16 de fevereiro de 2018

TRISTEZA! CRIANÇA DE 02 ANOS MORRE ATROPELADA NA FRENTE DE CASA NO INTERIOR DO RN

Uma criança de apenas 02 anos, morreu atropelada em frente à sua casa, na cidade de Angicos. O caso aconteceu nesta quinta-feira, (15), quando a criança saiu sem ser percebida, e ficou na frente de um carro de um vendedor, que estava vendendo torta salgada à sua mãe dela (criança).
 
 
Após a venda, o carro atropelou a criança, que morreu antes de receber o socorro, apesar de ter sido levada ao hospital local pelo vendedor, sua esposa e a mãe da criança.
 
 
Pelo fato de não ter sido percebida, acredita-se que, a criança teria ido para frente do carro pegar uma bola, já que estava brincando no momento em que o carro parou em frente a sua casa.
 
 
Do Blog: Lamentável, muito lamentável mesmo!

PREFEITURA DE EQUADOR COMEÇA CORTE DE TERRA GRATUITO PARA AGRICULTORES

A Prefeitura de Equador, por intermédio da Secretaria de Agricultura, começou a disponibilizar aos agricultores do município o trator para o corte de terra gratuito.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Para esta imediata ação, o secretário de Agricultura, Crystiano Gomes, explica que os cortes de terra seguirão por localidade para facilitar a realização do serviço e comunica ainda aos interessados em fazer a aração de suas terras para procurar a secretaria, na sede da Prefeitura.
 
 
 
 
 
O secretário lembrou que “a ação deve resultar em um grande benefício para os agricultores equadorenses".

TEMER ASSINA INTERVENÇÃO NO RJ E DIZ QUE CRIME ORGANIZADO É 'METÁSTASE QUE SE ESPALHA PELO PAÍS'

O presidente Michel Temer assinou nesta sexta-feira (16), no Palácio do Planalto, o decreto de intervenção federal na segurança pública no estado do Rio de Janeiro.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O decreto chegou à Câmara dos Deputados na tarde desta sexta e foi protocolado por um funcionário da Casa Civil na Primeira Secretaria da Câmara.
 
 
 
 
 
A medida prevê que o general do Exército Walter Souza Braga Netto, do Comando Militar do Leste, será o interventor no estado. Ele assume até o dia 31 de dezembro de 2018 a responsabilidade do comando da Secretaria de Segurança, Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e do sistema carcerário no estado do Rio.
 
 
 
 
 
A intervenção já está em vigor, mas o decreto precisa ser aprovado pelo Congresso Nacional para continuar valendo.
 
 
 
 
 
Em discurso na solenidade, Temer comparou o crime organizado que atua no Rio de Janeiro a uma metástase e que, por isso, o governo federal tomou a decisão de intervir no estado.
 
 
 
 
 
"O crime organizado quase tomou conta do estado do Rio de Janeiro. É uma metástase que se espalha pelo país e ameaça a tranquilidade do nosso povo. Por isso acabamos de decretar neste momento a intervenção federal da área da segurança pública do Rio de Janeiro", completou Temer.
 
 
 
 
 
O presidente afirmou que o momento pede uma medida "extrema". Ele ressaltou que o governo dará as respostas "firmes" para derrotar o crime organizado.
 
 
 
"Tomo esta medida extrema porque as circunstâncias assim exigem. O governo dará respostas duras, firmes e adotará todas as providêncais necessárias para enfrentar e derrotar o crime organizado e as quadrilhas", disse Temer.
 
 
 
 
 
Ele também afirmou que a intervenção federal tem o objetivo de "restabelecer a ordem". O presidente informou que enviará ainda nesta sexta ao Congresso o ato e que a intervenção tem "vigência imediata".
 
 
 
 
 
"Não podemos aceitar passivamente a morte de inocentes, e é intoleravel que estejamos enterrando pais e mães de familia, trabalhadores, policiais, jovens e crianças, e vendo bairros inteiros sitiados, escolas sob a mira de fuzis e avenidas transformadas em trincheiras", disse Temer. Por isso, chega, basta. Nós não vamos aceitar que matem nosso presente nem continuem a assassinar o nosso futuro", concluiu.  

BARRAGEM ARMANDO RIBEIRO GONÇALVES AUMENTA OITO CENTÍMETROS NO SEU NÍVEL D’ÁGUA

Com as últimas chuvas registradas, a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves aumentou seu nível d’água em oito centímetros. A informação foi confirmada pelo diretor-presidente do Instituto de Gestão de Águas do RN, Josivan Cardoso.
 


