29 de março de 2016

COMERCIANTES COLOCAM FAIXA PARABENIZANDO LADRÃO QUE ROUBOU MESMA LOJA 5 VEZES EM NATAL

"Parabéns pra você, seu ladrão. Você roubou minha loja 5 vezes”. Foi por meio de uma faixa com essa inscrição que os proprietários de uma loja de autopeças denunciaram a série de arrombamentos ao comércio localizado na Avenida das Fronteiras, na Zona Norte de Natal. De acordo com os proprietários, em nenhum dos casos os produtos roubados foram recuperados ou alguém foi preso.
 
 
Faixa foi colocada na frente da loja após o quinto arrombamento em dois anos (Foto: Dayane Macedo)
 
 
Ariosvaldo Belchior e Dayane Macedo são proprietário da loja há nove anos, no entanto, os cinco arrombamentos citados na faixa aconteceram entre o ano passado e este ano. O último, que motivou a confecção da faixa, ocorreu há cerca de 15 dias.
 
De acordo com Ariosvaldo, a faixa é uma súplica para que o ladrão pare de roubar a loja. “É para ver se ele tem pena da gente, porque ele quase nos quebrou. Estamos endividados. A loja está quase fechando”, disse Ariosvaldo. Ainda de acordo com o proprietário, o prejuízo somado após os roubos chega a quase R$ 40 mil.
 
Segundo os proprietários, em todos os casos os ladrões entraram pela porta da frente, arrombando grades e cadeados. Dentre os produtos furtados, estão baterias de carro e ferramentas usadas na oficina. No último caso, os bandidos roubaram até mesmo os boletins de ocorrência dos arrombamentos anteriores.
 
Segundo Dayane, não foi apenas a loja do casal que foi alvo dos bandidos. Pelo menos mais cinco comércios ao longo da avenida foram arrombados no mesmo período.

Ainda de acordo com a proprietária, nenhuma medida efetiva foi tomada pela polícia.
 

POR ACLAMAÇÃO, PMDB OFICIALIZA ROMPIMENTO COM GOVERNO DILMA

O Diretório Nacional do PMDB decidiu nesta terça-feira (29), por aclamação, romper oficialmente com o governo da presidente Dilma Rousseff. Na reunião, a cúpula peemedebista também determinou que os seis ministros do partido e os filiados que ocupam outros postos no Executivo federal entreguem seus cargos.
 
 
 
 
O vice-presidente da República e presidente nacional do PMDB, Michel Temer, não participou da reunião que oficializou a ruptura com o governo sob o argumento de que não desejava "influenciar" a decisão. No entanto, ele teve participação ativa na mobilização pelo desembarque do partido e passou toda a segunda-feira (28) em reuniões com parlamentares e ministros do PMDB em busca de uma decisão “unânime”.
  
Comandada pelo primeiro vice-presidente do PMDB, senador Romero Jucá (PMDB-RR), a reunião durou menos de cinco minutos. Após consultar simbolicamente os integrantes do partido, Jucá decretou o resultado da votação.
 
"A partir de hoje, nessa reunião histórica para o PMDB, o PMDB se retira da base do governo da presidente Dilma Rousseff e ninguém no país está autorizado a exercer qualquer cargo federal em nome do PMDB", enfatizou.
 
Após a reunião, Jucá disse que, com a decisão, o PMDB deixava bem clara a sua posiçào em relação ao governo e disse que quem quiser tomar uma decisão individual terá que avaliar as consequências.
 
"A partir de agora, o PMDB não autoriza ninguém a exercer cargo no governo federal em nome do partido. Se, individualmente, alguém quiser tomar uma posição, vai ter que avaliar o tipo de consequência, o tipo de postura perante a própria sociedade. Para bom entendedor, meia palavra basta. Aqui, nós demos hoje a palavra inteira", afirmou.
 
A decisão do PMDB aumenta a crise política do governo e é vista como fator importante no processo de impeachment de Dilma. Há a expectativa de que, diante da saída do principal sócio do PT no governo federal, outros partidos da base aliada também desembarquem da gestão petista.
 
Atualmente, o PMDB detém a maior bancada na Câmara, com 68 deputados federais. O apoio ao governo, porém, nunca foi unânime dentro da sigla e as críticas contra Dilma se intensificaram com o acirramento da crise econômica e a deflagração do processo de afastamento da presidente da República.
 
