27 de junho de 2022

SUPLENTE DE SENADOR DO RN É PRESO POR FALTA DE PAGAMENTO DE PENSÃO ALIMENTÍCIA

O primeiro suplente de senador pelo Rio Grande do Norte, Alisson Taveira Rocha Leal, foi preso na manhã desta segunda-feira (27) pela Polícia Rodoviária Federal. A prisão ocorreu durante uma fiscalização de rotina na BR-101, em São José de Mipibu, na Grande Natal.

 

Ele tinha um mandado de prisão em aberto por falta de pagamento de pensão alimentícia, expedido pela Justiça da Paraíba.

 

Alisson é primeiro suplente do senador Styvenson Valentim (Podemos). Segundo a Polícia Civil, ele permanece preso, mas pode ser liberado caso o valor questionado na Justiça seja pago.

INTOLERÂNCIA! DONO DE PADARIA MATA PADEIRO QUE CHEGOU ATRASADO AO SERVIÇO NO INTERIOR DO RN

O padeiro, Francisco Rogério Dantas, de 45 anos, foi esfaqueado e morto na padaria onde trabalhava em João Câmara, nesta segunda-feira (27). De acordo com a Polícia Militar, o principal suspeito do crime é o dono do estabelecimento, que teria se desentendido com o padeiro após ele chegar atrasado no trabalho. Ele foi atingido com dois golpes de faca, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O suspeito fugiu do local do crime.

CHAMADO DE MENTIROSO EM OXFORD, BARROSO REITERA VERSÃO DE RETORNO ‘AO VOTO DE PAPEL’

Chamado de mentiroso por uma brasileira, neste sábado (25), durante palestra no Brazil Forum UK, em Oxford, na Inglaterra, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), reagiu com ironia afirmando que um dos problemas do Brasil é “um déficit imenso de civilidade”. E neste domingo divulgou nota insistindo em sua versão de “volta do voto impresso” contestada pela mulher. 

 

A mulher que estava na plateia e reagiu quando ele disse que precisou impedir “o abominável retrocesso que seria a volta ao voto impresso com contagem pública manual”, que ele definiu como “o caminho da fraude”. 

 

“Isso é mentira. Ninguém falou em contagem manual”, disse a mulher, referindo-se ao fato de que o projeto examinado e derrotado no Congresso previa a impressão do voto eletrônico e não a substituição da urna pelo velho voto impresso, como Barroso tem afirmado. 
 

Barroso sugeriu que ela entrasse na internet para verificar a defesa do “voto impresso e manual”, mas mulher insistiu em dizer que a fala do ministro era mentirosa e ganhou o apoio ao menos de outra pessoa na plateia. 

 

O projeto derrotado no Congresso, após intensa campanha contrária da qual Barroso participou, previa impressora acopladas nas urnas eletrônicas, com ocorre na maioria dos países que adotaram a urna eletrônica de terceira geração. A brasileira é de primeira geração. 

 

A previsão de impressão do voto seria por amostragem, permitindo à Justiça Eleitoral promover eventual conferência do voto registrado na urna eletrônica com seus respectivos comprovantes impressos. O projeto, como a mulher sustentou em Oxford, não previa “voto impresso com contagem pública manual”, como tem dito o ministro, exceto para essa eventual conferência por amostragem.

 

SUBOFICIAL DA MARINHA É MORTO A TIROS DURANTE ASSALTO NO INTERIOR DO RN

O suboficial da Marinha do Brasil Ricardo Luiz dos Santos, de 57 anos, residente em Natal,  foi morto a tiros neste domingo (26), durante um assalto a uma casa no bairro Bela Vista, em Mossoró. Uma idosa de 71 anos também foi baleada pelos criminosos. Ricardo estava em Mossoró para um encontro com familiares.

 

Segundo informações, quatro bandidos estavam escondidos em um matagal próximo ao local do crime, e atirado contra o suboficial após perceberem que ele estava armado. Atingido pelos disparos, ele ainda tentou correr, teria conseguido fechar um dos portões da residência, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

 

Os criminosos invadiram a casa, roubaram o carro do suboficial, a arma dele e outros pertences das pessoas que estavam no local, e fugiram.

 

A idosa baleada foi socorrida pelo Samu e levada ao Hospital Regional Tarcísio Maia.

BOMBA! JUSTIÇA RECONHECE LEGITIMIDADE DE INTERPELAÇÃO QUE COBRA DE IRON JÚNIOR E ANCHIETA JÚNIOR CELULARES SUMIDOS DA FECAM

A justiça do RN reconheceu a legitimidade da interpelação movida pela atual mesa diretora da FECAM   – Federação dos Municípios do RN - , em...