 


 
 


Os oito centímetros equivalem a aproximadamente 3,6 milhões de metros cúbicos. Atualmente, a Barragem está com 11,01% do seu volume total d’água, o que corresponde a 264 milhões, 141 mil, 933 metros cúbicos.

PROCESSO QUE CASSOU JOCIMAR DANTAS TEVE MAIS 03 CONDENADAS POR PARTICIPAREM DE FALCATRUA EM LICITAÇÃO COM DINHEIRO DA SAÚDE

No processo o qual o ex-prefeito de Jardim do Seridó, o ex-padre Jocimar Dantas, foi condenado pela justiça federal, e por isso foi incluído na lista dos políticos inelegíveis, também foram condenadas, as integrantes da então comissão de licitações, Joseane Silva de Azevedo, Jaqueline dos Santos Cirne e Josilene do Nascimento Araújo, que não poderão contratar com o poder público pelo período de 3 anos, por sinal, as mesmas tiveram seus bens bloqueados no início de 2017, enquanto o processo tramitava na justiça.
 
 
Para a Justiça federal, restou comprovada a participação do então prefeito, e de suas integrantes da comissão de licitações, por simulacro de licitação e superfaturamento, na compra de medicamentos, em detrimento do erário público, e da população, que indiretamente foi prejudicada pela falcatrua.
 
Vale salientar que, esse é o resultado de apenas um dos inúmeros processos que tramitam na justiça em desfavor do ex-padre e ex-prefeito, Jocimar Dantas, que deverá ser “banido” da política por muitos e muitos anos, caso se confirme as condenações que o mesmo já sofreu nas primeiras instâncias.
 
 
Do Blog: Quem viver verá, esse DESONESTO banido da política por décadas. Pior que tem uns BABÕES e BABONAS que ainda acreditam nesse DESONESTO, e ficam com raiva de quem divulga as matérias. Então fiquem com raiva da justiça, pois tem todos os dados em seus sites oficiais. É PÉIAAAAA!  

“BACURAU NA GAIOLA”! MPF RECORRE DE DECISÃO QUE CONCEDEU PRISÃO DOMICILIAR A HENRIQUE ALVES

O Ministério Público Federal (MPF) recorreu da decisão da Justiça Federal no Rio Grande do Norte que concedeu prisão domiciliar ao ex-ministro e ex-presidente da Câmara, Henrique Eduardo Lyra Alves, dentro do processo relacionado à Operação Manus, na qual ele responde por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O político, no entanto, ainda continua preso na Academia de Polícia Militar, em Natal, por conta do mandado referente à Operação Sepsis, cujo processo tramita na Justiça Federal em Brasília.
 
 
 

Em seu recurso, o MPF alerta que a concessão da prisão domiciliar para Henrique Alves não se enquadra em nenhuma das hipóteses previstas no Código de Processo Penal e traz riscos à aplicação da lei, em decorrência da influência política que ainda possui o ex-ministro. A peça acrescenta que a decisão tomada pelo juiz da 14ª Vara Federal, Francisco Eduardo Guimarães – durante audiência no último dia 6 de fevereiro -, baseou-se em fundamentos equivocados.
 
 
 

A defesa solicitou a concessão de prisão domiciliar alegando que “as testemunhas de acusação ouvidas 'inocentariam' ou provariam a 'inocência' de Henrique Alves”, Para o MPF, este é um grande equívoco, sobretudo porque “não cabe a testemunhas, sejam de acusação, sejam de defesa, realizar juízo sobre a responsabilidade criminal ou a inocência de réus”.
 
 
 

Foram levantadas, durante as investigações, inúmeras outras provas, como dados sigilosos de natureza bancária e telefônica, além de documentos: “(...) a maior parte dos fatos narrados na denúncia trata do repasse de vantagens indevidas mediante doações eleitorais oficiais da OAS, cujas provas essencialmente são documentais e decorrentes de quebra de sigilo de dados telefônicos e bancários, não se baseando em testemunhas”.
 
 
 

Presente às audiências - O Código de Processo Penal detalha as hipóteses que permitem a substituição da prisão preventiva pela prisão domiciliar (ser maior de 80 anos ou estar extremamente debilitado por motivo de doença grave são algumas delas), porém em nenhuma se enquadra Henrique Alves. O juiz declarou, em sua decisão, que ele “(...) se encontra acometido de males que estão a exigir atenção médica constante, sendo submetido a exames médicos (...)”.
 
