1 de dezembro de 2016

DUPLA ARROMBA CASA E MATA ADOLESCENTE COM 2 TIROS NA CABEÇA EM CIDADE DO RN

Um adolescente de 17 anos foi assassinado a tiros na madrugada desta quinta-feira (01) no município de Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal. João Monteiro Torres Neto, estava em casa quando foi alvejado.
 
 
 
Segundo testemunhas, dois elementos chegaram à residência da vítima, arrombaram a porta e atiraram na cabeça do mesmo, que não resistiu e morreu no local. Para a Polícia, o crime pode ter sido um acerto de contas, por envolvimento com drogas.
 
 
 
 

VIVALDO RECEBE PREFEITA ELEITA DE SÃO VICENTE E SE COLOCA À DISPOSIÇÃO PARA CONTINUAR AJUDAR CIDADE

Quem esteve visitando o gabinete do deputado Vivaldo Costa (PROS) foi a prefeita eleita do município de São Vicente, Iracema Pereira (PMDB) e o seu vice Andreazza. O parlamentar conversou sobre as prioridades do município e se colocou a disposição para continuar ajudando a população vicentina.
 
 
 
 
 
 
 
 
O deputado lembrou a parceria que tem com São Vicente, ao lado do vereador Neguinho Gabriel. Além da prefeita, que está terminando seu mandato como vereadora, assessores também acompanharam o encontro. “Estou a disposição para fortalecer nossas lutas junto a São Vicente. Cidade que tenho um carinho enorme, além de grandes amigos e parceiros políticos que sempre procuram as melhorias para o município”, contou.

ÓRGÃOS DO GOVERNO ARTICULAM O ACESSO AO CRÉDITO RURAL PARA BENEFICIÁRIOS DO PNCF

Objetivando ampliar a oferta de crédito rural no estado, a Seara, a Emater, a Seplan e Banco do Nordeste, numa articulação institucional, estão pactuando um Acordo de Cooperação Técnica com vistas a garantir que beneficiários do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) possam ter acesso ao  Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf A).
 
 
 
 
A meta é de que mil famílias, já contempladas com o Crédito Fundiário, possam ter acesso ao Pronaf A no ano de 2017. Serão investidos 26 milhões de reais do Pronaf A em financiamento para os agricultores familiares realizarem atividades produtivas em seus imóveis rurais.
 
 
 
 
O Pronaf destina-se a estimular a geração de renda e melhorar o uso da mão de obra familiar, por meio do financiamento de atividades e serviços rurais agropecuários e não agropecuários desenvolvidos em estabelecimento rural ou em áreas comunitárias próximas. São beneficiários agricultores familiares assentados pelo Programa Nacional de Reforma Agrária (PNRA) ou beneficiários do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) que ainda não contrataram essa operação de crédito ou que ainda não contrataram o limite de operações ou de valor de crédito de investimento para estruturação no âmbito do Pronaf.
 
 
 
 
A Seara vem somando todos os esforços junto aos parceiros para que essa ação possa chegar efetivamente aos beneficiários do Crédito Fundiário,  tendo em vista que o PNCF é executado pela nossa secretaria, assim, esse conjunto de órgãos vai trabalhar para qualificar as propostas de projetos do Pronaf A, promovendo o acesso ao crédito rural e a assistência técnica da Emater”, disse Raimundo Costa, titular da Seara.
 
 
 
 
No próximo dia 13 de dezembro os órgãos envolvidos irão se reunir para definir as áreas de atuação e estratégias de implementação da ação.

BANDIDO PERIGOSO QUE ESPANCOU IDOSA DE 70 ANOS EM ASSALTO E ATIROU EM COMERCIANTE É PRESO NO RN

A Delegacia de Polícia Civil de Goianinha, distante pouco mais de 60 quilômetros de Natal, prendeu nesta quarta-feira (30) um homem suspeito de praticar assaltos na cidade. Segundo a polícia, Adilson da Silva Albuquerque tinha quatro mandados de prisão em aberto e é suspeito de espancar uma senhora de 70 anos durante um assalto. "O que chama a atenção é a agressividade dele ao realizar os crimes. Ele é extremamente violento", disse o Delegado Wellington Guedes.
 
