24 de agosto de 2021

À CPI, SÓCIO DA BELCHER DIZ QUE NÃO TRATOU DE VACINA COM RICARDO BARROS

Emanuel Catori, , um dos sócios da farmacêutica Belcher, desmentiu, durante o início de seu depoimento à CPI da Pandemia, ter tido reunião “sem registro na agenda” no dia 15 de abril com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o deputado federal Ricardo Barros (PP-PR). Segundo o depoente, o que houve foi uma “audiência coletiva” no ministério, por iniciativa da Frente Parlamentar da Indústria Pública de Medicamentos, coordenada por Barros, com a presença de Queiroga e de outras seis empresas além da Belcher, e que nesse dia não se tratou da vacina Convidecia. 

 

Belcher atuou como intermediária do laboratório chinês CanSino na negociação com o Ministério da Saúde pelo fornecimento de 60 milhões de doses da vacina Convidecia ao custo de R$ 5 bilhões. 

 

Catori traçou uma cronologia da relação entre sua empresa e a chinesa CanSino. Como representante da CanSino, por meio de uma carta de intenções, a Belcher teria se reunido em maio com o Ministério da Saúde e a Anvisa, para a venda de 60 milhões de doses. Mas em 10 de junho, alegando razões de compliance, a CanSino revogou unilateralmente a relação com a empresa de Catori — segundo ele, sem que “sequer tenha havido a primeira rodada comercial” com o ministério. 

 

A Belcher tem sede em Maringá (PR), que já teve como prefeito o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR). Outro sócio da Belcher é Daniel Moleirinho Feio Ribeiro, que é filho de Francisco Feio Ribeiro Filho, ex-diretor da Urbamar (Urbanização de Maringá) durante a gestão de Barros. Daniel Moleirinho também atuou na Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná) durante o governo de Cida Borghetti (PP), casada com Barros.

 

Em seu depoimento, Catori também relatou as tratativas com o grupo de empresários liderado por Luciano Hang, Carlos Wizard e Alan Eccel para a compra de 9 milhões de doses da vacina chinesa CoronaVac. Segundo ele, as doses se destinavam exclusivamente a doação, e a negociação esbarrou no acordo de exclusividade entre a fabricante chinesa Sinovac e o Instituto Butantan. 

 

Catori conta com habeas corpus concedido pelo Supremo Tribunal Federal, podendo assim ficar em silêncio e não produzir provas contra si mesmo. A decisão foi proferida pelo ministro Gilmar Mendes, do STF.

 

DECRETO FLEXIBILIZA REGRAS PARA FUNCIONAMENTO DE BARES E RESTAURANTES EM NATAL

A Prefeitura de Natal publicou nesta terça-feira (24) decreto que flexibiliza as regras para funcionamento de bares e restaurantes. 

 

O decreto amplia de 8 para 14 o limite de pessoas por mesa em bares e restaurantes, diminui para 1 metro a distância entre as mesas nesses estabelecimentos e dispensa a obrigatoriedade de uso do termômetro para aferição da temperatura corporal na entrada.



De acordo com o documento, também estão liberados eventos com até 600 pessoas na capital potiguar. A autorização vale para shows e demais eventos de massa, sociais, recreativos, desportivos e similares - públicos ou privados. 

 

A partir de 2 de setembro o limite máximo de público será de 800 pessoas e a partir de 16 de setembro o limite será correspondente às características do espaço e do evento.

JOVENS ACIMA DE 20 ANOS RECEBEM A 1ª DOSE DE VACINA CONTRA A COVID-19 EM JARDIM DO SERIDÓ

Os jovens de 20 anos ou mais, sem comorbidades, foram contemplados nesta segunda-feira (23) com a 1ª dose contra a COVID-19, em Jardim do Seridó. A redução da faixa etária foi anunciada ainda na semana passada.

 

 
"São milhares de jovens que certamente estavam ansiosos e esperançosos pela vacina e o dia deles chegou. Jardim do Seridó está cada vez mais perto de alcançar a faixa dos 18 anos ou mais e isso nos deixa muito feliz", disse a secretária municipal de Saúde, Lyzandra Costa.

POLÍCIA FEDERAL PRENDE NO RN PORTUGUÊS PROCURADO PELA INTERPOL

A Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira (23) no município de Parnamirim, na Grande Natal, um português de 48 anos que era procurado pela Interpol.

 

Havia contra o homem um mandado de prisão preventiva para extradição, que foi expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi encontrado em casa e não reagiu à prisão.

 

De acordo com a Polícia Federal, ele estava foragido no Brasil há mais de um ano. Ele foi condenado pela justiça portuguesa a 3 anos e 2 meses de prisão pelo crime de burla qualificada, cujo delito é semelhante ao estelionato no Brasil.

 

A sentença judicial aponta que o envolvido se passava por representante de um banco suíço para aliciar empresários de sucesso e pessoas com alto poder aquisitivo em Portugal. Assim, se apropriava de elevadas quantias à custa do patrimônio alheio.

 

Foto: Ilustração.

AZUL INICIA PONTE AÉREA MOSSORÓ/NATAL

As águas lançadas por caminhões do Corpo de Bombeiros anunciaram, no início da noite desta segunda-feira (23), o batismo do avião que inaugurou o voo entre Mossoró e Natal. A aeronave da empresa Azul Linhas Aéreas pousou, por volta das 18h, no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, marcando a primeira viagem da ponte aérea entre a maior cidade do Oeste potiguar e a capital do RN.

GOVERNADORES OTIMISTAS NO DIÁLOGO COM BOLSONARO E CHEFES DE PODER

Os líderes do Fórum de Governadores, como Ibaneis Rocha (MDB), do Distrito Federal, estão otimistas quanto à reunião que solicitaram ao presidente Jair Bolsonaro para discutir vários temas, como a crise institucional com o Supremo Tribunal Federal (STF). Ao menos o presidente não ofereceu qualquer resistência ao encontro, muito embora não o tenha confirmado. O problema é definir os governadores que estariam presentes, cinco ou seis, sem o risco de a reunião acabar mal. 

 

Reunidos em Brasília, governadores tiveram a sensatez de não aprovar qualquer nota destinada a hostilizar ou isolar politicamente o presidente.

 

Durante o encontro, não prevaleceu o discurso comum a governadores de oposição com acusações contra o presidente.

 

Governadores do PT sabem: “fechar” ou “extinguir” o STF era pregação do partido, em 2016. Sem qualquer acusação de “ato antidemocrático”.

 

O ex-presidente do PT Rui Falcão e o ex-deputado Wadih Damus (RJ), ex-presidente da OAB, atacaram e até pediram o fechamento do STF.

 

NÚMERO DE MORTES POR COVID NO BRASIL NAS ÚLTIMAS 24 HORAS PERMANECEU NA CASA DOS 300

O Brasil registrou 370 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando nesta segunda-feira (23) 574.944 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias ficou em 766 --um pouco maior do que a da véspera, quando estava em 765. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -15% e aponta tendência de estabilidade

PAI E FILHO MORREM EM COLISÃO ENTRE MOTO A CARRO NO INTERIOR DO RN

Um acidente entre um moto e um carro, matou, Alcimar Dantas, “Cimar’, e seu filho, Yure, de 13 anos, ambos residentes em Monte Alegre.  ...