23 de março de 2013

MUTIRÃO DE CONCILIAÇÃO DA TIM REGISTRA 79% DE ACORDOS

untitledO primeiro dia do Mutirão da TIM, promovido pelo Centro Judiciário de Solução de Conflitos de Natal, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, alcançou o índice de 79% de acordos nas audiências realizadas ontem. O saldo negociado somente nos acordos realizados com a TIM na Câmara Cível de Resolução de Conflitos, que funciona na Faculdade Maurício de Nassau, foi de R$64.445,38. Alguns acordos foram realizados em data anterior ao Mutirão nos próprios juizados de origem.

O mutirão conta com a participação de representantes da Empresa TIM e da equipe da Secretaria de Conciliação (Centro Judiciário de Solução de Conflitos de Natal), além de alunos, professores e servidores da Faculdade Maurício de Nassau. A Secretaria de Conciliação já programa novos mutirões com a empresa TIM, assim como outras empresas que pretendam solucionar seus conflitos através da conciliação.

O Mutirão da TIM segue até hoje na Câmara Cível de Resolução de Conflitos na Faculdade Maurício de Nassau, que fica na Av. Engenheiro Roberto Freire. As pessoas que receberam intimação, mas não puderam comparecer ontem, podem comparecer nesta sexta-feira para buscar a conciliação.

Informações sobre o Mutirão TIM: 3344-7815 (Câmara Cível de Resolução de Conflitos na Faculdade Maurício de Nassau).

QUADRINLHA É PRESA APÓS BALEAR EX-PM DURANTE ASSALTO À EMPRESÁRIO

Três pessoas foram presas, na tarde de ontem, sexta-feira (22), no bairro das Rocas, após uma perseguição policial que começou em Lagoa Nova. VICTOR SIQUEIRA MAGALHÃES, de 24 anos, JEAN BATISTA DA SILVA DE LIMA, de 21, e ZIUDJANE SILVA BATISTA, de 27 anos, são suspeitos de tentativa de assalto contra um empresário nos Correios da Rua Tororós e de balear um EX-PM. O trio estava em um veículo tipo Punto, de cor branca com queixa de roubo.

De acordo com a polícia, um empresário tentava sacar dinheiro em um caixa eletrônico, dentro da agência, quando foi surpreendido por dois homens armados. O segurança do empresário, ex-policial militar, percebendo a ação dos criminosos, atirou e acabou sendo baleado na perna por um dos assaltantes. Em seguida os suspeitos fugiram acompanhados de uma mulher.

A policia foi chamada e iniciou uma perseguição pelas principais avenidas da cidade até interceptar o veículo no prolongamento da Avenida Floriano Peixoto, já no bairro das Rocas. Dentro do carro os policiais militares encontraram uma bolsa pertencente a Ziudjane, contendo uma pistola calibre 380, munições e cerca de R$ 500 em dinheiro. Todos foram conduzidos para a Deprov (Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas).

Na delegacia, os acusados foram interrogados e submetidos a análise. Os policiais civis descobriram que Jean Batista responde pelo crime de formação de quadrilha e Victor Magalhães por receptação. De acordo com o chefe de investigação da especializada, os três serão autuados por tentativa de latrocínio, receptação, porte ilegal e adulteração de sinais identificadores do veículo.

Fonte e fotos: Portal BO.

BOMBA! JUSTIÇA RECONHECE LEGITIMIDADE DE INTERPELAÇÃO QUE COBRA DE IRON JÚNIOR E ANCHIETA JÚNIOR CELULARES SUMIDOS DA FECAM

A justiça do RN reconheceu a legitimidade da interpelação movida pela atual mesa diretora da FECAM   – Federação dos Municípios do RN - , em...