 
 
Adilson, que também é chamado de 'Nenê', responde a quatro processos em Goianinha por tráfico de drogas e roubo. "Ele estava no semiaberto, mas cortou a tornozeleira e praticava assaltos em toda a região", relatou o delegado. O suspeito ficará detido na Delegacia de Goianinha enquanto aguarda a liberação de uma vaga em uma unidade do sistema prisional do estado.
 
 
 
 
"Na semana passada o Adilson espancou uma senhora, uma idosa que ficou nervosa para dar a bolsa. Ele a agrediu e ainda atirou em um comerciante que agora luta pela vida no hospital", acrescentou Wellington Guedes.
 
 


Sobre a prisão do suspeito, o delegado disse que ele foi localizado na casa da sogra, que fica no vizinho município de Espírito Santo. Com ele foram encontrados dinheiro, drogas, uma motocicleta roubada e um revólver.

PREFEITA DE CIDADE DO RN É AFASTADA DO CARGO POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA


Os Ministérios Público Federal e Estadual deflagraram na manhã desta quinta-feira, (01), a Operação Didática, voltada à apuração de atos de improbidade administrativa praticados no âmbito da Prefeitura de Baraúna. Mandados de busca e apreensão foram sendo cumpridos no município. A prefeita de Baraúna, Antônia Luciana da Costa Oliveira, está afastada cautelarmente do cargo, por determinação tanto da 8ª Vara da Justiça Federal, quando da Vara Única da Comarca de Baraúna.

 
 


Além de afastada das funções públicas, a atual prefeita está impedida de se aproximar das dependências da sede da Prefeitura, das Secretarias e demais órgãos municipais, bem como de manter contato com qualquer pessoa integrante da administração do Município.

 

 

Para o MPF, o afastamento é necessário para garantir tanto a instrução da ação, como o desenrolar, sem interferência, das investigações que serão realizadas quanto à aplicação de recursos federais direcionados a outros convênios/programas, sobre os quais também há suspeitas de desvios.

 
 


No início do mês de novembro, o MPF em Mossoró ajuizou ação civil pública com pedido de afastamento da prefeita, em virtude de ter inúmeras irregularidades praticadas com verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb), do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e do apoio à Manutenção da Educação Infantil (MDE). Todas as irregularidades foram atestadas pela Controladoria Geral da União (CGU), em fiscalização solicitada pelo MPF.

 

 

As investigações apontaram para a existência de um esquema fraudulento na aplicação de recursos federais destinados à educação, comprovado mediante inúmeras ilegalidades, a exemplo de processos licitatórios para contratação de empresas fornecedoras/prestadoras de serviço com indícios de direcionamento; dispensa de licitação sem fundamentação legal; sobrepreço; superfaturamento e ateste e pagamento por produtos não entregues. Houve, ainda, utilização não comprovada de recursos, não disponibilização de processos licitatórios solicitados pela equipe de fiscalização, contratação de empresa de “fachada”, dentre outros.
 

 


Já na esfera estadual, a investigação abrange a decretação de estado de emergência forjado por parte da Prefeitura de Baraúna, utilizado como fundamento para dar ares de regularidade a dispensas de licitação indevidas, bem como o pagamento indevido de serviços de licenciamento de uso e direito de software, os quais não restaram devidamente executados. A decretação do estado de emergência também é objeto da ação do Ministério Público Federal.

 

 

Além da prefeita, também são alvo da ação de improbidade do MPF, o secretário de finanças do município, Adjano Bezerra da Costa e Alef Douglas Arrais de Lima, sócio da empresa Nordeste Distribuidora, que forneceu propostas, certidões, notas fiscais, recibos e todos os demais documentos relevantes para encobrir a contratação ilegal da empresa, previamente escolhida para integrar o esquema.
 
 
 


Os atos de improbidade noticiados na presente ação relacionam-se a graves desvios de verbas destinadas à Educação, especialmente alimentação e instrução de crianças e adolescentes, revelando o despudor completo dos gestores com seus deveres constitucionais, colocando em situação de risco jovens que, em sua maioria, já são penalizadas pela difícil situação financeira de suas famílias", destaca o procurador da República Aécio Tarouco, que assina a ação.
 
 

 

A decisão da 8ª Vara da Justiça Federal determinou ainda a indisponibilidade de bens da prefeita e de outras seis pessoas (físicas e jurídicas). A ação tramita na Justiça Federal sob o número 0801947-38.2016.4.05.8401.

