9 de agosto de 2022

ADVOGADA É CONDENADA A MAIS DE 4 ANOS DE PRISÃO POR ENVOLVIMENTO COM FACÇÃO CRIMINOSA NO RN

Uma advogada foi condenada pela Justiça a 4 anos e seis meses de reclusão por integrar uma facção criminosa no Rio Grande do Norte, segundo denúncia do Ministério Público. 

 

A ré foi presa em 10 de junho de 2019, como um dos alvos da operação Emissários. Além dela, outros advogados foram presos na mesma ação. 

 

Segundo as investigações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MPRN, eles eram responsáveis por repassar ordens dos chefes de uma facção criminosa que estavam detidos em unidades prisionais potiguares a integrantes do grupo que ainda estavam nas ruas. 

 

Na denúncia, o MPRN apontou que a advogada atuava transmitindo recados, com teor criminoso, de presidiários custodiados no presídio estadual Rogério Coutinho Madruga para os demais integrantes da facção em liberdade, bem como o inverso, utilizando-se da sua atividade profissional. 

 

Ainda segundo a acusação do MPRN, mesmo não possuindo relação processual com os apenados do presídio estadual Rogério Coutinho Madruga, a advogada realizava visitas diárias a diversos presos da organização criminosa, favorecendo a manutenção das atividades da facção. 

 

Na sentença condenatória, a Justiça destacou que “a integração da acusada à organização criminosa é inconteste". 

 

"A partir dos diálogos captados, verifica-se claramente a associação voluntária da acusada à organização criminosa, valendo-se da sua condição de advogada para, durante as visitas aos internos, intermediar a comunicação entre os membros da organização criminosa que se encontravam privados de liberdade e os demais integrantes da organização soltos”, diz a decisão.

 

PRF APREENDE 100 MIL LATAS DE CERVEJA SEM NOTA FISCAL NO RN

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu mais de 33 mil litros de cerveja que eram transportados sem nota fiscal pela BR-304, em Macaíba, região metropolitana de Natal.


Segundo a polícia, a apreensão aconteceu após uma abordagem a uma carreta modelo Scania, no km 294 da BR 304. 

 

No veículo, foram encontradas 96.096 latas de cerveja que eram transportadas sem nota fiscal. Entre multas e impostos o valor de R$ 96.826,34.

 

 

 

STF PEDE POSIÇÃO DA PGR SOBRE INVESTIGAR ALEXANDRE DE MORAES POR PREVARICAÇÃO

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF) pediu manifestação à Procuradoria-Geral da República (PGR) acerca do pedido de investigação contra o também ministro Alexandre de Moraes, que é acusado de prevaricação.

 

A ação foi movida por um advogado contra Moraes após o determinar a retirada de uma série de postagens que relacionavam o petista Lula ao grupo criminoso PCC, após a divulgação de uma delação que sustentavam a acusação. 

 

Moraes alegou que “o sensacionalismo e a insensata disseminação de conteúdo inverídico com tamanha magnitude” podem comprometer a eleição. Por isso ele mandou as provedoras de serviços de redes sociais remover as postagens de diversos usuários. 

 

O pedido de manifestação da PGR num caso de investigação de um ministro do Supremo é um passo processual comum, mas também é situação rara na Praça dos Três Poderes.

VIVALDO COSTA VOLTA À AL/RN PARA SEU 14º MANDATO NA PRÓXIMA SEMANA

O Papa Jerimum, Vivaldo Costa (PV), assumirá sua cadeira na assembleia legislativa do RN pela 14ª vez.   Vivaldo Costa assumirá a vaga do en...