17 de outubro de 2015

POLICIAIS MILITARES PRESOS NEGOCIARAM COM TRAFICANTE MORTO EM CADEIA NO RN, DIZ MP

As interceptações telefônicas feitas nas investigações da operação Citronela revelaram uma suposta negociação entre policiais militares do 9º Batalhão da Polícia Militar e integrantes da organização criminosa comandada pelo paraibano Joel Rodrigues, de 42 anos, mais conhecido como 'Joel do Mosquito'. O traficante foi preso na operação Citronela em 25 de setembro e foi encontrado morto dependurado pelo pescoço no último sábado (10) na Cadeia Pública de Natal.

viatura

A descoberta dos acertos dos PMs com os criminosos desencadeou a operação Novos Rumos, deflagrada quatro dias depois da operação Citronela. A ação resultou na prisão de 12 policiais militares lotados no 9º BPM no dia 29 de setembro.


Com base em uma das interceptações telefônicas, feita no dia 17 de outubro, o Ministério Público aponta que um cabo e dois soldados da Polícia Militar aceitaram "vantagem indevida" para liberar dois homens presos na Favela do Mosquito. De acordo com a denúncia, os criminosos detidos atendem pelos apelidos de 'Zé Macário' e 'Biita'.


A interceptação mostra que dois integrantes da organização criminosa comandada por Joel do Mosquito falam sobre as prisões e confirmam o acerto com os policiais. A entrega da recompensa pela liberação dos dois homens teria acontecido no bairro das Quintas, o mesmo onde fica a Favela do Mosquito.


O MP chegou a enviar uma equipe para flagrar a entrega, porém, de acordo com a denúncia, só foi possível fotografar dois carros da Polícia Militar no local acertado por criminosos e PMs. Um dos carros era o 924, do 9º Batalhão da PM. O MP instalou uma interceptação ambiental no veículo e flagrou posteriormente diversos crimes cometidos pelos PMs denunciados na operação Novos Rumos.

Depois do encontro no bairro das Quintas, uma nova interceptação confirma que a negociação deu certo e os dois presos foram liberados pelos policiais. Dois integrantes da organização criminosa conversam. Um deles pergunta pelos dois presos e uma mulher informa que "já resolveu" e que estão "todos os dois lá".


No dia 23 de abril mais uma vez o Ministério Público encontrou mais um indício da relação de Joel do Mosquito com os PMs. Desta vez, os policiais conversam sobre um pagamento que seria feito pelo traficante para que o tráfico de drogas na Favela do Mosquito não sofresse interferências da polícia.


"Se ele disser que não tem é mentira dele. Se ele não disser que não tem é safadeza mesmo", afirma um dos policiais, que quer receber o dinheiro antes do dia 15 de maio. De acordo com o policial, ele precisa do dinheiro o quanto antes para "terminar a casa". O nome de Joel é citado pelos militares durante as conversas.

De acordo com o MP, o comando do tráfico de drogas na Favela do Mosquito rendeu a Joel um patrimônio de aproximadamente R$ 2 milhões, incluindo automóveis de luxo, apartamentos, terrenos em praias, uma empreiteira e duas clínicas de estética.


O corpo de Joel foi encontrado dependurado pelo pescoço na noite do sábado passado, dia 10. Detentos do Presídio Provisório Raimundo Nonato Fernandes, a Cadeia Pública de Natal.

HORÁRIO DE VERÃO COMEÇA À 0H DESTE DOMINGO, (18)

untitledEntra em vigor neste fim de semana o horário de verão em dez estados mais o Distrito Federal. À 0h (meia-noite) de sábado (17) para domingo (18), os moradores devem adiantar os relógios em uma hora. O horário de verão vai durar até o dia 21 de fevereiro de 2016.

O governo federal estima que irá economizar cerca de R$ 7 bilhões com a adoção do horário de verão. O valor diz respeito aos investimentos que precisariam ser feitos no sistema elétrico caso a mudança de horário não fosse adotada. Neste caso, seria necessário atender a uma demanda adicional de 2,6 mil megawatts (MW) no período, segundo o Ministério de Minas e Energia.

O horário diferenciado abrange os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal.

UNIDADE BÁSICA DA SAÚDE E PRAÇA SÃO ENTREGUES EM SÃO JOSÉ DE MIPIBU

O governador Robinson Faria entregou na noite desta sexta-feira (16) a praça Maria Conceição de Souza “Dona Maizinha” e a Unidade Básica de Saúde Cícero Lopes Bandeira, ambas no bairro Pau Brasil, em São José de Mipibu. As inaugurações ocorreram durante as comemorações pelos 170 anos da emancipação política da cidade. O governador esteve acompanhado do vice-governador, Fábio Dantas, do prefeito do município, Arlindo Dantas, e da deputada estadual Cristiane Dantas.

São José de Mipibu Pau Brasil fot Ivanizio Ramos 2

A Unidade Básica de Saúde (UBS) foi completamente reformada e conta com dois consultórios médicos, dois consultórios de enfermagem, assistência odontológica, farmácia, nebulização, sala de reuniões e de procedimentos, de esterilização e banheiros. O posto atenderá não só o bairro Pau Brasil como também a Rocinha. Mais cedo, o vice-governador já havia entregue a Unidade Básica de Saúde do bairro Areia Branca, também em São José de Mipibu. Todas as estruturas contam com financiamento tripartite (governos federal, estadual e municipal), sendo o Governo do RN responsável por parte do custeio da farmácia básica.

