunidade para o governo mostrar que não fez nada de mais”. 



Também se manifestaram, durante a discussão da matéria, de forma presencial e remota, os deputados George Soares (PL), José Dias (PSDB), Dr. Bernardo (MDB), Kelps Lima (Solidariedade), Hermano Morais (PSB), Isolda Dantas (PT), Jacó Jácome (PSD), Nelter Queiroz (MDB), Souza Neto (PSB), Getúlio Rêgo (DEM), Gustavo Carvalho (PSDB) e Eudiane Macedo (Republicanos). 



Os deputados da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) deverão analisar a aquisição dos respiradores pelo Consórcio Nordeste e a edição dos decretos publicados pelo estado com as medidas sanitárias de combate à pandemia. 

 

GOVERNO FEDERAL ENTREGA AO RN MAIS 48 MIL VACINAS CONTRA COVID E ENVIARÁ MAIS DOIS LOTES COM 94 MIL DOSES

O Rio Grande do Norte recebeu do Governo Federal, no fim da manhã desta terça-feira (20), um carregamento com 48.700 doses de vacinas, entre Coronavac e AstraZeneca, contra a Covid-19. O Governo Federal enviará mais 94.640 doses até o fim da manhã da quarta (21).

 

Segundo sinalização do Ministério da Saúde, mais 74.750 unidades da AstraZeneca serão entregues ainda nesta terça, no final da tarde. As outras 19.890 doses anunciadas para esta semana são da Pfizer, e devem ser entregues até o fim da manhã desta quarta.

DOIS FUGITIVOS DA PENITENCIÁRIA DE ALCAÇUZ SÃO RECAPTURADOS NO RN

Dois dos 12 presos que fugiram da Penitenciária Estadual de Alcaçuz na madrugada do sábado passado (17) foram recapturados nesta segunda-feira (19). A informação foi confirmada pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

 

Os recapturados, segundo a pasta, foram Henrique de Oliveira Souza e Cleyton Marques de Mendonça.

 

De acordo com a Polícia Militar, os apenados foram detidos em uma casa no bairro de Brasília Teimosa, na Zona Leste de Natal, e estavam com três armas de fogo. No local, havia também munição de fuzil. Outras 9 pessoas foram presas com eles nessa ocorrência, segundo a PM.

 

A polícia chegou até os dois apenados após a casa de uma mulher ter sido assaltada em Jardim Progresso, na Zona Norte de Natal. Ela chegou a ficar cerca de duas horas refém dos criminosos. Os policiais descobriram a origem do carro e o dono do veículo informou que os produtos do roubo foram divididos entre as Rocas e Mãe Luiza. Os policiais então seguiram as pistas e chegaram aos criminosos.  

 

Fonte: G1/RN - Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi 

BRASIL VAI ATINGIR 100 MILHÕES DE VACINADOS COM UMA DOSE AINDA EM JULHO

Nos próximos dias, serão mais de 100 milhões os brasileiros que já receberam ao menos uma dose de vacina contra a Covid-19. É quase metade da população e mais de 63% dos brasileiros adultos, acima dos 18 anos de idade, alvo da campanha que pretende imunizar 158 milhões de pessoas. Ontem foi atingida a marca de 90 milhões de pessoas com a primeira dose, dos quais 34,2 milhões estão completamente imunizados. 
 

Em todo o mundo, apenas a Índia aplica mais doses que o Brasil, na média móvel de 7 dias de doses aplicadas, segundo o Our World in Data. 

 

Na última semana, foram administradas em média 1,4 milhão de doses por dia, no Brasil. A Índia passa de 4,2 milhões.

 

A expectativa é que até o final desta semana já tenham sido distribuídas mais de 160 milhões de doses, suficientes para vacinar todos os adultos. 

 

De acordo com a ferramenta vacinabrasil.org que acompanha a imunização nacional, já foram mais de 124 milhões de doses aplicadas.

NÚMERO DE MORTES POR COVID-19 NO BRASIL NAS ÚLTIMAS 24 HORAS É DE POUCO MAIS DE 600

O Brasil registrou 615 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando nesta segunda-feira (19) 542.877 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.224 – o menor registro desde o dia 1º de março (quando estava em 1.223). Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -21% e aponta tendência de queda. É o 23º dia seguido de queda nesse comparativo.

HADDAD IMPÕE ‘LEI DA MORDAÇA’ À PRÓPRIA ASSESSORIA, NO MINISTÉRIO DA FAZENDA

Fernando Haddad baixou portaria estabelecendo uma “lei da mordaça” na própria assessoria da comunicação do Ministério da Fazenda, como se nã...