9 de março de 2023

RECEITA FEDERAL APREENDE 11 QUILOS DE COCAÍNA EM PORTO NO RN

A Receita Federal apreendeu 11 quilos de cocaína na tarde desta quarta-feira (8), no Porto de Natal. A droga estava fixada na estrutura de um navio que teria como destino o porto de Rotterdam, na Holanda.

 

A apreensão causou um prejuízo estimado ao narcotráfico de R$ 2 milhões, de acordo com a Receita Federal.

 

Essa foi a terceira apreensão de cocaína pela Receita Federal em 2023 no Porto de Natal. A última ocorreu no dia 21 de fevereiro, quando 9 quilos de drogas foram apreendidas a bordo de outro navio.

 

Para burlar a ação da Aduana Brasileira, os criminosos estão utilizando um método diferente das apreensões anteriores, em que as drogas foram colocadas dentro dos contêineres.

JOVEM PRESO COM MOTO FURTADA EM JARDIM DO SERIDÓ É SOLTO POUCAS HORAS DEPOIS, ENQUANTO QUE MOTO AINDA CONTINUA APREENDIDA

As leis brasileiras facilitam para os bandidos, enquanto que para os cidadãos de bem a coisa é bem complicada, como é o caso do comerciante de Jardim do Seridó, que teve uma motocicleta furtada, e mesmo apresentando toda documentação da mesma, ainda não conseguiu resgatar seu bem.

 

Como não poderia ser diferente, a  burocracia está “maltratando” o comerciante, com exigências até que desnecessárias, haja vista que a motocicleta é totalmente legalizada, e já comprovadamente identificada como sendo realmente de sua propriedade, mas até agora não lhe foi devolvida.

 

Enquanto isto, o elemento preso acusado do furto da referida moto, foi solto em audiência de custódia, menos de 24 horas após sua prisão, que foi efetuada em flagrante.

 

Do Blog: Aquela velha peleja, a  polícia prende, a justiça solta! Mais uma tapa na “cara” da sociedade, que clama por segurança, mas, nossas leis teimam em “prestigiar” o crime e “maltratar” o cidadão de bem. “Viva” Brasil!

PF COMBATE CRIMES DE CORRUPÇÃO E LAVAGEM DE DINHEIRO EM PREFEITURA DO RN

A Polícia Federal deflagrou  a Operação Coração Rompido, destinada a apurar os crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e dispensa indevida de licitação na prefeitura de Canguaretama/RN.


Cerca de 40 policiais federais estão cumprindo 10 mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Federal/RN, nas cidades de Natal, Parnamirim, São Gonçalo e Jucurutu/RN.


A ação foi realizada no interesse de inquérito policial instaurado no ano de 2022, por meio do qual se detectou montagem do processo de contratação de empresa para prestação de serviços de plantonistas no combate a COVID-19, pela prefeitura de Canguaretama, no montante de R$ 640 mil, com recursos do Sistema Único de Saúde (SUS).


A investigação comprovou, além da irregularidade na contratação, o pagamento de vantagem indevida ao então prefeito de Canguaretama, o que se deu por intermédio de terceiros.


Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, por corrupção ativa, corrupção passiva, falsidade ideológica, dispensa indevida de licitação e lavagem de dinheiro e, se condenados, poderão cumprir penas superiores a 9 anos de reclusão.

STF TEM MAIORIA PARA TORNAR JANONES RÉU POR POSTAGENS CONTRA BOLSONARO

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou nesta sexta-feira (14) para tornar réu o deputado federal André Janones (A...