Do Blog: PMDB só rompeu visando a possível saída de Dilma, para “tomar” conta do País! Lembrem-se que são "farinha do mesmo saco" desde o primeiro mandato do PT. Agora o PT tá errado e o PMDB está certo? Só sendo mesmo!

PREFEITURA DE CAICÓ PAGA SERVIDORES NA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA, (01)

Os servidores públicos da prefeitura de Caicó receberão sexta-feira (01) os vencimentos referentes ao mês de março de 2016. A informação foi confirmada pela secretária de tributação em finanças.
 
A folha de pagamento do funcionalismo municipal caicoense gira em torno de quase quatro milhões de reais e o município continua se esforçando para manter os pagamentos em dias.

MILAGRE! CRIANÇA DE 6 ANOS ESCAPA APÓS SER ATINGIDA POR 8 TIROS DURANTE BRIGA NO INTERIOR DO RN

Uma menina de seis anos sobreviveu e passa bem após ter levado oito tiros. O crime aconteceu no município de Santa Cruz, na região Agreste do Rio Grande do Norte. A mãe da criança afirmou que o caso aconteceu neste final de semana.

De acordo com ela, a menina foi atingida após uma confusão perto da casa onde a família mora. O homem que fez os disparos fugiu. Os tiros atingiram os braços e um dos ombro da menina.

Segundo Jucileide Rodrigues, mãe da menina, ela e a filha estavam na porta de casa quando o homem se aproximou e começou a atirar. "A gente estava na porta de casa. Tinha um pessoal bebendo, aí começou uma briga e veio esse rapaz com uma arma na mão e começou a atirar", contou Jucileide.

Ainda de acordo com a mulher, vizinhos socorreram a criança e a levaram de carro até o hospital da cidade. Após os primeiros atendimentos, a menina foi encaminhada para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal, onde ela permanece internada. A criança, no entanto, não corre risco de morte.

PMDB DEVE ROMPER COM GOVERNO DE DILMA NESTA TERÇA-FEIRA, (29)

O PMDB deverá confirmar nesta terça-feira (29), em uma reunião do diretório nacional, a ruptura já esperada com o governo da presidente Dilma Rousseff. A expectativa é que a decisão ocorra com a consequente entrega de cargos ocupados por peemedebistas e seus indicados.
 
 

 
Diante do iminente desembarque da base aliada, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, já apresentou a sua carta de demissão na segunda-feira (28). O partido ainda à frente de outras seis pastas (Saúde, Agricultura, Ciência e Tecnologia, Aviação Civil, Portos e Minas e Energia).

Principal legenda da base aliada, o PMDB detém a maior bancada na Câmara dos Deputados, com 68 parlamentares. O apoio ao governo, porém, nunca foi unânime dentro da sigla e as críticas se intensificaram com a crise econômica e a deflagração do processo de impeachment.
 
O diretório nacional do PMDB tem 119 integrantes, mas com direito a 155 votos – alguns membros têm direito a mais de um voto, de acordo com o número de funções que acumulam no partido. A decisão sobre o rompimento, porém, deverá ser por aclamação, sem contagem nominal de votos.
 
O acordo para que seja por aclamação foi costurado pelo vice-presidente da República, Michel Temer, presidente nacional do PMDB. Segundo a assessoria de imprensa dele, Temer não deverá comparecer à reunião, convocada para começar às 15h em um dos plenários de comissão da Câmara dos Deputados.

O motivo oficial da ausência dele é para evitar influenciar na decisão, mas, nos bastidores, Temer participou diretamente das articulações com caciques da sigla. Na noite de domingo (27), ele chegou a se encontrar com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em São Paulo. A expectativa do petista era tentar convencê-lo a manter o PMDB no governo. No entanto, o recado foi que a saída seria "irreversível".

Dilma também lançou mão dos últimos esforços para tentar resgatar o apoio do partido. Na manhã de segunda, ela chamou ao seu gabinete no Palácio do Planalto
seis dos sete ministros do PMDB para avaliar o cenário. No entanto, no fim do dia, Henrique Alves, um dos presentes ao encontro, já apresentava a sua carta de renúncia.

