26 de agosto de 2020

SAÚDE DOS OLHOS: ESPECIALISTA EXPLICA COMO CUIDAR DA VISÃO E EVITAR PROBLEMAS SÉRIOS

É estimado atualmente, que a cegueira afeta 39 milhões de pessoas em todo o mundo e que 246 milhões sofram de perda moderada ou severa da visão. Os dados são da Organização Mundial da Saúde (OMS) e constam no recente documento "As Condições da Saúde Ocular no Brasil 2019", elaborado pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO).  

 

O oftalmologista do Sistema Hapvida, Breno Barth, esclarece que as principais doenças que afetam a visão ''são os erros refrativos, como a miopia, astigmatismo e hipermetropia. As causas dependem, mas são corrigidas com uso de óculos, lentes de contato ou cirurgias''. Dentre alguns outros problemas oculares citados pelo especialista, se não tratadas por médicos podem levar à graves problemas ou até a cegueira.

 

 

''O glaucoma, retinopatia diabética e catarata se não acompanhadas podem levar a cegueira. O glaucoma como sabemos é a principal causa de cegueira irreversível no mundo, então sua prevenção é de total importância para que se evite distúrbios maiores. Já a catarata, é a principal causa reversível com a cirurgia, o paciente consegue voltar à vida normal. A retinopatia diabética deve ter um acompanhamento muito rigoroso para evitar deslocamento da retina e cegueira visual'', explica o médico do Hapvida.

 

 

Dá para prevenir a perda de visão

Uma das estratégias para evitar a perda de visão, é conscientizar as pessoas a não esperarem o aparecimento de sinais ruins para procurar o médico oftalmologista. Mas, Breno Barth alerta para '' um dos principais sintomas de que tem um problema de visão é realmente você não enxergar bem. Só que, além disso tem a dor de cabeça, dores na região frontal. O ideal é que a consulta oftalmológica seja realizada anualmente, para verificar a pressão intraocular, verificar a córnea, a retina, e também se tem algum distúrbio refrativo ou uma pequena miopia que esteja levando a uma perda na qualidade de vida''. 

 

Cuidados com lentes dos óculos

 

Uma dúvida muito comum é sobre o período em que os óculos devem ser trocados. Por isso, segundo o oftalmologista do Hapvida Saúde anualmente os óculos devem ser trocados. ''Com a maresia, sol, suor e a utilização ao decorrer do tempo, as películas de proteção que existem nas lentes vão perdendo qualidade e deteriorando'', reforça. 

 

 

Por falar em lentes, a forma correta de uso e higienização das lentes de contato também são essenciais. '' Existem as lentes de contato usadas diariamente, mensalmente e anualmente. Atualmente a lente mais utilizada é a mensal e não devem extrapolar o período de um mês, após isso é necessário trocar. Todas devem ficar em um estojo limpo, que, se possível, também trocado mensalmente ou a cada 2 meses e com produtos recomendados por laboratórios. Não se pode dormir com lente de contato'', finaliza Breno Barth.

TRISTEZA! MÃE VIRA CARRO E CRIANÇA DE 6 ANOS MORRE NA ZONA RURAL DE PARELHAS

Uma criança de 6 anos morreu em um capotamento de carro nesta quarta-feira (26), no município de Parelhas. O acidente aconteceu na estrada de terra de acesso ao povoado Juazeiro. Outras duas pessoas ficaram feridas. 

 

 

 



Segundo informações, o acidente aconteceu a 6 km do centro de Parelhas. "Virgínia de Toró", de 38 anos dirigia o carro quando perdeu o controle da direção e capotou. No carro estavam, além dela, duas filhas, a menina vitória, de 6 anos que morreu no acidente e outra filha de 16 anos. 

 

 

A mãe e a filha mais velha foram socorridas ao Hospital Dr. José Augusto Dantas na cidade de Parelhas e foram liberadas em seguida. Elas residem em Carnaúba dos Dantas. 

 

 

Do Blog: Muito triste mesmo! Deus à receba e conforte sua família. Amém!

EM DECRETO, RN LIBERA ENTRADA DE PESSOAS ACOMPANHADAS EM ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS

Conforme o plano de retomada gradual da atividade econômica durante o período da pandemia do novo coronavírus, a governadora do Estado, Fátima Bezerra, emitiu decreto regulamentando a entrada de pessoas acompanhadas, limitadas a duas, em todos os estabelecimentos comerciais do Rio Grande do Norte que estão autorizados a funcionarem.

 

 

O decreto de nº 29.945 publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (25), revoga dispositivo do decreto estadual  nº  29.583,  datado de  1º  de abril, que limitava a entrada de apenas uma pessoa de uma mesma família por estabelecimento durante a pandemia do novo coronavírus (COVID-19).

