27 de março de 2024

OPERAÇÃO DO MP APURA ESQUEMA DE MANIPULAÇÃO DE RESULTADOS NO FUTEBOL NO RN E NO AC

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta terça-feira a operação "Gol Contra", que apura a existência de suposto esquema de manipulação de resultados em jogos de futebol. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas cidades de Ceará-Mirim, no RN, e ainda em Rio Branco, no Acre. De acordo com o MPRN, "até o momento, pelo menos seis pessoas são suspeitas de envolvimento com o suposto esquema". 

 

Segundo o MP, o esquema de manipulação de resultados estaria ocorrendo em campeonatos organizados pela Federação Norte-rio-grandense de Futebol, e "havia um arranjo a fim de favorecer determinados grupos em apostas predatórias realizadas no chamado 'mercado bet'". 

 

São apurados os crimes contra a incerteza do resultado esportivo, previstos na Lei Geral do Esporte, além de associação criminosa, prevista no Código Penal. 

 

O material apreendido será analisado pelo MPRN, que ainda investiga o possível envolvimento de outras pessoas no suposto esquema de manipulação de resultados de partidas de futebol.

 

ADVOGADO É PRESO EM DELEGACIA COM PROCURAÇÃO FALSA PARA RECUPERAR CARRO APREENDIDO NO RN

Um advogado criminalista de 40 anos de idade foi preso em flagrante ao apresentar uma procuração com assinatura falsa na Delegacia Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), em Natal, nesta segunda-feira (25). Ele tentava recuperar um veículo apreendido.

 

De acordo com a Deicor, o modelo do carro é uma Hilux SW4, que foi apreendida em Natal em uma operação na terça-feira passada (19). A ação terminou com a prisão de um estelionatário que se passava por prefeito de Aracaju (SE) - ele é cliente desse advogado.

 

Inicialmente, o advogado foi à delegacia na sexta-feira (22) para ter detalhes de como recuperar o veículo, que, segundo ele, era alugado pelo cliente dele.

 

Na segunda (25), ele apresentou uma procuração suspostamente assinada pela proprietária do veículo. O advogado havia dito à polícia que o contrato não previa a devolução à locadora.

 

Os policiais, então, entraram em contato com a proprietária, que informou que não assinou nenhuma procuração e disse que não sabia que o carro havia sido apreendido.

 

O advogado, então, foi preso em flagrante na própria delegacia. Por estar no exercício da função, a prisão foi acompanhada por um representante da Ordem dos Advogados do Brasil do RN (OAB/RN).

JOVEM SERIDOENSE MORRE EM ACIDENTE DE CARRO INDO PARA FESTA EM CIDADE PARAIBANA

Uma colisão entre dois carros na noite do último sábado (22), entre Várzea a Santa Luzia tirou a vida da jovem caicoense Nathália Diniz Régi...