NILDSON COBRA INFORMAÇÕES SOBRE OS SERVIÇOS DE SAÚDE NO MUNICÍPIO DE CAICÓ

O presidente da Câmara Municipal de Caicó, Nildson Dantas, encaminhou dois pedidos de informações à secretária de Saúde, Maria José Soares.  No primeiro requerimento, Nildson pediu a justificativa para paralisação nas atividades do laboratório mantido pelo Município, há pelo menos quinze dias, sem realizar a coleta de amostras de sangue para exames.

Nildson ainda requereu informações sobre a falta dos kits para realização dos exames para detecção dos vírus causadores da dengue, zika e chikungunya. Além de evitar a necessidade de três testes separados, o kit oferece uma combinação pronta de reagentes, acelerando a análise das amostras e a liberação dos resultados.

POLÍCIA DESVENDA CASO DE FURTO A DEFUNTO NO INTERIOR DO RN

Um trabalho conjunto da PM e Policia Civil desvendou um caso de muita repercussão em todo o RN, o furto a um defunto.
O caso aconteceu recentemente na cidade do Lages, onde um senhor foi sepultado com um cordão de ouro, mas foi furtado 1 hora e meia depois.
No dia do fato, um adolescente e o também agora identificado, Elieude Vieira de Lima, de 20 anos, vulgo "Pilatos", foram ao cemitério, arrombaram o túmulo, quebraram o vidro do caixão, e furtaram o cordão do defunto.
A polícia fez todos os procedimentos, e agora os dois envolvidos responderão pelo crime de furto qualificado. Ambos responderam o crime em liberdade.

NATAL SEDIA ENCONTRO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

Natal sedia  no Centro de Convenções, o Encontro Regional do Conselho Nacional de Gestores Municipais da Assistência Social (Congemas) da região Nordeste. O encontro conta com a participação de gestores, técnicos do Suas, estudantes, conselheiros de toda a região nordeste e é organizado pelo Colegiado Estadual dos Gestores Municipais da Assistência Social do Rio Grande do Norte (Coegemas), em parceria com Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social.
 
 
 
 
O evento acontece até esta terça-feira (29), e reúne mais de mil pessoas de todos os estados nordestinos. A abertura oficial do encontro teve a participação da secretária nacional de Assistência Social, Iêda Castro, do presidente do Congemas, José Rodrigues Rocha, da secretária adjunta da Sethas, Maira Almeida e da presidente do Coegemas, Gorette Gabriel Soares.
 
O tema do encontro “Plano Decenal - Concretizando o pacto federativo”, tem o objetivo de fortalecer a política de assistência social nacional e debater a elaboração do plano decenal que norteia os benefícios prestados pelo Sistema Único de Assistência Social (Suas).
 
A secretária nacional, Iêda Castro, falou da importância do evento. “Que esse encontro seja mais do que um encontro técnico, seja um encontro para reafirmarmos o compromisso com a assistência social do nosso país”, disse.
 
A secretária adjunta da Sethas, Maira Almeida, deu as boas-vindas aos presentes e ressaltou a importância de se debater o Plano Decenal.

HENRIQUE ALVES ENTREGA PEDIDO DE DEMISSÃO

O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, filiado ao PMDB, entregou sua carta de demissão ao Palácio do Planalto nesta segunda-feira (28). Ele estava no cargo desde 16 de abril do ano passado.
 
Ligado ao vice-presidente Michel Temer, que é presidente nacional do PMDB, Alves pediu demissão na véspera do encontro que deve selar o desembarque do PMDB ao governo. Desde o início do ano, ele é o primeiro ministro peemedebista a entregar o cargo.
 
Na carta, Alves diz que pensou "muito" antes de pedir demissão mas que, "independentemente de nossas intenções o momento nacional coloca agora o PMDB, o meu partido há 46 anos, diante do desafio maior de escolher o seu caminho, sob a presidência do meu companheiro de tantas lutas, Michel Temer".
 
No texto, o peemedebista disse ainda que o diálogo no governo "se exauriu".
 
Henrique Alves é investigado no Supremo Tribunal Federal (STF) por supostamente ter se beneficiado do esquema de corrupção que atuava na Petrobras e que é alvo da Operação Lava Jato. Ao pedir demissão, ele deixa de ter foro privilegiado no STF e será investigado na Justiça comum.
 

ZELENSKY DIZ QUE ENCONTRO ENTRE LULA E PUTIN SERIA ‘UM GRANDE ERRO’

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, afirmou nesta quinta-feira (18) que seria “um grande erro” o presidente Luiz Inácio Lula da S...