 
 

O MPF ressalta, contudo, que a defesa já obteve um acompanhamento semanal de psiquiatra e psicólogo, custeado pela família, e a única requisição de exames até então feita pelo médico do ex-ministro foi a coleta de sangue para análise laboratorial.
 
 
 

No ponto de vista do Ministério Público, a depressão da qual o réu alega sofrer – problema comum a presos em geral - não se caracteriza como uma “doença grave”, nem ele se encontra “extremamente debilitado”, tendo inclusive acompanhado normalmente as audiências de instrução. Somado a isso, a avaliação médica requisitada pela própria Justiça ainda nem foi realizada, não havendo laudo que respalde a concessão de prisão domiciliar.
 
 
 
 

Influência - Durante a Operação Manus foi constatado que Henrique Alves, mesmo sem qualquer cargo público, continuava a exercer papel decisório junto ao Governo Federal, com nomeações e pedidos em geral. Já na Operação Lavat, desdobramento da Manus, interceptações telefônicas apontaram que, já preso, ele continuava acompanhando e orientando a atuação de parentes em busca do apoio de nomes como o do ex-presidente José Sarney, que poderiam vir a influenciar politicamente na revogação de sua prisão preventiva.
 
 

 
 
Em casa, com acesso a diversos meios de comunicação e a novas tecnologias, não haverá como ter controle algum sobre a atuação articulada do preso sobre outros agentes públicos, outros acusados, testemunhas e auxiliares”, resume o Ministério Público Federal. O processo tramita na Justiça Federal sob o número 0805556-95.2017.4.05.8400. Caso o juiz não acate o posicionamento do MPF, o recurso deverá ser encaminhado para análise do Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

“MST É UM GRUPO TERRORISTA, BRAÇO ARMADO E CLANDESTINO DO PT”, DIZ ROGÉRIO MARINHO:

O deputado federal Rogério Marinho (PSDB) reagiu a convocação feita pelo líder do MST, João Pedro Stédile, para que a esquerda brasileira defenda o ditador venezuelano, Nicolás Maduro, e o “processo bolivariano”. Segundo o tucano, Stédile é “líder de uma milícia paramilitar que aterroriza produtores e chantageia o Estado e a sociedade brasileira, tem se notabilizado por declarações belicosas e despropositadas”.
 
 
 
 
 
A posição do parlamentar foi publicada no site O Antagonista. Ainda de acordo com Rogério, “o Brasil, como a maior potência da América do Sul, não pode se isentar, deve entrar no jogo pela segurança continental. Por sua vez, o MST é um grupo terrorista, braço armado e clandestino do PT, que agora faz a defesa do Foro de São Paulo e de suas aberrações políticas”.
 
 
 
 
O parlamentar acredita que este ano o Congresso Nacional deva se debruçar sobre o debate em torno da Lei Antiterrorismo. Segundo Rogério, é preciso “tipificar o MST como grupo que aterroriza o país. Está na hora de enfrentarmos a questão”.
 
 
 
 
Rogério afirma que Stédile convoca a esquerda para defender “uma ditadura escancarada, que aterroriza e oprime seu próprio povo e impede a manifestação de forças políticas antagônicas por meio da prisão e supressão de direitos de líderes que pensam diferente”.
 
 
 
 
 
 
Creio que é típico de todo ditador, como Maduro, inventar uma guerra para se legitimar, e isso não é novo. O bolivarianismo destruiu a Venezuela, gastando o dinheiro do petróleo, e, como todo comunismo, levou o país à violência e à fome generalizadas. Transformou um país rico em miserável”, disse o tucano.

RODOVIAS DO RN REGISTRAM 59 ACIDENTES E 9 MORTES DURANTE O CARNAVAL

As estradas federais e estaduais do Rio Grande do Norte tiveram um total de 09 mortes em acidentes durante o Carnaval de 2018, segundo informaram a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) nesta quinta-feira (15). Ao todo, foram registradas 59 colisões nas estradas.
 
 
 
 
 
O maior número de mortes foi nas rodovias estaduais, cujos acidentes vitimaram sete pessoas. Além disso, 32 boletins de acidentes de trânsito foram registrados nessas estradas, entre a sexta-feira (9) e esta quarta-feira (14).
 
 
 
 
 
 
No caso das sete BRs que cortam o estado, foram registrados 27 acidentes, que deixaram 35 pessoas feridas e 02 mortos. Houve um aumento no número de feridos, em relação a 2017, mas redução em quantidade de mortos. No ano passado, houve 28 feridos e cinco mortos.
 
