24 de janeiro de 2010

FILARMÔNICA DE PARELHAS COBRA PARA TOCAR PARABÉNS E DESCONTENTA FAMILIARES DE ANIVERSARIANTES

Chega até o Blog Barra Pesada a denúncia da insatisfação de alguns moradores da cidade de Parelhas, pelo fato da filarmônica 11 de fevereiro ter cobrado uma taxa para tocar parabéns para os aniversariantes durante os festejos da festa do Padroeiro da cidade, São Sebastião.

Conforme informações chegadas ao blog, a banda de música 11 de fevereiro, sempre que era convidada, logo após as tocatas das manhãs, passava em frente as casas dos aniversariantes Parelhenses e tocava o popular “Parabéns pra Você”, sem cobrar nada, apenas alguns moradores gratificavam os músicos de forma voluntária com o valor proporcional ao seu poder aquisitivo.

Ainda conforme informações de moradores, o Maestro Emanuel, passou neste sábado (23) nas casas onde foram tocado os parabéns, cobrando uma taxa de R$ 50,00 alegando que seria uma determinação da secretaria na qual a banda é lotada. “A filha de um amigo meu da Rua Ivonete Costa, completou ano e a banda tocou os parabéns, o pai dela ofereceu R$ 30.00 ao maestro, mas ele disse que era determinação da secretária, e que o preço era os R$ 50.00, não tinha jeito”. Disse um morador de parelhas, que prefere não se identificar.

Antes agente dava um litro de bebida para ajudar na confraternização dos músicos durante os festejos de São Sebastião, agora só terá os parabéns quem desembolsar os cinqüenta reais, isso não é justo, moro em Natal, mas sempre venho a minha cidade, e não concordo com isso”. Enfatizou o Parelhense ausente.

Resta saber apenas qual a legalidade da cobrança, já que a filarmônica é patrimônio público, e não deveria cobrar para tal, já que é financiada pelo município. Com a palavra a secretaria responsável pela filarmônica!



FILHA DE PROFESSOR UNIVERSITÁRIO DE APENAS 8 ANOS É BALEADA EM TENTATIVA DE ASSALTO

Na noite da última sexta-feira, por volta das 20h30, a criança Polyana Hellen, 8 anos, foi vítima de um disparo de revólver na cabeça numa tentativa de assalto feita por dois elementos que estavam em uma moto modelo Pop de cor vermelha.

O sinistro ocorreu na rua Antônio Vieira de Sá, Nova Betânia, quando o pai da criança, Francisco Odolberto de Araújo, 36 anos, professor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), saía de casa acompanhado da criança e da esposa. Durante a tentativa de assalto, um dos elementos se irritou e disparou contra o carro onde se encontrava a criança.

Após isso, os dois bandidos se evadiram do local. A polícia seguiu em diligência, e a criança foi levada ao Hospital Wilson Rosado, onde passou por intervenção cirúrgica.

A polícia realizou busca e prendeu um suspeito que estava em um moto Pop vermelha portando um revólver. Após o exame de balística, é que será confirmado ou não o envolvimento dele no caso.

Até o fechamento desta edição, Polyana Hellen se encontrava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Wilson Rosado. O estado é considerado grave
.

Fonte: O Mossoroense.



HENRIQUE: "NÃO DÁ PARA TER UMA CARA EM BRASÍLIA E OUTRA AQUI NO RN"


O deputado federal Henrique Alves (PMDB) fez um discurso recheado de recados, nesta sexta-feira (22), durante o lançamento do programa “Campo Mais Forte”, com a presença da governadora Wilma de Faria (PSB), do vice-governador Iberê Ferreira (PSB) e de 70 prefeitos do interior do Estado. O líder peemedebista disse que não teria “cara para apoiar o presidente Lula em Brasília e, ao mesmo tempo, apoiar outro projeto no Rio Grande do Norte”.

Não dá para ter uma cara em Brasília e outra aqui no Rio Grande do Norte. Se o PMDB é o braço direito do presidente Lula em Brasília tem que ser aqui também com a governadora Wilma de Faria. O meu discurso aos peemedebistas na campanha deste ano vai ser este: é preciso ter coerência”, enfatizou.

As palavras de Henrique parecem endereçadas ao primo e senador peemedebista Garibaldi Alves Filho, que ao mesmo tempo em que integra a base de sustentação do governo Lula, flerta com o DEM – partido que faz a oposição mais cerrada ao petista – no Rio Grande do Norte e deverá votar na senadora democrata Rosalba Ciarlini na sucessão estadual.

Dirigindo-se ao vice-governador, Henrique disse que se sentia “muito bem ao lado de Iberê” e garantiu que, a partir de abril quando o pessebista assumir a titularidade do governo, vai bater em todas as portas em Brasília para que Iberê tenha condições de “realizar um grande governo e deixar sua marca”.

A declaração pública desmente os boatos segundos os quais Henrique poderia repensar seu apoio a Iberê caso o presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (SP), não seja indicado o vice na chapa encabeçada pela ministra Dilma Rousseff (Casa Civil).

Iberê, conte com o deputado federal Henrique Alves e vamos botar para quebrar”, declarou, em tom entusiasmado.





LULA VOLTA A ATACAR CAMPOS NETO, ELEITO MELHOR PRESIDENTE DE BC DO MUNDO

Incomodado com a tendência de estagnação da taxa de juros e com a presença do chefe do Banco Central em jantar promovido pelo governador d...