O chefe do Executivo estadual comentou que tanto a UBS como a praça atendem ao pedido popular pela maior oferta de serviços aos moradores dos bairros. “Fizemos um grande esforço para trazer aos residentes da cidade a ampliação dos serviços de saúde e a garantia de mais uma opção de lazer, com a praça. Nada melhor do que poder entregar as duas estruturas por ocasião da festa de emancipação política de São José de Mipibu. Este é sem dúvida um dia muito feliz para todos nós que fazemos o governo que tem efetivamente a participação do povo”, disse o governador, lembrando ainda a entrega de 500 casas populares apenas no município em 2015 e a melhoria da segurança pública na área em apenas 10 meses de gestão.

São José de Mipibu Pau Brasil fot Ivanizio Ramos 5

O vice-governador Fábio Dantas comentou também as entregas realizadas na sexta-feira. “Esta é uma noite para se comemorar porque estamos trabalhando muito para oferecer um serviço de qualidade aos cidadãos de São José, que entendem a luta e o trabalho como fatores determinantes para o crescimento social”.

O prefeito Arlindo Dantas ressaltou o avanço sobretudo na saúde do município. “Nós estamos comemorando, além das entregas, o fato de São José de Mipibu ter ficado em primeiro lugar entre todas as 5.500 cidades brasileiras no quesito atenção básica. Isso não teria sido possível se não fosse a agilidade de atenção do governador na liberação das emendas que continuam desenvolvendo a região agreste”, encerrou

POLÍCIA FEDERAL ABRE INVESTIGAÇÃO SOBRE CONTAS ELEITORAIS DE DILMA

dilma-tristeA Polícia Federal iniciou no início deste mês uma investigação sobre supostas irregularidades nas contas de campanha da presidente Dilma Rousseff nas eleições do ano passado. O inquérito foi aberto no último dia 7 de outubro a pedido do ministro Gilmar Mendes, doTribunal Superior Eleitoral (TSE), com base em suspeitas levantadas na Operação Lava Jato.

As contas, que relacionam receitas e despesas de campanha, foram aprovadas com ressalvas em dezembro do ano passado, mas, em agosto, Mendes pediu à PF e à Procuradoria Geral da República novas apurações.

Para o ministro, há suspeita de que parte do dinheiro desviado de contratos da Petrobras foi devolvido em forma de propina ao PT por meio de doação de campanha ao partido e à campanha presidencial. Ele também vê indícios de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica, que poderiam, na avaliação dele, levar à abertura de ação penal.

Na época dos pedidos, a defesa da campanha de Dilma afirmou que as contas aprovadas pelo TSE mostram que a prestação está dentro da legalidade "e a suspeita levantada pelo ministro, de que doações oriundas de empresas investigadas pela Operação Lava Jato sejam decorrentes de corrupção, é frágil”.

Na avaliação dos advogados da legenda, "as mesmas suspeitas deveriam recair sobre todas as campanhas que receberam doações dessas empresas".

Nesta sexta, o coordenador jurídico da chapa de Dilma, Flávio Caetano, disse em nota que a campanha ocorreu dentro da legalidade. "A campanha presidencial da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer em 2014 foi conduzida absolutamente dentro da legalidade. Todas as doações recebidas foram legais e devidamente registradas na prestação de contas que foi aprovada por unanimidade pelo Tribunal Superior Eleitoral", afirmou.

O partido tentou derrubar as novas apurações junto ao TSE, mas teve o pedido negado pela ministra Maria Thereza de Assis Moura no dia 6 de outubro, um dia antes de a PF abrir a investigação.
PGR

O pedido enviado à PGR, por sua vez, teve uma resposta inicial negativa por parte do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que determinou o arquivamento do caso, alegando que as contas já haviam sido aprovadas em dezembro e o prazo para recursos já havia se encerrado.

No último dia 1º, Gilmar Mendes reiterou o pedido de investigação e repetiu que as contas de Dilma do ano passado foram aprovadas com ressalvas pelo TSE. Ele esclareceu que, na época, em dezembro, a decisão deixou claro que eventuais indícios seriam encaminhados para investigações posteriormente, para eventual abertura de processos em outros tribunais, para apurar crimes, por exemplo.

Na ocasião, outros ministros manifestaram apoio ao novo pedido de Gilmar Mendes para investigar a empresa. O presidente do tribunal, Dias Toffoli, concordou que a investigação é importante também para verificar eventuais ilícitos cometidos

BOMBA! JUSTIÇA RECONHECE LEGITIMIDADE DE INTERPELAÇÃO QUE COBRA DE IRON JÚNIOR E ANCHIETA JÚNIOR CELULARES SUMIDOS DA FECAM

A justiça do RN reconheceu a legitimidade da interpelação movida pela atual mesa diretora da FECAM   – Federação dos Municípios do RN - , em...