CHAPECOENSE AFIRMA QUE VELÓRIO COLETIVO NA ARENA SERÁ NO SÁBADO (03)

O presidente em exercício da Chapecoense, Ivan Tozzo, informou que o velório de vítimas da tragédia com o voo da delegação do clube vai ocorrer na manhã de sábado. Ainda não há um número oficial de corpos a serem velados na Arena Condá, em Chapecó (veja vídeo acima). A expectativa, pela manhã, era de que pelo menos 51 vítimas sejam veladas no estádio.
 
 
 
 
Caixões cobertos pelo símbolo da Chapecoense em Medellín  (Foto:  Jaime Saldarriaga/Reuters)
 
 
 
Tozzo recebeu por telefone a nova previsão de chegada dos aviões da Força Aérea Brasileira na tarde desta quinta-feira. Eles devem pousar em Chapecó entre meia-noite e seis da manhã de sábado.
 
 
 
"Pela informação que recebi, os corpos vão chegar na madrugada de sábado. Então, provavelmente, o ceriomonial será feito no sábado pela manhã. Pelo que recebi em um telefonema agora, entre meia noite e seis da manhã de sábado os corpos vão chegar. Os corpos foram todos identificados, estão na funerária passando pelo embalsamamento e vão chegar aqui nesse horário", afirmou Tozzo.

 
 
Todos os 71 mortos na queda do avião da Chapecoense foram identificados no Instituto Médico Legal de Medellín.
 
 
 
Com a identificação, os corpos das vítimas brasileiras passm agora por tratamento para o transporte até o Brasil. Uma força-tarefa com funcionários da Embaixada brasileira em Bogotá e do Itamaraty está na Colômbia para ajudar as famílias nos trâmites burocráticos.
 
 
 
Além de brasileiros, há entre os mortos cinco bolivianos, um paraguaio e um venezuelano.

NELTER QUEIROZ EMITE NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DE MILTON CALDAS AMORIM

"É com muita dor que registro nesta quinta-feira (1°) nossos votos de pesar pelo falecimento ocorrido em Natal, do amigo e auditor fiscal, Milton Caldas Amorim.
 
 
Com raízes em Caicó e Jardim do Seridó, Milton abriu uma lacuna de imensa saudade na vida de todos nós, principalmente, devido à sua gentileza, humildade, simplicidaee, sinceridade e também por seus relevantes serviços prestados ao nosso Estado.
 
 
Deixo meu abraço solidário e fraterno a todos seus familiares, principalmente, à sua esposa Maria Aparecida silva de Amorim e aos seus filhos: Valéria, Vicente e Milton Amorim.
 
 
Que Deus o tenha recebido em bom lugar. Descanse em paz!".

AVIÃO DA CHAPECOENSE ESTAVA SEM NENHUM COMBUSTÍVEL AO CAIR, DIZ AUTORIDADE COLOMBIANA

A aeronave com a delegação da Chapecoense estava sem nenhum combustível ao cair, apontam os resultados preliminares da investigação do acidente, divulgados na noite desta quarta-feira (30) em Medellín, na Colômbia. A aeronave, que havia saído de Santa Cruz de la Sierra rumo a Medellín, bateu contra uma montanha na cidade de La Unión na madrugada de terça-feira (29). Das 77 pessoas a bordo, 71 morreram e seis sobreviveram.
 
 
 
 
 
 
 
 
"Podemos afirmar claramente que a aeronave não tinha combustível no momento do impacto", disse Freddy Bonilla, secretário de Segurança Aérea da Colômbia.
 
 
 
 
A constatação da ausência de combustível se deu nas primeiras inspeções dos destroços do avião, afirmou Bonilla. Diante das evidências, segundo ele, os investigadores trabalham com a hipótese de "pane seca", quando a falta de combustível faz parar os sistemas elétricos da aeronave. "Iniciamos uma apuração para esclarecer o motivo pelo qual essa aeronave estava sem combustível no momento do impacto", disse o secretário.
 
 
 
 
A tripulação do Avro RJ-85 da companhia aérea boliviana LaMia pediu prioridade para pousar em razão da falta de combustível à 0h48 (horário de Brasília). Quatro minutos depois, à 0h52, declarou emergência. Os destroços foram encontrados a 17 km do aeroporto José María Córdova.