 

 

 

O plano de retomada da atividade econômica em execução prevê a flexibilização das medidas, mediante critérios sanitários seguros à garantia e controle dos dados epidemiológicos, quando a taxa de transmissibilidade do Sars-CoV-2, estiver em patamar inferior a 1,00, há mais de um mês, no Rio Grande do Norte, bem como a diminuição da demanda de leitos clínicos e de terapia intensiva alcançar menos de 41%, como está ocorrendo.

 

 

Segundo o decreto, não integram o quantitativo máximo crianças de até 12 anos e o acompanhante ou atendente pessoal da pessoa com deficiência.

JUÍZA DO TRABALHO DO RN ACREDITA QUE PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS AFETA TAMBÉM OS DIREITOS HUMANOS


A pandemia do novo coronavírus tem afetado todo o Brasil e no Rio Grande do Norte não é diferente. Para a juíza do trabalho Aline Fabiana Campos Pereira, que integra o quadro do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN), há no Estado a reprodução do que acontece nacionalmente: “a crise não é somente sanitária, mas também humanitária”. 

  


Na visão da magistrada, já havia uma crise social no Brasil desde a implantação da Reforma Trabalhista, em 2017, que foi agravada com a pandemia do novo coronavírus. Esse quadro, na sua opinião, ameaça a preservação dos Direitos Humanos, que garantem que todos tenham uma vida digna.

 

 

 

“Sob a promessa de aumentar a empregabilidade, as mudanças na legislação trabalhista promoveram a redução de alguns direitos e a subtração de outros, com destaque para o enfraquecimento do sistema sindical e à atribuição de um valor maior às negociações do que a própria lei”, analisa Aline Campos.

 

 

 

A magistrada acredita que um dos desafios da pandemia é fazer com que as atuais vivências conduzam a humanidade para a construção de um novo modelo civilizatório, condição para que haja o fortalecimento dos Direitos Humanos.

 

 

 

“Trata-se de direitos e liberdades inalienáveis e indivisíveis. Direitos que se prestam a proteger todos os seres humanos e que precisam ser preservados, sendo um deles o direito ao trabalho, que tem sido um dos mais afetados com a pandemia”, acredita a juíza.

 

 

 

Aline Campos concedeu entrevista sobre o tema ao “Justiça e Trabalho”, programa semanal produzido pela Divisão de Comunicação Social (DCS) do TRT-RN que é veiculado em emissoras locais e disponibilizado no canal do Tribunal no YouTube. Ele é mestre em Direitos Humanos e atua na 9ª Vara do Trabalho de Natal.

GOVERNO DO RN SANCIONA LEI PARA INCLUIR PESCADO NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

A governadora Fátima Bezerra (PT) sancionou lei aprovada na Assembleia Legislativa, que permite a inclusão do pescado oriundo da agricultura familiar no cardápio da alimentação escolar das instituições públicas de ensino do Estado do Rio Grande do Norte, visando estimular a alimentação saudável. A lei ainda fomenta a agricultura familiar, neste caso, aquela praticada por aquicultores que explorem, por exemplo, reservatórios hídricos com superfície total de até dois hectares ou ocupem até 500 metros cúbicos de água, quando a exploração se efetivar em tanques-rede e  pescadores  que exerçam a atividade pesqueira artesanalmente.

 

 

Segundo a legislação, a alimentação escolar é direito dos alunos da educação básica pública, dever do Estado e será promovida e incentivada com vistas ao atendimento das diretrizes estabelecidas para a inclusão do pescado no cardápio escolar, observados os  termos  estabelecidos  no  Programa  Nacional  de  Alimentação Escolar (PNAE), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

 

 

 

Para a aquisição do pescado será priorizado o agricultor familiar do município onde está localizada a unidade escolar. Caso a oferta  para  atender  a  demanda  local  seja insuficiente, o pescado poderá ser adquirido de outros municípios ou de outros estados com a mesma priorização, diz a lei que foi uma iniciativa do deputado Souza Neto (PSB).

 

 

 

De acordo com a lei, os cardápios  da  alimentação  escolar  deverão  respeitar  as referências nutricionais, os hábitos alimentares, a cultura e a tradição alimentar da localidade ou região. O pescado poderá constar do cardápio escolar, preferencialmente,  duas  vezes  por  semana,  por  se  tratar  de  alimento  saudável,  com  alto  valor nutricional, contribuindo para o desempenho no processo de aprendizagem.

AO MENOS UM CASO DE REINFECÇÃO PELO COVID-19 É REGISTRADO EM PAÍSES DIFERENTES

Cientistas da Holanda e da Bélgica confirmaram nesta terça-feira (25) a detecção de um caso cada um, em seus respectivos países, de reinfecção pela covid-19, no dia seguinte após o primeiro caso desse tipo no mundo ter sido revelado, em Hong Kong. As informações são do portal R7.

