14 de junho de 2020

GOVERNADOR DA PARAÍBA PUBLICA DECRETO QUE FLEXIBILIZA ATIVIDADES ECONÔMICAS NO ESTADO

O governador João Azevêdo assinou o decreto 40.304, que foi publicado na edição deste sábado (13), no Diário Oficial do Estado (DOE), e detalha as quatro fases que compõem o plano de flexibilização voltado para atividades comerciais nos 223 municípios paraibanos. As fases terão bandeiras de cores diferentes de classificação e avaliação que determinam se as cidades podem adotar os parâmetros de fiscalização. A primeira etapa da proposta começa a ser implantada na próxima segunda-feira (15). 





Algumas atividades poderão voltar a funcionar em todos os municípios paraibanos, a critério de cada gestor municipal, com uso obrigatório de máscaras e seguindo determinações específicas. 




O documento estabelece outras três fases, implantadas em ciclos de 14 dias. A segunda etapa começará a valer no dia 29 de junho, com um leve aumento na flexibilização; a terceira entrará em vigor no dia 13 de julho, com uma retomada mais gradual e flexível; as últimas medidas para alcançar um “novo normal” serão implantadas no dia 27 de julho, com as limitações necessárias. 

50 PESSOAS SÃO PRESAS EM FESTA EM PRAIA DO RN


Cerca de 50 pessoas foram presas durante uma festa na Praia de Santa Rita, em Extremoz, município da Região Metropolitana de Natal, neste sábado (13). As pessoas estavam descumprindo o decreto do Governo do RN que estabelece normas de distanciamento social para evitar a propagação da Covid-19. 









Os policiais militares do 4º Batalhão receberam uma denúncia de moradores da região que estavam sendo perturbados pelo som alto. Ao chegarem no local, os PMs encontraram cerca de 100 pessoas que participavam de uma festa clandestina. O barulho partia de dois carros que foram apreendidos junto com uma porção de cocaína. 




De acordo com os policiais, metade do grupo conseguiu fugir. Apesar da fuga, pelo menos 50 pessoas, entre homens e mulheres, foram presas e conduzidas para a Delegacia de Plantão da Zona Norte. Todas as pessoas foram autuadas e assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por causa do descumprimento ao decreto estadual de enfrentamento à Covid-19.

MILEI PROÍBE O USO DA LINGUAGEM NEUTRA NA ARGENTINA

O porta-voz da Presidência argentina, Manuel Adorni, afirmou nesta terça-feira (27) que o presidente Javier Milei decidiu proibir a linguage...