PACTO FISCAL ÚNICO PARA ESTADOS É 'DIFÍCIL DE APLICAR', DIZ GOVERNADOR DO RN EM BRASÍLIA

Depois de o Nordeste reagir ao pacote de medidas de ajuste fiscal proposto pelo governo federal, o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, defendeu nesta quarta-feira (30) ações "regionalizadas" e disse que é "difícil de aplicar" um pacto único para todos os Estados do país.
 
 
 
 
 
"Existem vários 'Brasis'. Não podem adotar medidas iguais para Santa Catarina, Paraná, que são Estados ricos, e Rio Grande do Norte ou Paraíba. É preciso fazer adequações de acordo com o regionalismo. Não pode ter uma receita de bolo igual para todos os Estados. O importante é que cada um atenda metas necessárias para que o Estado fique dentro de um padrão interessante do ajuste fiscal que o governo federal quer", defendeu.
 
 
 
 
Depois de reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, Robinson Faria declarou que houve um "equívoco" nesta semana e que os governadores da região não se posicionaram contra medidas de austeridade propostas pela União.
 
 
 
 
Na semana passada, o presidente Michel Temer acordou com governadores a liberação de mais de R$ 5 bilhões referentes à multa do programa de regularização de recursos ao exterior. Em troca, o governo exige que os Estados adotem medidas de controle de ajuste fiscal.
 
 
 
 
No início desta semana, governadores do Nordeste reagiram ao pacote de medidas do Ministério da Fazenda e disseram ter feito o "dever de casa".
 
 
 
 
Na segunda, o secretário de Tributação do Rio Grande do Norte, André Horta, defendeu que o pagamento da multa da repatriação e as medidas de ajuste devem ser discutidas separadamente.
 
 
 
 
O governador Robinson Faria declarou nesta quarta, no entanto, que houve um "equívoco" e que, na verdade, os Estados nordestinos não se posicionaram contra a proposta de ajuste fiscal.
 
 
 
 
 
"Expliquei ao ministro Meirelles que não houve divergência, não houve contradição ou sentimento do Nordeste de não cumprir as metas, muito pelo contrário. O Nordeste é quem mais precisa de apoio hoje. Jamais iríamos ser irresponsáveis para não cumprir metas para poder ter contrapartida do governo federal de apoio a operação de crédito", disse.
 
 
 
 
Segundo Robinson Faria, houve "má interpretação" de que o Nordeste estava "divergindo" ou "querendo dar um grito de independência". Ficou acertado com Meirelles, segundo ele, que o Nordeste elegerá um representante para falar em nome dos nove estados com o governo federal e "esclarecer tudo que aconteceu".
 
 
 
 
"Ficou parecendo que o Nordeste, para receber multa da repatriação, queria receber independente de atender o governo federal. Isso não aconteceu", reforçou.
 
 
 
 
Em relação à proposta de estabelecer uma regra semelhante à PEC do teto de gastos, que limita o crescimento das despesas à inflação, Faria afirmou que o grupo do Nordeste ainda está debatendo o tema. "Estamos discutindo, com opinião para dar certo. Não quero me adiantar à decisão final do Nordeste", disse.
 
 
 
 
O governador também não cravou que o grupo vai apoiar o aumento da contribuição previdenciária de 11% para 14% nos Estados, mas disse que isso tende a acontecer. "Há uma tendência de aumentar a alíquota", afirmou.

DENÚNCIA! SECRETARIA DE SAÚDE DE JARDIM DO SERIDÓ PAGA ENERGIA PARA MORADORES VIZINHO A PSF II

Segundo denúncia, a secretaria de saúde de Jardim do Seridó é quem paga a energia elétrica de 2 “apartamentos” que são anexos a casa onde funciona o PSF II, no centro de Jardim do Seridó.
 
A denúncia só foi feita após o imóvel ter a energia elétrica cortada por falta de pagamento de 3 faturas junto a Cosern, tendo os 2 "apartamentos" também ficado sem energia elétrica.
 
Segurando informações chegadas à nosso redação, os dois imóveis pertencem a casa, mas a energia de ambos vem da casa, quando deveriam ter seus “medidores” separados, haja vista que o mesmo foi alugado à prefeitura, e a energia é paga com dinheiro do povo.
 
Resta esperar que as autoridades tomem as providências, e que, em se comprovando a denúncia, que os envolvidos paguem perante a lei, por ato de improbidade administrativa, e que devolvam o dinheiro do povo.
 
Do Blog: São esses “gatos” que comem o dinheiro público, ai depois quem não presta é quem tem coragem de denunciar. Aqui se mostra a verdade de verdade.