 

 

Durante a operação nas estradas federais foram fiscalizados 4.570 veículos e 5.167 pessoas. 1.752 motoristas foram submetidos ao teste do bafômetro e 66 deles foram autuados. Também foram registradas 1.928 infrações diversas, das quais 296 por ultrapassagens proibidas. Houve ainda prisão de 38 pessoas, sendo oito por embriaguez e 30 por outros crimes.

GOVERNADOR E CAIXA ECONÔMICA DISCUTEM LIBERAÇÃO DE CRÉDITO PARA OBRAS VIÁRIAS NO RN

O governador Robinson Faria se reuniu na manhã desta quinta-feira (15) com secretários de estado, o superintendente Regional da Caixa Econômica Federal (CEF), Carlos Araújo, e o gerente executivo do banco, Ricardo Mariz para discutir o andamento de obras viárias e de saneamento no RN. O encontro aconteceu no escritório da CEF, em Natal, e contou com a participação do secretário de Gestão de Projetos, Vagner Araújo, o diretor geral do DER, Jorge Fraxe e o diretor presidente da Caern, Marcelo Toscano.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dentre os assuntos discutidos estiveram as obras de saneamento da capital, o viaduto do anel viário (arco metropolitano), Centro de Convenções e outras ações de mobilidade. “Fiz questão de acompanhar pessoalmente a reunião técnica e conferir o andamento da liberação de crédito para obras importantes para o estado. Discutimos sobre a construção de um túnel no cruzamento das avenidas Prudente de Morais e a Integração, melhorando o tráfego de veículos e diminuindo gargalos. Além disso, falamos sobre os projetos da Estrada da Produção, que liga São Tomé a Cerro Corá; a ponte entre a Barra de Cunhaú e Sibauma, na região de Pipa, e a Via Verde, uma nova estrada ligando a Avenida Maria Lacerda com a RN-313, em Nova Parnamirim”, detalhou Robinson.
 
 
 
 
 
O secretário Vagner Araújo informou que “a reunião tratou de obras já em andamento, de recursos já disponíveis e também houve encaminhamentos para liberação de empréstimo aprovados pela Assembléia Legislativa. Agora precisamos agilizar a autorização do tesouro nacional para a viabilização de novos trechos de estrada e obras nas áreas de saúde e segurança pública”.

VIVALDO COSTA LEMBRA CENTENÁRIO DO CAICOENSE MANOEL TORRES

O deputado estadual Vivaldo Costa (PROS) lembrou, na sessão ordinária desta quinta-feira (15), na Assembleia Legislativa, o caicoense Manoel Torres de Araújo, que se vivo fosse, estaria completando 100 anos em 2018. Torres foi prefeito de Caicó duas vezes e deputado estadual por quatro mandatos.
 
 
 
 
 
 
 


Caicoense da gema, liderado de Aluízio Alves e respeitado inclusive por seus adversários”, disse Vivaldo, ressaltando que manteve o respeito ao político, mesmo tendo sido por ele derrotado. “Ele foi duas vezes prefeito de Caicó, inclusive uma delas me derrotando, em 1972”, disse o parlamentar, complementando que, além de grande político, Manoel Torres foi “um grande empresário”.
 
 
 


Em seu discurso, o deputado Vivaldo Costa reafirmou as virtudes de Manoel Torres, citando-o como um político capaz, decente e digno de ser considerado um homem moderno, caso ainda estivesse vivo. “Se ele estivesse vivo e fosse candidato, estaria na modernidade”, explicando que os políticos apontados como modernos não são os novos de idade, mas os decentes e que não tem envolvimento com corrupção. “O eleitorado novo quer um candidato decente e capaz”, reforçou Vivaldo.
 
 


 
 
O deputado anunciou que às 19h30 desta quarta-feira será celebrada uma missa na Igreja do Rosário, em Caicó, e logo depois uma sessão solene na Câmara Municipal. Já em Natal, a homenagem ao ex-deputado acontecerá na Assembleia Legislativa, durante sessão solene na sexta-feira (23). Ele foi aparteado pelo deputado Hermano Morais (PMDB), que reiterou as qualidades do homenageado, reforçando que ele sempre foi coerente em sua posição política e deixou lições, tendo sido sempre ouvido em assuntos políticos no Rio Grande do Norte.

VIVALDO COSTA VOLTA À AL/RN PARA SEU 14º MANDATO NA PRÓXIMA SEMANA

O Papa Jerimum, Vivaldo Costa (PV), assumirá sua cadeira na assembleia legislativa do RN pela 14ª vez.   Vivaldo Costa assumirá a vaga do en...