24 de outubro de 2020

JUSTIÇA NEGA À ROSEMÁRIA AZEVEDO LIMINAR PARA RETIRADA DE NOTÍCIAS DO BLOG BARRA PESADA

A MM Juíza da comarca de Jardim do Seridó, Drª. Janaina Lobo da Silva Maia, indeferiu o pedido da ex-candidata à vereadora, esposa do candidato à prefeito, Iron Júnior, Rosemária Azevedo, que pleiteava a antecipação de tutela que obrigaria o ‘Blog Barra Pesada’ retirar as matérias jornalísticas que trataram do indeferimento de seu registro de candidatura à vereadora.
 

 

 

De forma profissional, sem ataques pessoal, sem perseguição, sem nenhum objetivo politico, assim como em vários outros casos de vários outros(as) candidatos(as) de todo o País, nossa linha editorial é comprometida com a veracidade dos fatos, o que muito incomoda alguns, pois não querem que fatos que os desabonam como “perfeitos” venham à tona.

 

 

Umas das primeiras postagens sobre o pedido de indeferimento do registro de candidatura de Rosemária Azevedo, foi postada nesta página logo após o TRE/RN ter publicado em seu site oficial que a então candidata estava sendo questionada por então suposta ‘Ficha Suja’, o que depois foi confirmado com a decisão do magistrado que indeferiu sua candidatura, à tornando ex-candidata na última quinta-feira, (22).

 

 

Como não poderia ser diferente, haja vista nosso compromisso para com a verdade, jamais poderíamos publicarmos tal fato, sem explicitarmos o motivo o qual levou o MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL à pedir o indeferimento do registro da então candidata, e assim como consta no site oficial do TRE/RN, divulgamos que a mesma estava tendo seu registro questionado pelo MPE/RN, pelo fato da mesma ter no passado sido condenada por FURTO QUALIFICADO e FALSIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS, e que, após término da PENA DE 3 ANOS, à deixou INELEGÍVEL POR 8 ANOS, por se tratar de um crime contra o patrimônio.

 

 

Portanto, ratificamos nosso compromisso para com a verdade, e mesmo sabendo dos riscos, das perseguições, e dos processos que enfrentamos, continuaremos divulgando fatos verídicos, mesmo que isso desagrade aqueles que comentem crimes e se acham “BLINDADOS”,  pois a IMPRENSA SÉRIA não pode jamais MENTIR nem OMITIR fatos, ainda por cima quando dizem respeito às escolhas que influenciam na vida da coletividade.

 

 

Por fim, na decisão que nega a liminar para retirada das matérias, a própria Magistrada narra que. “...observa que tais mensagens mencionam a parte autora, contudo não antevejo a existência de ofensas capazes de ensejar a exclusão das postagens...”, o que nos deixa tranquilo para respondermos à esses dois processos que hora tramitam na justiça, por termos publicado algo que o próprio TRE/RN tem estampado publicamente em seu site oficial.

 

 

Do Blog: Quem acompanha nosso trabalho, sabe que publicamos matérias sobre crimes cometidos por políticos e outros em todo o território nacional e até de políticos e outros internacionais. Portando, diferente de outros, nem “Blindamos” nem Perseguimos ninguém, apenas mostramos a verdade de verdade. Doa à quem doer!

MÃE MORDE E ARRANCA PARTE DO DEDO DE MÉDICA AO TER ALTA E BEBÊ SEGUIR INTERNADO APÓS PARTO NO RN

Uma mulher mordeu o dedo indicador direito de uma médica depois de receber alta após o parto e o bebê seguir internado em observação clínica. O caso aconteceu no Hospital Maternidade Almeida Castro, em Mossoró, e a profissional perdeu parte da cartilagem do dedo. 

 

 

A assessoria de imprensa do hospital explicou que os profissionais de saúde da unidade têm tratado o caso como uma possível depressão pós-parto, que pode acarretar reações inesperadas inclusive contra o próprio recém-nascido. 

 

  

A profissional registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Plantão da Polícia Civil em Mossoró. 

 

 

De acordo com assessoria do Hospital Maternidade Almeida Castro, tanto a paciente como a médica receberam atendimentos necessários, inclusive psicológicos. Desde o parto, segundo a unidade, a paciente tem sido tratada de maneira especial, ficando inclusive em quartos reservados.

“NOVIDADE”! LULA VIRA RÉU PELA 4ª VEZ NA LAVA JATO, ACUSADO DE LAVAGEM DE DINHEIRO

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci e o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, viraram réus nesta sexta-feira (23) pelo crime de lavagem de dinheiro em um processo da Operação Lava Jato.

 

 

Conforme o Ministério Público Federal (MPF), o crime envolveu doações da Odebrecht ao Instituto Lula para disfarçar repasses no total de R$ 4 milhões, entre dezembro de 2013 e março de 2014.

 

 

Dois ex-executivos da Odebrecht também tiveram a denúncia aceita pelo juiz federal Luiz Antônio Bonat, da 13ª Vara da Justiça Federal de Curitiba, no fim da tarde desta sexta. Eles se tornaram réus pelo mesmo crime.

TRIBUNAL DE JULGAMENTO ACEITA DENÚNCIA DE IMPEACHMENT CONTRA GOVERNADOR DE SC

O Tribunal de Julgamento aceitou na madrugada deste sábado (24) a denúncia contra o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva (PSL), no caso do aumento salarial dado aos procuradores do estado em 2019. Com isso, ele será afastado do cargo a partir de terça-feira (27) por até 180 dias. A denúncia contra a vice-governadora, Daniela Reinehr (sem partido), foi rejeitada pelo tribunal. Por essa razão, ela assume interinamente o cargo de Moisés quando ele for afastado. 

 

 

A sessão começou na manhã de sexta (23) e terminou às 2h deste sábado. O encontro ocorreu na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), em Florianópolis. A vice-governadora acompanhou a sessão na própria assembleia. Já o governador cumpriu agenda oficial no Sul e Oeste do estado.

 

 

No caso do governador, foram seis votos a favor do recebimento da denúncia e quatro contra. Porém, houve empate no caso da vice-governadora. Por essa razão, o presidente do tribunal de julgamento, desembargador Ricardo Roesler, precisou fazer o voto de minerva.

 

 

 

Enquanto Moisés fica afastado, o tribunal, formado por deputados e desembargadores, precisa fazer o julgamento dele.

 

 

O pedido de impeachment tem como justificativa uma suspeita de crime de responsabilidade cometido ao ser dado aumento salarial aos procuradores do estado, por meio de decisão administrativa, com o intuito de equiparar o salário deles aos dos procuradores da Alesc.

VIVALDO COSTA VOLTA À AL/RN PARA SEU 14º MANDATO NA PRÓXIMA SEMANA

O Papa Jerimum, Vivaldo Costa (PV), assumirá sua cadeira na assembleia legislativa do RN pela 14ª vez.   Vivaldo Costa assumirá a vaga do en...