 

STF DECIDE NESTA QUINTA-FEIRA, (01) SE RENAN VIRA RÉU POR FALSIDADE E PECULATO

O Supremo Tribunal Federal (STF) deverá decidir nesta quinta-feira (1º) se abre uma ação penal e torna réu o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). O parlamentar é acusado de prestar informações falsas, usar documentos falsos e desviar verbas públicas.
 


A denúncia a ser analisada pelos ministros surgiu de um escândalo revelado em 2007, a partir da suspeita de que um lobista da construtora Mendes Júnior pagava a pensão de uma filha de Renan Calheiros com a jornalista Mônica Veloso.
 


No total, Calheiros é alvo de 12 inquéritos no STF, em diversos casos. O que será analisado nesta quinta não tem relação com a Operação Lava Jato (que apura desvios na Petrobras, na qual o senador é alvo de outros 8 inquéritos) nem com a Operação Zelotes (relacionada à suposta venda de medidas provisórias, em que ele é alvo de uma outra investigação).
 
 
 
Renan Calheiros é acusado de apresentar ao Senado informações falsas sobre sua renda na tentativa de mostrar que pagava do próprio bolso a pensão da filha. Na época, ele também presidia o Senado e chegou a renunciar ao cargo para escapar de um processo de cassação.
 
 


A denúncia, apresentada em 2013 pelo então procurador-geral da República, Roberto Gurgel, é resultado da análise de notas fiscais e outros documentos relativos à venda de gado que o senador apresentou ao Conselho de Ética do Senado para se defender.
 
 
 
"Apurou-se que Renan Calheiros não possuía recursos disponíveis para custear os pagamentos feitos a Mônica Veloso no período de janeiro de 2004 a dezembro de 2006, e que inseriu e fez inserir em documentos públicos e particulares informações diversas das que deveriam ser escritas sobre seus ganhos com atividade rural, com o fim de alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante, qual seja, sua capacidade financeira", diz a peça.
 
 


A análise dos papéis apresentados por Renan também indica que ele usou verba indenizatória do Senado (destinada a despesas de gabinete) para pagar uma locadora de veículos que, segundo a PGR, não prestou efetivamente os serviços contratados. A empresa teria feito diversos empréstimos ao senador, também usados para justificar sua renda.
 


Em abril deste ano, a própria PGR alertou o STF para o risco de prescrição em parte dos crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso atribuídos a Renan Calheiros. A prescrição ocorre quando não se pode mais haver punição em razão dos tempo decorrido das suspeitas. No julgamento desta quinta, a questão também será analisada pelos ministros.
 
 
Do Blog: A culpa é dos eleitores, pois Renan Calheiros já renunciou uma vez para não ser cassado, mas foi eleito novamente. A corrupção maior é de quem vende o voto, como é comum hoje em dia no Brasil.

POLÍCIA FEDERAL INCINERA 2,5 TONELADAS DE DROGAS NO RN

A Polícia Federal incinerou cerca 2,5 toneladas de drogas apreendidas entre os anos de 2014 e 2016 no RN. As substâncias foram queimadas nesta quarta-feira (30) em uma empresa de tratamento de resíduos de São Gonçalo do Amarante, Região Metropolitana de Natal.
 
 
 
 
Foram incineradas maconha, cocaína, crack e materiais usados para camuflar drogas  (Foto: Ítalo Di Lucena/Inter TV Cabugi )
 
 
 
De acordo com a PF, o montante destruído foi resultante de apreensões acontecidas nos municípios de Natal, Parnamirim, São José de Mipibu, Goianinha, São Gonçalo do Amarante, Extremoz, Lajes e Caicó.
 
 
 
A maior parte da droga, cerca de 2,1 toneladas, era de maconha. Foram destruídos outros 40,39 quilos de crack, 243,12 quilos, de cocaína 1,60 quilo de haxixe, 8.226 comprimidos psicotrópicos, além de 89 gramas de sementes de maconha e outros materiais utilizados para camuflar a droga.
 
 
 
Fiscais da Vigilância Sanitária e servidores do Ministério Público acompanharam o processo. A PF montou uma operação em comboio para garantir que a carga chegasse em segurança.
 
 
 
Foto: Ítalo Di Lucena/Inter TV Cabugi.