 

 

“Na Holanda, a virologista Marion Koopmans, assessora da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do governo de Haia, confirmou que um paciente holandês, um idoso com sistema imunológico “debilitado”, também contraiu o coronavírus pela segunda vez desde o início da pandemia, em março”, disse a reportagem.

 

 

“Todas as infecções por SARS-CoV-2 têm uma impressão digital diferente, um código genético. As pessoas podem carregar restos do vírus por um longo tempo após a infecção e ocasionalmente secretar algum RNA (ácido ribonucléico, o material genético deste tipo de vírus)”, disse Koopmans.

 

 

Ainda de acordo com a matéria, a virologista holandesa recusou-se, como precaução, a detalhar os sintomas do paciente reinfectado pois, avisa, “precisamos ver se isso ocorre com mais frequência”, embora reconhecesse que o fato de pacientes infectados aparecerem uma segunda vez “estava de acordo com as expectativas” dos cientistas, apenas que “ainda não havia evidências para isso”.

 

POLÍCIA PRENDE "MÃE" QUE ABANDONOU BEBÊ ENCONTRADO MORTO EM BR NO RN


A mãe que abandonou seu bebê de apenas 14 dias dentro de uma bolsa às margens da BR-101, na Grande Natal, encontrado morto nesta terça-feira (23), foi presa  pela Polícia Civil, após confessar o crime.

 

 

Em depoimento preliminar, a mãe — que não teve a identidade revelada — disse que abandonou o bebê ainda com vida, no sábado 22.

 

 

“De acordo com a mulher, que possui duas filhas, a criança seria fruto de um relacionamento ocasional e, por ela não ter condições financeiras, não poderia ficar com o filho. Segundo a suspeita, ela teria abandonado o bebê em local de passagem, para que ele fosse encontrado por alguém. A mulher afirmou ainda estar arrependida de ter abandonado o filho e provocado sua morte”, relatou o delegado Cidórgeton Pinheiro.

 

 

A ordem de prisão temporária foi cumprida por polícias civis na cidade de Goianinha, na Grande Natal, onde a mulher mora.

 

 

O crime é caracterizado como infanticídio.

 

Foto: Ilustração.


TSE APROVA DIVISÃO PROPORCIONAL DE DINHEIRO E TEMPO DE TV PARA CANDIDATOS NEGROS E BRANCOS


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta terça-feira (25), por 6 votos a 1, que a divisão de recursos de financiamento de campanhas e o tempo de propaganda no rádio e TV devem ser divididos proporcionalmente entre candidatos negros e brancos nas eleições.

 

 

Os ministros tomaram a decisão ao analisar uma consulta apresentada pela deputada Benedita da Silva (PT-RJ) e por representantes do movimento negro. Também por decisão da maioria, a regra valerá somente a partir das eleições de 2022.

 

 

Ao fim do julgamento, o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, afirmou o que a decisão foi "muito importante" para a vida do tribunal e para o próprio país.
 
 
 
Do Blog: E não somos todos iguais? Legislar para  que os negros tenham os mesmos direitos que os brancos é fomentar o racismo. Nossa constituição já reza que somos todos iguais. Já é o bastante!
 

VIVALDO SUGERE AMPLA DIVULGAÇÃO SOBRE IMPORTÂNCIA DA IMUNIZAÇÃO CONTRA O SARAMPO DURANTE PANDEMIA


Em sessão ordinária, nesta terça-feira (25), o deputado Vivaldo Costa (PSD) protocolou requerimento pedindo uma ampla divulgação sobre a importância da imunização contra o sarampo durante a pandemia da Covid-19. A solicitação, em regime de urgência, foi encaminhada ao secretário de saúde pública, Cipriano Maia de Vasconcelos.

 

 

 

Como médico pediatra, Vivaldo disse sentir-se preocupado com a ausência da comunidade tratando de demandas sérias da saúde pública, já que devido à pandemia muitos estão com medo de procurar o serviço de saúde e se expor ao coronavírus. “O Brasil passa por uma situação bastante preocupante, sendo levantada pelas autoridades públicas em saúde, a informação sobre desinteresse da população em relação à procura pela vacina que combate o sarampo”.

 

 

 

 

O sarampo é uma doença infecciosa grave causada pelo vírus Measles morbillivirus e transmitida através do contato com gotículas respiratórias contaminadas. “A maneira mais eficiente para prevenir essa doença é a imunização, que por sua vez, afasta um possível risco de surto do sarampo. É fundamental, neste momento difícil e excepcional que o Poder Público tome as medidas cabíveis para que haja uma ampla divulgação sobre a importância da imunização contra o sarampo durante a pandemia”, defendeu.



SEGURANÇA É MORTO A TIROS DURANTE ASSALTO EM CIDADE SERIDOENSE

O segurança, identificado como sendo, Juvenal, foi morto a tiro no início da noite desta terça-feira, (27), no centro da cidade de Currais N...