COLOMBIANOS LOTAM ESTÁDIO PARA PRESTAREM HOMENAGENS À VÍTIMAS DO VOO DA CHAPECOENSE

Milhares de pessoas compareceram nesta quarta-feira (30) ao estádio Atanasio Girardot, em Medellín, na Colômbia, para prestar homenagem às vítimas da queda do voo que transportava a delegação da Chapecoense e jornalistas, na noite da última segunda-feira.
 
 
 
 
Estádio Atanasio Girardot, em Medellín, lotou nesta quarta-feira (30) para prestar homenagem às vítimas do acidente do avião da Chapecoense (Foto: AP Photo/Luis Benavides)

 
 

O estádio seria o local da partida entre o Chapecoense e o Atlético Nacional, o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana. No horário em que começaria o jogo, às 21h45 (horário de Brasília) o estádio já estava em sua capacidade máxima, com pessoas vestidas de branco e com uma vela acesa para se solidarizar com as vítimas, suas famílias e países de origem – Brasil, Venezuela e Paraguai.
 


Outras milhares de pessoas, segundo o canal Telemedellín, ficaram do lado de fora do estádio e acompanharam a cerimônia por telões. Durante um minuto de silêncio, os expectadores também acenderam seus celulares.
 
 
 
A Arena Condá, a casa do clube em Chapecó, também prestou homenagem às vítimas da tragédia nesta noite.
 
 
 
Mascote e crianças da cidade dão a volta no gramado na Arena Condá durante a cerimônia na noite de quarta-feira (30) (Foto: Diego Madruga/GloboEsporte.com)
 
 
O acidente com o jato Avro RJ-85 da empresa aérea boliviana LaMia deixou 71 mortos. Até o fim da tarde desta quarta, 45 corpos já tinham sido identificados. Seis pessoas sobreviveram e estão internadas em hospitais locais, algumas em estado crítico.
 


 
No Atanasio Girardot, o ministro de Relações Exteriores do Brasil, José Serra, fez um discurso emocionado, em que agradeceu a solidariedade do povo colombiano. "Muito obrigado Colômbia. Nesses momentos de grande tristeza imensa para as famílias, para todos nós, as expressões de solidariedade que aqui encontramos, aqui no Atanasio Girardot, nos oferecem um grau de consolo imenso. Uma luz no escuro quando todos estamos tentando compreender o incompreensível", disse Serra.
 
 
 
 
Ministro das Relações Exteriores do Brasil, José Serra, fala durante cerimônia de homenagem às vítimas do acidente do avião da Chapecoense (Foto: Reprodução/ YouTube/ Telemedellín+)
 
 
"Não nos esqueceremos a forma como os colombianos sentiram como seu o terrível desastre que interrompeu o sonho desse time herói da Chapecoense. Uma espécie de conto de fadas com final de tragédia", afirmou, acrescentando que o país também não esquecerá a postura do Atlético Nacional de pedir que o Chapecoense seja declarado campeão da copa Sul-Americana.
 
 


 Juan Carlos de la Cuesta, presidente do Atlético Nacional, prestou sua solidariedade às famílias de todas as vítimas e pediu união no futebol. “Hoje é um momento para convidar à reflexão, a saber que o mais importante é a vida, a saber que a união, a convivência, a convivência no futebol... Se não temos clubes rivais não há futebol, se não temos torcidas rivais, não há festa no futebol. Convidamos para que esse seja o momento para que haja união e convivência no futebol, é o que queremos todos nós”, disse.
 
 
 
 
Fãs do Atlético Nacional fazem homenagem às vítimas da tragédia com o voo da Chapecoense, no estádio Atanasio Girardot, em Medellín, na Colômbia (Foto: AP Photo/Fernando Vergara)
 
 
 
Também falaram outras autoridades, como o presidente da Conmebol, Alejandro Dominguez; o diretor técnico do Atlético Nacional, Reinaldo Rueda; o prefeito de Medellín, Federico Gutiérrez; o governador de Antioquia, Luis Pérez Gutiérrez.
 
 


Ao final, crianças entraram ao campo com balões brancos e os soltaram enquanto os apresentadores liam os nomes das 71 vítimas. Da arquibancada, o público jogou flores no campo.

‘COMO OUSA COMPARAR ISRAEL A HITLER?’, DIZ CHANCELER SOBRE LULA

Declarado persona non grata em território israelense por causa de sua declaração antissemita contra o Estado de Israel, no domingo (18),...